Skincare vegano: produtos com melhor custo x benefício
Menu & Busca
Skincare vegano: produtos com melhor custo x benefício

Skincare vegano: produtos com melhor custo x benefício

Home > Lifestyle > Skincare vegano: produtos com melhor custo x benefício

Certamente você já ouviu falar de skincare. Hoje, com a expansão das redes sociais, cada vez mais vemos as influenciadoras digitais compartilhando os segredinhos de suas rotinas de cuidados com a pele. Atualmente, o skincare vegano também é alvo de comentários e tem se tornado cada vez mais popular.

Apesar do ritual ser importante para manter a saúde da pele e elevar nossa autoestima, o consumo de cosméticos traz impactos ambientais devido a diversos fatores, como a realização de testes em animais, a exploração dos ingredientes de origem animal, as embalagens plásticas que demoram a se decompor e poluem as águas, mares e oceanos, além de componentes sintéticos que prejudicam a saúde dos animais marinhos e a nossa. Dessa forma, os cosméticos naturais e veganos são ideias para ter uma rotina de skincare leve e diminuir o impacto ambiental.

skincare vegano
Conheça produtos veganos com bom custo x benefício. | Foto: Reprodução/Montagem.

Skincare vegano x skincare tradicional

O principal objetivo do skincare vegano é contribuir para a preservação ambiental, já que seus produtos não são testados e nem possuem ingredientes de origem animal, diferentemente dos cosméticos tradicionais. No entanto, a maioria dos cosméticos veganos alia a pauta animal a outros movimentos que buscam a diminuição de produtos industrializados e do consumismo. Por isso, grande parte dos cosméticos veganos oferecem fórmulas mais leves e naturais.

Uns dos movimentos que têm se popularizado no mundo da beleza são o Clean Beauty e o Slow Beauty. Apesar das semelhanças, eles também possuem diferenças. Entenda a seguir. 

Clean Beauty x Slow Beauty

O Clean Beauty (“beleza limpa” na tradução literal) é um movimento que propõe a exclusão de ingredientes considerados nocivos à saúde, como os derivados do petróleo, parabenos, sulfatos, conservantes, entre outros. Assim, os produtos que se encaixam nessa linha costumam vir com o selo “free from”, para indicar que são livres dessas substâncias.

Enquanto isso, o movimento Slow Beauty (“beleza lenta” na tradução literal) prega uma diminuição de consumo e a troca de produtos industrializados por naturais. Assim, os adeptos ao movimento costumam optar por uma rotina mais minimalista, utilizando apenas o essencial, e também o mais “limpa” possível, ou seja, menos sintética. 

É importante destacar que, apesar dos dois movimentos terem semelhanças, como a exclusão de ingredientes nocivos, o Clean Beauty permite o uso de ingredientes sintéticos, desde que sejam considerados seguros, enquanto o Slow Beauty propõe uso de cosméticos apenas com formulações naturais.

Skincare vegano e o custo x benefício

Ainda que muitas pessoas acreditem que para aderir ao skincare vegano é necessário gastar muito mais do que em uma rotina tradicional, a oferta dos cosméticos veganos mostra outra coisa. Existem, sim, produtos com o preço mais elevado, o que também existe no mercado de cosméticos tradicionais.

Neste guia, vamos te ajudar a montar seu skincare vegano e natural de forma inteligente e levando em consideração o custo x benefício. Para isso, vamos entender o porquê investir na rotina vegana.

Razões para começar o skincare vegano

  1. Ajuda os animais: a principal vantagem de substituir os cosméticos convencionais pelos veganos é ajudar os animais, já que não fazem testes nem usam ingredientes de origem animal.
  2. Evita ingredientes nocivos à saúde: como os cosméticos veganos procuram alternativas vegetais para os ingredientes animais, a maioria dos cosméticos veganos é natural. Por isso, evitam-se ingredientes nocivos à saúde.
  3. Incentiva pequenos negócios: o mercado de cosméticos veganos tem crescido cada vez mais. No entanto, a adesão aos movimentos como o Clean Beauty, o Slow Beauty e o veganismo costuma ser feita por pequenas empresas que tenham como princípio a ética ambiental. Assim, a maioria das marcas veganas e naturais é de pequenas empresas, muitas delas, inclusive, nacionais.
  4. Aproveita o melhor da natureza: como usam ingredientes de origem vegetal, optar por cosméticos veganos é uma forma de aproveitar os diversos benefícios que as substâncias da natureza podem nos oferecer.

Como começar um skincare vegano

Antes de iniciar nesse mundo dos cosméticos veganos, é importante entender os princípios do cuidado com a pele, para não ser enganado(a) e comprar o que realmente precisa. Os cuidados básicos com a pele que são considerados essenciais pelos dermatologistas e todo mundo deveria incluir no dia a dia são: higienização, hidratação e proteção.

O passo da higienização é o momento em que se lava a pele. Para isso, pode-se utilizar sabonete, gel de limpeza, espuma de limpeza ou qualquer outro item que tenha essa função. Em seguida, deve-se hidratar com loções hidratantes faciais. Por fim, a proteção solar é essencial para evitar manchas, rugas, melasma e outros danos causados pelo sol. Se você nunca fez skincare, começar a investir nessas 3 etapas é uma boa opção. Mas, para quem já está nesse mundo há um tempo, pode arriscar mais e incluir outros produtos na rotina.

Além dos produtos básicos já citados, pode-se incluir outros itens de tratamento. Eles são indicados justamente para tratar algum problema específico que a pessoa tenha na pele, como acne, cravos, melasma, manchas, rosácea, olheiras, rugas etc. Nesses casos, inclui-se um produto que tenha a função de tratar esse problema, como máscaras, séruns, ácidos, entre outros.

Mesmo para quem já inclui o skincare no dia a dia, a ordem de aplicação dos produtos é uma dúvida comum. Assim, vamos te explicar por onde começar.

Ordem de aplicação dos produtos no skincare

  1. Higienização – como já falamos, aqui entram os produtos de limpeza, como sabonetes e géis de limpeza. 
  2. Complementação da limpeza – algumas pessoas optam por usar produtos que façam uma limpeza extra. Nesse passo, entram tônicos, água micelar, esfoliantes etc. Mas lembrando que esse passo é opcional e depende das necessidades da pele de cada um.
  3. Tratamento – essa é a etapa em que se deve usar os produtos que tratem os problemas específicos da pele, como as máscaras faciais, séruns e ácidos. É importante ressaltar que o tratamento é uma etapa delicada, é interessante que se tenha acompanhamento médico e é essencial que se siga as orientações do fabricante, uma vez que alguns produtos de tratamentos não devem ser usados diante da exposição ao sol. Assim, nesses casos, indica-se fazer este passo apenas à noite.
  4. Hidratação – aqui é o momento em que se repõe a hidratação da pele. Por isso, além de consumir bastante água, é importante usar um produto para reforçar a hidratação, como cremes, géis e óleos faciais.
  5. Proteção – esta é uma etapa completamente indispensável. Sem proteção solar, seu skincare vai ser em vão e, em alguns casos, é possível até ter problemas como queimaduras químicas causadas pelo uso de cosméticos de tratamento sem a proteção solar.

Como já dito, os passos 2 e 3 são opcionais e dependem da necessidade de cada pele. Os passos do skincare precisam ser feitos duas vezes ao dia, pela manhã e pela noite. No entanto, é necessário tomar cuidado e verificar se os produtos de tratamento podem ser usados de dia também e o protetor solar deve ser usado apenas durante o dia. Com isso, o skincare noturno pode terminar com a hidratação.

Produtos veganos para cada etapa do skincare com melhor custo x benefício

Agora que já desvendamos o universo do skincare, vamos trazer opções com os melhores custo x benefício para quem começar a investir em cosméticos veganos. Todos os produtos são encontrados na loja Slow Beauty.

