Robert Pattinson: A evolução do ator até o papel em "The Batman"
Menu & Busca
Robert Pattinson: A evolução do ator até o papel em “The Batman”

Robert Pattinson: A evolução do ator até o papel em “The Batman”

Home > Entretenimento > Famosos e TV > Robert Pattinson: A evolução do ator até o papel em “The Batman”

Antes de fazer sucesso nos cinemas como o nosso homem-morcego, Robert Pattinson já interpretou diversos papéis. A carreira do ator começou aos 15 anos, quando entrou na Barnes Theatre Company, em Londres. Antes disso, ele trabalhou como modelo, mas parou de ser chamado com o tempo.

Aos 17 anos, Robert já tinha estrelado algumas peças pequenas e atuou em seu primeiro filme, chamado A Maldição do Anel (2004), com o papel de Giselher. No mesmo ano, Pattinson chegou a participar de Feira das Vaidades (2004), estrelado por Reese Witherspoon, mas seu papel era tão pequeno que resolveram deletar as cenas em que o ator parecia. No longa, ele interpreta o filho de Witherspoon.

Mas esse ocorrido não o desmotivou, mostrando-se um artista completo, o ator também sabe cantar, tocar guitarra e piano. Até se apresentou em bares durante um tempo quando estava pensando em desistir da carreira de ator, e duas de suas músicas entraram na trilha sonora de “Crepúsculo” (2008).

De bruxo a vampiro, o ator evoluiu muito em sua carreira, focando, principalmente, em filmes não-blockbusters. A fim de homenageá-lo, resolvemos separar os principais filmes que o ator britânico participou.

Robert Pattinson
Robert Pattison surpreendeu em ‘The Batman’. | Foto: Montagem/ Reprodução

O principais filmes da carreira de Robert Pattinson

Harry Potter e o cálice de fogo (2005)

Apesar de curta, a sua participação foi muito importante para o desenrolar da história. Em Harry Potter e o Cálice de Fogo, Harry (Daniel Radcliffe) está em seu 4º ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts quando é selecionado para participar do Torneio Tribruxo, juntamente com Cedrico Diggory (Robert Pattinson), um jovem popular.

Saga Crepúsculo (2008-2012), um dos destaques da carreira de Robert Pattinson

É impossível falar de Robert Pattinson sem citar Crepúsculo. Afinal, foi a saga inspirada no mundo de Stephenie Meyer que impulsionou a carreira do ator e o apresentou para Hollywood, juntamente com Kristen Stewart. A série de filmes conta a história de Bella Swan (Kristen Stewart), uma garota introvertida que se muda para a pequena cidade de Forks e se apaixona pelo vampiro Edward Cullen (Robert Pattinson). A partir daí, Bella se vê envolvida em uma série de confusões que envolvem vampiros, lobos e clãs.

Segundo o ator, ele não esperava o sucesso que o longa iria fazer, fato que virou o seu mundo de ponta cabeça. Apesar da enorme bilheteria, que rendeu cinco filmes, muitas pessoas criticaram a atuação de Pattinson, o qual demorou para se livrar da imagem de galã adolescente.

Lembranças (2010)

Em “Lembranças”, Tyler (Robert Pattinson) é um jovem problemático que perdeu o seu irmão por suicídio e não se dá bem com o seu pai. A fim de se vingar de um policial, ele se aproxima de Ally (Emilie de Ravin), filha do agente, mas acaba desenvolvendo sentimentos pela garota. Apesar do romance, trata-se de um filme delicado e melancólico, repleto de tragédias.

Água para elefantes (2011) foi uma obra protagonizada por Robert Pattinson

O longa narra a história de Jacob Jankowski (Robert Pattinson), um jovem estudante de veterinária que precisa abandonar os estudos por conta de uma tragédia. Sem ter onde morar e sem perspectivas para o futuro, Jacob entra em um circo, no qual conhece Marlena (Reese Witherspoon), uma das artistas do local. Devido a interesses em comum, logo se apaixona pela moça, mas o romance se vê ameaçado pelo marido abusivo de Marlena, que também é o dono do circo.

