Menu & Busca
Batman – O Cavaleiro das Trevas – Leia a Resenha do filme

Batman – O Cavaleiro das Trevas – Leia a Resenha do filme


Batman – O Cavaleiro das Trevas é a segunda produção da trilogia de Batman do diretor Christopher Nolan chegou aos cinemas em 2008. Hoje, por causa da estreia de um outro filme, ele é relembrado com tom de comparação seja pelo público ou por críticos. Desta vez, a luta do Batman de Christian Bale é tanto contra o crime organizado de Gotham City quanto contra o Coringa, interpretado por Heath Ledger, que é contratado pela máfia para matar o homem-morcego.

Crítica: Batman – O Cavaleiro das Trevas

Bruce Wayne chega até ter um ar bem juvenil por causa de suas tentativas de chamar atenção de Rachel Dawes, personagem de Maggie Gyllenhaal. Rachel agora trabalha com o promotor público Harvey Dent, interpretado por Aaron Eckhart, que é o novo herói da cidade e também o novo namorado dela.

Batman – O Cavaleiro das Trevas | Coringa

No início, Harvey claramente vê em seu trabalho a maneira mais correta de fazer justiça em Gotham. Como o homem-morcego começa a sentir a proximidade de sua aposentadoria do combate ao crime, ele vê no promotor um sucessor digno. No decorrer da trama, o lado sombrio de Harvey aparece, o que justifica claramente algumas de suas ações. Com o casal e com o tenente Gordon, interpretado por Gary Oldman, o homem-morcego faz uma aliança essencial contra o crime.

A proposta de fazer a resenha deste filme anima porque a ideia serviria como uma justificativa para reassistir a atuação impecável de Heath Ledger como o vilão Coringa. Ledger criou uma identidade nova para o vilão: uma mistura de anarquista com louco, alguém de tamanha psicopatia que nem em momentos mais arriscados deixa transparecer o mínimo de empatia ou hesitação. O único defeito é sua história rasa; Coringa é o grande atrativo do filme, mas em nenhum momento é explicado sua origem.

Ao contrário de acreditar que a motivação da vontade de rever seria apenas pelo hype por causa do filme Joker (2019), que conta a história do palhaço, é notável que quando se trata dos filmes do Batman, o genuíno interesse do público muitas vezes é focalizado em com quem está com o herói, não nele especificamente. Ou seja, facilmente Batman é colocado como coadjuvante de sua própria história.

Batman – O Cavaleiro das Trevas | Joker

Neste filme, não foi diferente. O complicado de O Cavaleiro das Trevas neste aspecto é que os outros personagens realmente ofuscam o protagonista. Bruce Wayne tem personalidade sóbria, fria e nem mesmo com o traje heroico isso se altera. Aqui, Wayne é a cola de todas as histórias desenvolvidas. Seu trabalho era apenas juntar os personagens, mas em pouquíssimos momentos parece que sua presença é a mais importante.

O Cavaleiro das Trevas é em suma um filme sombrio e que consegue facilmente gerar reflexões em seu público. Gotham City consegue se assemelhar a qualquer cidade do mundo ao mesmo tempo que Harvey tem os ideais de deixar ao sistema fazer a justiça, mas também se sente indignado quando tal justiça não é bem sucedida. Mesmo após 11 anos desde sua estreia, o filme ainda desperta sorrisos, admirações, angústias e expectativa a quem assiste.

_________
Por Maria Amaro – Fala!Mack

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas