Quarentena colabora com retomada de projetos pessoais; entenda
Menu & Busca
Quarentena colabora com retomada de projetos pessoais; entenda

Quarentena colabora com retomada de projetos pessoais; entenda

Home > Lifestyle > Quarentena colabora com retomada de projetos pessoais; entenda

Durante a pandemia, pessoas otimizam seu tempo, desengavetando ideias do passado

Com o início do isolamento social, é certo que o aumento do tempo livre no cotidiano da população aumentou. As pessoas que se mantiveram em casa com o home office conseguiram aumentar a duração de sua janela livre, tirando de seu dia a dia o tempo que gastavam para se arrumar para o trabalho e se locomover até o local, e também começaram a designar para si a quantidade de horas que seriam trabalhadas, tendo uma flexibilização maior de seus horários.

Considerando a mudança repentina de rotina, a saúde mental dos indivíduos também foi afetada, na maioria das vezes de forma negativa. O cenário atual é propício para o aumento do índice de estresse, ansiedade e depressão, afinal, alguns fatores como limitação da mobilidade, duração prolongada da quarentena, medo de infecções, frustração, tédio, solidão e saudade de entes queridos e amigos estão muito presentes nesse período, tendendo a agravar com a falta do que fazer.

Entretanto, muitas pessoas viram a possibilidade de driblar os malefícios, retomando o desenvolvimento de antigos projetos pessoais. Isso ocorre porque, com o tempo livre aumentado, elas começaram a relembrar planos passados que vão desde aprender novas línguas e fazer exercícios diariamente até começar cursos pretendidos anteriormente e retomar estudos. Sendo assim, a web se tornou um palco para a facilitação desse desengavetamento.

projetos pessoais na quarentena
Diversos projetos pessoais foram resgatados com a quarentena. | Foto: Unsplash.

Projetos pessoais são retomados em meio à quarentena

Atualmente, é possível achar um grande e diversificado leque de cursos gratuitos e tutoriais na Internet, facilitando o aprendizado e aumentando a produtividade e interesse das pessoas. A questão chave para o aumento de tais fontes de informação é o cenário pandêmico que estamos vivendo, pois, algumas pessoas e instituições decidiram facilitar o acesso às informações, compartilhando cursos on-line gratuitos. Exemplos disso são: FGV, Senai, Senac, Fundação Bradesco e até Harvard e Oxford.

Para outras pessoas que se interessam por fazer exercícios, houve um aumento no número de lives sobre assuntos voltados à saúde e “vida fitness”. Diversos indivíduos formados em educação física decidiram publicar seus treinos em suas redes sociais, com o intuito de incentivar outras pessoas a reproduzi-los.

O Personal Fighting, Chico Salgado, que é conhecido pelo treino das celebridades, é um grande exemplo desse compartilhamento através das redes. Pelo Instagram, Chico publicou “O exercício físico é fundamental para a manutenção da saúde física e mental”, levando isso em consideração e visando o incentivo, ele salva suas lives feitas pela plataforma com famosos, como Anitta, Larissa Manoela, Sabrina Sato, Angélica e Junior Cigano, em sua conta. 

É importante ressaltar que qualquer tipo de ideia desengavetada é um projeto pessoal relevante. Diversas pessoas aproveitaram o tempo livre para aprender a tocar instrumentos, desenvolver novas habilidades, treinar desenho e coisas do tipo. Com o início da pandemia, alguns cursos on-line voltados para o lado artístico também foram publicados, incentivando pessoas que se interessam a dar o primeiro passo para fazer arte ou até ajudar artistas a desenvolverem mais seus dons.

____________________________
Por Felipe Sapia Zocolotti – Fala! Cásper

Tags mais acessadas