Osklen vende máscara para coronavírus por R$ 147 e revolta web
Menu & Busca
Osklen vende máscara facial por R$ 147, revolta web e retira anúncio do ar

Osklen vende máscara facial por R$ 147, revolta web e retira anúncio do ar

Home > Lifestyle > Saúde > Osklen vende máscara facial por R$ 147, revolta web e retira anúncio do ar

A Osklen lançou ontem (5) à noite máscaras para proteção contra o coronavírus, doença considerada uma pandemia pela OMS. A máscara foi anunciada no valor de 147 reais, revoltando a internet. Em menos de 24 horas, o produto do e-commerce foi retirado do ar para evitar maiores problemas.

Máscara da Osklen por 147 reais
Máscara da Osklen por 147 reais

Osklen lança máscara para Covid-19 por R$ 147 e revolta internautas

Durante o período de isolamento social, diversos pequenos comércios passaram a vender máscaras de proteção para evitar a disseminação do novo coronavírus com o valor popular de 5 a 10 reais. O próprio Ministério da Saúde ensinou aos cidadãos como confeccionar sua própria máscara reutilizável.

A marca Osklen, no entanto, optou por comercializar o produto por um valor quase 800% mais alto do que os comércios populares, algo que causou uma impressão negativa na população, que acusou a marca de tentar lucrar em cima de uma doença que aflige a sociedade. Cada pack de R$ 147 conteria duas máscaras.

Em todo o mundo, mais de 3,6 milhões de pessoas já foram infectadas pelo novo coronavírus e cerca de 257 mil dos doentes vieram a óbito. No Brasil, mais de 116 mil pessoas já contraíram Covid-19 e quase 8.000 foram vítimas fatais da doença.

No texto de lançamento do produto, a Osklen disse que as máscaras foram feitas em parceria com o Instituto-E, criado pelo gaúcho Oskar Metsavaht, diretor de criação e estilo da marca, para realizar projetos socioambientais que visariam promover o desenvolvimento humano sustentável.

Ainda de acordo com a marca, a cada venda de pack com duas máscaras, 70 reais seriam doados em forma de cestas básicas à famílias de baixa renda da comunidade do Jacarezinho, RJ. Com a doação, ainda sobrariam R$77 nas mãos da marca, o que fez a internet fazer barulho.

Confira alguns comentários de internautas sobre a polêmica:

Tags mais acessadas