Profissões que foram ou podem ser engolidas pelo avanço tecnológico
Menu & Busca
Profissões que foram ou podem ser engolidas pelo avanço tecnológico

Profissões que foram ou podem ser engolidas pelo avanço tecnológico

Home > Notícias > Mercado > Profissões que foram ou podem ser engolidas pelo avanço tecnológico

Desde a Terceira Revolução Industrial o protagonismo de realizar os trabalhos vem sendo dos robôs e das máquinas. A inteligência artificial proporcionou, para diversos setores do trabalho, economia de gastos, rapidez e praticidade.

No entanto, à medida que as tecnologias se aprimoram, muitas profissões perdem espaço ou deixam de existir. Isso faz com que muitas pessoas, em um futuro próximo, tenham que se capacitar ainda mais para entrar no mercado de trabalho. Nesta matéria, apontaremos algumas delas:

Operador de telemarketing

profissões
Operadora de telemarketing. | Foto: Africa Studio/Shutterstock.com

Muitas empresas do setor de telemarketing automatizaram os serviços. Dessa forma, permitiu-se uma maior flexibilidade nos horários e personalização no atendimento aos clientes.

Caixa de supermercado

profissões ameaçadas por conta do coronavírus
Caixa de supermercado. | Foto: Reprodução.

Em muitos supermercados das grandes capitais, principalmente, não há mais operadores de caixa. Eles foram substituídos por caixas automáticos, em que você mesmo passa, embala e paga os produtos. 

Trabalhador rural (braçal)

trabalhador rural
Trabalhador rural. | Foto: Reprodução.

Com um sistema de plantação, controle e colheita que usa cada vez mais máquinas, que permitem maior dinamismo e rapidez nas produções, os trabalhadores no campo vêm perdendo cada vez mais espaço. 

Estoquista

profissões ameaçadas pelas máquinas
Estoquista. | Foto: Reprodução.

A utilização de robôs e inteligência artificial para controlar e monitorar os serviços de estocagem facilitaram a economia de gastos e trouxeram praticidade e agilidade para as lojas e empresas. Por consequência, muitos profissionais dessa área perderam seus empregos.

Datilógrafos

datilograia
Datilógrafos. | Foto: Reprodução.

Esse é um dos maiores exemplos de como as profissões podem ser engolidas pelo avanço tecnológico.

Os datilógrafos usavam uma máquina de escrever para redigir textos no papel. Com a chegada dos computadores, notebooks e tablets, escrever e armazenar memórias tornou-se mais rápido, prático e eficiente. As máquinas de escrever viraram peças de museu e a datilografia foi extinta.

Frentista

automatização do trabalho
Frentista. | Foto: Reprodução.

Muitos países europeus e os Estados Unidos já utilizam o esquema de autosserviço nas bombas de combustíveis. Esse tipo de serviço gera certa economia no preço dos combustíveis, visto que não há gastos com questões trabalhistas dos frentistas.

A tendência é que nos próximos anos o modelo venha a ser implementado no Brasil.

______________________________________________
Por Helena Barbosa Geraldes – Fala! Cásper

Tags mais acessadas