Bom Comportamento (2017)

Em Bom Comportamento, Constantine (Robert Pattinson) tem o plano de assaltar o banco, mas as coisas acabam saindo do controle e o seu irmão é preso. A partir daí, Constantine entra em uma série de situações para conseguir tirar o seu irmão da cadeia sob fiança.

Foi esse filme que levou ao diretor Matt Reeves pensar em Pattinson para interpretar o morcego. Afinal, no longa, Pattinson interpreta um personagem extremamente desesperado e vulnerável, características que o diretor via na sua versão do Batman. Apesar da certeza, Reeves não sabia se o ator iria aceitar o papel, pois não era o tipo de filme que ele costumava trabalhar.

O Rei (2019)

Nesse filme histórico sobre Henrique V, Robert Pattinson atua ao lado do talentoso Timothée Chalamet, que interpreta o rei. No longa, Chalamet precisa assumir o trono de forma prematura e Pattinson, que dá a vida ao príncipe da França, Delfim, não facilita essa nova tarefa, pois ambos os países estão em disputa na Guerra de 100 anos.

O Farol (2019)

Com estética preto e branco, o longa acompanha Wake (Willem Dafoe) e Howard (Robert Pattinson), dois homens que são responsáveis por controlar o farol de uma ilha isolada, em meados da década de 1890. Quanto mais tempo eles ficam lá, mais rápido passam a perder a noção de tempo e do ambiente ao redor, gerando desconfiança entre ambos. 

Além de ter sido bem recebido pela crítica, O Farol também levou uma indicação ao Oscar de Melhor Fotografia. O próprio Dafoe, conhecido por interpretar o Duende Verde nos filmes do Homem-Aranha, elogiou a atuação de Pattinson no longa.

Tenet (2020)

Dirigido por Christopher Nolan, “Tenet” é uma ficção científica que acompanha um agente da CIA que precisa impedir que iniciem uma Terceira Guerra Mundial. Para isso, ele tem que compreender a ideia de inversão do tempo e utilizá-la a seu favor. No longa, Pattinson interpreta Neil, um dos agentes da Tenet que ajuda o agente a alcançar os seus objetivos e impedir a guerra.

O Diabo de Cada Dia (2020)

Nesse filme, que se passa entre a Segunda Guerra Mundial e a Guerra do Vietnã, Pattinson vive o reverendo Preston Teagardin, um padre de moral duvidosa, que acaba de chegar em uma pequena cidade tomada por violência. Além disso, Pattinson atua ao lado de grandes nomes como Tom Holland, Bill Skarsgård e Sebastian Stan.

Batman (2022) foi mais um dos destaques de Robert Pattinson

Lançado recentemente, Robert Pattinson teve que ganhar cerca de 7 kg para interpretar o Batman. A sua versão do herói, com certeza é a mais sombria e instável, mostrando outros lados do homem-morcego e de sua cidade natal, que poucos conheciam.

Essa mudança proposta pelo diretor Matt Reeves foi bem aceita pela maior parte do público, visto que o filme arrecadou US$ 128,5 milhões apenas no final de semana de estreia e conta com 85% de aprovação no Rotten Tomatoes. O longa também conta com Zoë Kravitz, no papel de Selina, Colin Farrell, como Pinguim, e Paul Dano, como Charada

Com certeza, Robert Pattinson marcou a vida de muita gente com os seus trabalhos. Com mais de 20 filmes em sua filmografia, o ator mostrou que consegue interpretar papéis completamente distintos e se entregar em cada um deles, oferecendo uma experiência única a quem assiste. 

__________________________________
Por Geovana Ferreira de Sá – Fala! Mackenzie

Tags mais acessadas