Tudo sobre a estreia do surfe nas Olimpíadas 2021
Menu & Busca
Tudo sobre a estreia do surfe nas Olimpíadas 2021

Tudo sobre a estreia do surfe nas Olimpíadas 2021

Home > Entretenimento > Tudo sobre a estreia do surfe nas Olimpíadas 2021

Acredita-se que o surfe surgiu com os polinésios que viviam no Havaí e no Taiti, mas foi popularizado por Duke Kahanamoku, havaiano que conquistou três medalhas de ouro na natação nos Jogos de Estocolmo 1912 e Antuérpia 1920, competindo pelos Estados Unidos. Já em 2016, o Comitê Olímpico Internacional o reconheceu como esporte olímpico.

Surfe nas Olimpíadas de Tóquio

Pela primeira vez na história, a competição de surf fará parte das Olimpíadas, com previsão de ocorrerem entre 25 e 28 de julho, mas caso possua algum imprevisto nas condições climáticas, a programação poderá se estender de 29 de julho a 1 de agosto. As baterias serão na praia de Tsurigasaki, na cidade de Ichinomiya, costa do Pacífico da Província de Chiba e cerca de 100 km do Estádio Olímpico de Tóquio. 

Irão participar 40 atletas no total, sendo 20 homens e 20 mulheres, com no máximo quatro representantes por país. Os surfistas que representarão o Brasil em busca das medalhas são: Italo Ferreira, Gabriel Medina, Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima.

Competições

Os atletas irão competir em três rounds e três finais compostas de baterias de 30 minutos. A primeira rodada será formada por quatro atletas por bateria, enquanto a segunda rodada terá cinco. A partir da terceira rodada, as baterias serão com dois participantes. 

Ao longo das provas, cada surfista terá 30 minutos para pegar até 25 ondas, porém terão que ser seletivos pois somente as duas primeiras ondas são calculadas em sua pontuação final. São pontuadas por um painel de cinco juízes, na qual os critérios são compromisso e dificuldade, inovação e progressão, variedade, combinação e velocidade, potência e fluidez.

O surfe nas Olimpíadas 2021 possui atletas renomados.
O surfe nas Olimpíadas 2021 possui atletas renomados. | Foto: Reprodução.

Programação

25 de julho (24 de julho no Brasil)

Round 1 da categoria masculina e feminina
Round 2 da categoria masculina e feminina

26 de julho (25 de julho no Brasil)

Round 3 da categoria masculina e feminina

27 de julho (26 de julho no Brasil)

Quartas-de-final da categoria masculina e feminina
Semifinal da categoria masculina e feminina

28 de julho (27 de julho no Brasil)

Bateria da medalha de bronze masculina e feminina
Bateria da medalha de ouro masculina e feminina
Cerimônia de entrega das medalhas

____________________________________________

Por Glícia Santos – Fala! Cásper

Tags mais acessadas