Universitários: 4 dicas de atividades para aproveitar as férias
Menu & Busca
Universitários: 4 dicas de atividades para fazer nas férias

Universitários: 4 dicas de atividades para fazer nas férias

Home > Universidades > Universitários: 4 dicas de atividades para fazer nas férias

Para a maioria dos universitários, um dos momentos mais esperados do ano chegou: as férias. Apesar de alguns estudantes ainda estarem em aula, por conta dos atrasos no calendário escolar em meio à pandemia da Covid-19, grande parte dos alunos já está comemorando o período.

Por mais que as férias sejam uma ótima oportunidade para descansar, não quer dizer que os universitários precisem ficar sem fazer nada ao longo do mês de julho. Sendo assim, há várias atividades que podem ser feitas no mês. Dessa forma, a seguir, confira quatro dicas do que fazer em casa durante o recesso.

universitários
Veja quatro atividades para fazer nas férias. | Foto: Freepik.

Dicas de atividades para universitários realizarem nas férias

Maratonar séries

Que atire a primeira pedra quem não pensou em assistir àquela série que está em espera há um bom tempo. Afinal, as férias são a chance para maratonar os episódios sem deixar de lado tarefas e compromissos universitários.

Dessa maneira, o estudante pode escolher algum filme ou produção que já tenha interesse ou, ainda, pode assistir à alguma sugestão de um professor. Nas plataformas de streaming, por exemplo, existem produções que não deixam a desejar com o conteúdo. Aliás, muitas trazem questões históricas e educativas que podem auxiliar em certas matérias da faculdade.

Outra opção é pedir recomendações para colegas e professores, a fim de ampliar seus conhecimentos na área. Com isso, poderá curtir o momento e aprender um pouco mais sobre o que deseja, e de uma forma mais divertida.

Praticar atividades físicas

Com a correria do dia a dia, atividades físicas podem ficar em segundo plano. Sendo assim, nas férias, isso pode mudar. Então, aproveite a situação para cuidar mais da saúde e separe um tempo para se exercitar. Além de contribuir com uma rotina de vida mais saudável, os exercícios permitem extravasar sentimentos e toda a energia.

Outro ponto positivo da prática é a liberação do hormônio da endorfina, responsável pela sensação de bem-estar. Desse modo, algumas das opções de exercícios para queimar calorias são corrida e treinamentos funcionais. Já se o foco for o equilíbrio e a busca por mais concentração, excelentes opções são a yoga e a meditação.

Adiantar leituras da faculdade

Em um primeiro momento, tudo o que o universitário quer é esquecer da faculdade. Por outro lado, com o passar dos dias, a rotina de estudos até pode gerar uma certa “saudade” e os dias de descanso podem se transformar em tédio. Para evitar isso, uma alternativa é analisar o programa do próximo semestre e tentar adiantar algumas leituras nas férias.

Dessa forma, selecione um livro que chamou a atenção ou, ainda, assista àquele filme que aparece no cronograma de aulas. Assim, não só terá uma tarefa a menos para fazer como também otimizará seu tempo daqui para frente.

Buscar cursos livres para universitários

Para uma parte dos estudantes, as férias podem gerar tédio depois de uma ou duas semanas. Logo, para evitar a sensação, uma opção é procurar por um curso livre que tenha a ver com a sua graduação ou com uma possível especialização na carreira.

Na internet, há vários cursos e workshops on-line e gratuitos. Na área do jornalismo, a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e a Jeduca – associação voltada à educação – são alguns exemplos que oferecem cursos gratuitos. Além disso, existem universidades brasileiras e internacionais que oferecem aulas temporárias. Desse modo, até Harvard fornece opções interessantes nos mais diversos ramos.

Se nada interessar, também há a possibilidade de fazer um curso de idiomas. Portanto, os universitários poderão aprender e exercitar outras línguas. Vale lembrar, por fim, que essas são apenas algumas das atividades que os estudantes podem realizar nas férias e, quando o assunto é a aprendizagem, o céu o limite – ou melhor, a internet.

_______________________
Por Isabela Cagliari – Redação Fala!

Tags mais acessadas