Passo 1: Higienização – os produtos veganos com melhor custo x benefício  

  • Sabonete Vegetal Argila Branca, da marca Elemento Mineral – feito com base vegetal e manteiga de murumuru da Amazônia, este é um produto para quem tem pele delicada e procura uma limpeza suave.
  • Sabonete Facial Detox, da marca Ahaloe  – formulado com carvão ativado, esta é uma opção para quem sofre com pelo oleoso. Graças à combinação do óleo essencial de melaleuca, óleo de copaíba e gel de babosa, o sabonete promove uma remoção das impurezas e toxinas da pele sem agredir.
  • Sabonete Líquido Facial Flor da Noite, da marca Cativa – apesar dos sabonetes em barra serem um pouco mais econômicos, algumas pessoas não conseguem se adaptar. Assim, o sabonete líquido da Cativa tem um ótimo custo-benefício e conta com ingredientes como extrato de Physalis, óleo de Rosa Mosqueta e Belides. O resultado é uma limpeza eficiente, mas suave.

Passo 2: Complemento da limpeza – os produtos veganos com melhor custo x benefício

  • Esfoliante Facial Renuva, da marca Ares de Mato – este produto ajuda no complemento da etapa de limpeza à medida que promove uma renovação celular e ajuda na desobstrução dos poros. A fórmula possui ativos como farinha de casca de uva orgânica, óleos vegetais de semente de uva, licuri e macadâmia.
  • Tônico Facial Flor da Noite, da marca Cativa Natureza – com hidrolato de melaleuca, óleo de rosa mosqueta, babosa e extrato de physalis, pitanga e belides, este produto refresca, limpa, tonifica e remove maquiagem e impurezas.
  • Água Floral de Alecrim, da marca Elemento Natural – este produto é obtido a partir da destilação a vapor das folhas de alecrim e ajuda a reidratar, purificar e regenerar a pele. É indicado para mistas a oleosas.

Passo 3: Tratamento – os produtos veganos com melhor custo x benefício

  • Máscara Facial Bio Mineral Argila Branca, da marca Elemento Mineral – a argila branca remove as células mortas, estimula a circulação e limpa profundamente descongestionando os poros. Assim, ajuda a renovar a cor da pele conferindo luminosidade, sem desidratar.
  • Serum Facial Maria da Selva, da marca Cativa Natureza – formulado com ingredientes de alto poder antioxidante, como os extratos de mulateiro, oliva e artemísia, esse serum é indicado para peles com sinais mais avançados de envelhecimento e ajuda na renovação, hidratação e nutrição da pele. 
  • Máscara de Argila Amarela, da marca Cativa Natureza – a argila amarela é rica em minerais, principalmente, o silício. Promove ação purificante, adstringente e remineralizante, essencial para o estímulo de produção de colágeno na pele. É indicado especialmente para peles maduras e cansadas.

Passo 4: Hidratação – os produtos veganos com melhor custo x benefício

  • Creme Facial Biomas, da marca Cativa Natureza – com ingredientes como o óleo de café e extrato de physalis e araucária, esse creme facial hidratante tem propriedade antioxidantes, nutritivas, reconstituintes, anti radicais livres, regenerados e remineralizantes.
  • Creme Facial Patchouli Dark, da marca Terral – com óleo essencial de patchouli dark, este produto promove ação tônica e regeneradora das células. É indicado para peles maduras e estressadas.
  • Hidratante Facial Maria da Selva, da marca Cativa Natureza – com ingredientes como a vitamina E e extrato de mulateiro, este creme facial possui alto poder antioxidante, promove regeneração celular, luminosidade e jovialidade.

Passo 5: Proteção – produtos veganos com melhor custo x benefício

  • BB Cream 6 em 1 Fps 20, da marca Cativa Natureza – ainda existem muitas opções de protetores veganos e principalmente com um bom custo benefício. O BB Cream da Cativa, além de cobrir imperfeições, protege a pele contra os raios solares, com um FPS 20.

E aí, já decidiu quais produtos vai inserir no seu skincare vegano? Lembrando que todos eles você encontra na Slow Beauty!

____________________________
Por Giovana Rodrigues – Redação Fala!

Tags mais acessadas