Estágio: Tudo o que você precisa saber para começar o seu
Menu & Busca
Estágio: Tudo o que você precisa saber para começar o seu

Estágio: Tudo o que você precisa saber para começar o seu

Home > Universidades > Estágio: Tudo o que você precisa saber para começar o seu

Se você pretende ingressar em um estágio mas ainda está com dúvidas sobre como funciona essa prática profissional preparatória, listamos abaixo 9 tópicos, incluindo respostas às dúvidas mais frequentes e dicas que poderão te ajudar a encontrar um estágio perfeito para você. Confira!

O aprendizado é a melhor parte do estágio

Perguntas mais frequentes sobre estágio:

1. Estágio e emprego são a mesma coisa?

Não. O principal objetivo do estágio é preparar o aluno para o mercado de trabalho, em um ambiente de aprendizado, com acompanhamento pedagógico, sob a supervisão de sua entidade de ensino. O beneficiário direto do trabalho é o próprio aluno, que incrementa o seu conhecimento por meio de atividades práticas. O estágio é um meio para que o aluno atinja o objetivo de se tornar um profissional qualificado.

Em um contrato de trabalho – ou de emprego – o objetivo é a própria utilização da mão-de-obra pelo empregador. Neste, o beneficiário é o próprio empregador.

2. Estagiário precisa ser registrado em carteira?

A Lei do Estágio (Lei nº 11.788/2008) não menciona a necessidade de registro do estagiário em sua CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social). Por sua vez, o Ministério do Trabalho e Emprego posicionou que esse registro não é necessário. Caso a empresa queira registrar o estágio em carteira, deverá mencionar os elementos desse contrato na parte de “Anotações Gerais”.

Estágio: Tudo o que você precisa saber para começar um
Em um bom currículo, é preciso que tenha seus cursos, experiências anteriores e habilidades específicas sobre áreas diversas.

3. Qual a diferença entre estágio e emprego?

O principal objetivo do estágio é preparar o aluno para o mercado de trabalho, em um ambiente de aprendizado, com acompanhamento pedagógico, sob a supervisão de sua entidade de ensino. O beneficiário direto do trabalho é o próprio aluno, que incrementa o seu conhecimento por meio de atividades práticas. O estágio é um meio para que o aluno atinja o objetivo de se tornar um profissional qualificado.

Em um contrato de trabalho – ou de emprego – o objetivo é a própria utilização da mão-de-obra pelo empregador. Neste, o beneficiário é o próprio empregador.

4. Quais são os requisitos para ser um estagiário?

Podem ser contratados como estagiários os estudantes que frequentam o ensino regular, em instituições de ensino superior, educação profissional, ensino médio e de educação especial. Também podem ser contratados alunos dos últimos anos do ensino fundamental, com formação profissional. O estagiário pode permanecer dois anos na mesma empresa, a não ser que seja PCD, caso em que o período pode ser maior.

5. Tranquei a minha faculdade, posso estagiar?

Não. Se a matrícula está trancada, a contratação do aluno como estagiário não pode ser feita.

6. Todos os estágios são remunerados?

Não. Somente quando o estágio é obrigatório. Se o estágio não é obrigatório, a concessão desses benefícios ao estagiário é facultativa e não caracteriza vínculo empregatício.

7. Procure Estágio na sua faculdade 

Muitas instituições de ensino disponibilizam um local, como murais, onde divulgam vagas de estágios de diversas empresas. Dependendo do seu curso, você já pode começar a estagiar desde o primeiro semestre da faculdade. Vale lembrar que quanto antes você começar, mais experiência você irá absorver. E o melhor, conhecerá mais do mercado para sua área de estudos.

8. O currículo deve estar sempre atualizado

Em um bom currículo, é preciso que tenha seus cursos, experiências anteriores e habilidades específicas sobre áreas diversas. Aproveite para destacar também atividades extracurriculares que você já tenha executado, como trabalhos voluntários, por exemplo. É válido, além desses pontos já mencionados, escrever uma breve carta de apresentação sobre você e seus objetivos profissionais.

9. O aprendizado é a melhor parte do estágio

Se você quer ser um bom profissional, precisa gostar do que faz ou, pelo menos, se sentir bem com aquele trabalho. Em um estágio não é diferente, já que ele busca justamente te preparar para ser um ótimo profissional no futuro. Por isso, ganhar bem, apesar de ser bom, não deve ser levado como o fator essencial ao pensar em um estágio. Busque iniciar sua carreira em uma empresa com a qual se identifique e aproveite a oportunidade para solucionar dúvidas e curiosidades, além de aprender coisas novas e enriquecedoras.

_________
Por: Nayara Salaverry – Fala!Universidades

Tags mais acessadas