Quais são os filmes disponibilizados pelo Sesc-SP? Confira!
Menu & Busca
Quais são os filmes disponibilizados pelo Sesc-SP? Confira!

Quais são os filmes disponibilizados pelo Sesc-SP? Confira!

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Quais são os filmes disponibilizados pelo Sesc-SP? Confira!

Todas as salas de cinema da capital tiveram de ser fechadas em março, por conta da pandemia instaurada no estado. Com a situação, houve a necessidade de inovar para resistir aos impactos causados inclusive na área cultural, e, por esse motivo, o Sesc-SP, com a curadoria do CineSesc a partir do dia (4) de junho, passa a trazer quatro filmes por semana gratuitamente.  

O Cinema #EmCasaComSesc está sendo realizado por meio da plataforma Sesc Digital (no link sescsp.org.br/cinemaemcasa) e reúne, todas às quintas-feiras, grandes clássicos da sétima arte, além de filmes contemporâneos de ficção nacionais e internacionais, documentários, infanto-juvenis. Para os amantes do grande cinema de rua de São Paulo, as mostras podem acalentar os ânimos dos cinéfilos.  

Filmes gratuitos no Sesc-SP

Os filmes disponibilizados na plataforma são, o clássico do cinema,  terror surrealista A Hora do Lobo (1967) e Mamma Roma (1962), dirigido pelo italiano Pier Paolo Pasolini.

Pier Paolo Pasolini
Mamma Roma. | Foto: Reprodução.

No gênero documentário encontramos Coração de Cachorro (2016), onde Laurie Anderson reflete sobre como reagir à perda de uma pessoa ou um animal querido, e O Homem da Cabine (2008), tendo como principal enfoque retratar a rotina dos projecionistas de Cinema, profissional em extinção. 

Também estão na programação o filme brasileiro Aquarius (2016), com protagonismo de Sonia Braga, uma jornalista aposentada que defende seu apartamento de uma construtora. Para o público infanto-juvenil, temos Jonas e o Circo sem Lona (2015), onde o personagem principal luta para manter vivo o circo que ele próprio criou; e a animação Historietas Assombradas, de Victor Hugo Borges.

aquarius
Aquarius. | Foto: Reprodução.

Segundo o diretor do Sesc de São Paulo, Danilo Santos de Miranda, sobre a ação, relata: “é preciso estimular o diálogo entre os diversos meios de fruição cultural e as linguagens artísticas, que, como habilmente faz o cinema, nos apresentam distintos olhares sobre o mundo e, mesmo sem sairmos de casa, nos possibilitam entrar em contato com ele”. 

________________________
Por Paula de Lima Santos – Fala! Anhembi

Tags mais acessadas