Olimpíadas: Atletas brasileiros que nunca ganharam medalha
Menu & Busca
Olimpíadas: Atletas brasileiros que nunca ganharam medalha

Olimpíadas: Atletas brasileiros que nunca ganharam medalha

Home > Notícias > Esporte > Olimpíadas: Atletas brasileiros que nunca ganharam medalha

O Brasil tem muita história para contar nas Olimpíadas. Diversos atletas brasileiros que participaram dos Jogos já bateram recordes, superaram desafios incríveis e conseguiram medalhas. Porém, outros esportistas tiveram performances extraordinárias ao longo da carreira, mas, apesar disso, nunca chegaram ao pódio olímpico. Por isso, conheça cinco atletas do time Brasil que não ganharam medalhas nas Olimpíadas, e que, provavelmente, você não sabia.

Cinco atletas brasileiros que nunca ganharam uma medalha nas Olimpíadas

1. Daiane dos Santos – ginástica artística

Apesar da enorme contribuição para a ginástica artística, Daiane dos Santos não conquistou uma medalha nas Olimpíadas pelo Brasil. Ela participou de três edições dos Jogos: Atenas (2004), Pequim (2008) e Londres (2012). Assim, Rebeca Andrade se tornou a primeira medalhista olímpica brasileira da ginástica artística feminina neste ano em Tóquio. Porém, mesmo sem subir ao pódio nas Olimpíadas, Daiane dos Santos foi a primeira campeã mundial da ginástica artística brasileira em Anaheim (Califórnia, EUA), em 2003.

daiane dos santos
Daiane dos Santos. | Foto: Montagem/Reprodução.

2. Gustavo Kuerten – tênis

Estrela do tênis mundial, Gustavo Kuerten, o Guga, é considerado o maior tenista masculino da história do Brasil até o momento. Ele conquistou três vezes o Roland Garros, uma das maiores competições de tênis do mundo, e se tornou um ícone do esporte pelo seu desempenho em quadra e pelo carisma. Porém, mesmo todos os títulos, Guga não conseguiu levar uma medalha olímpica para casa enquanto esteve em atividades. Ele participou dos Jogos em Sydney (2000) e em Atenas (2004). Neste ano, a dupla Laura Pigossi e Luisa Stefani ganhou a 1ª medalha nas Olimpíadas do tênis brasileiro.

guga tenis olimpíadas
Gustavo Kuersten. | Foto: Montagem/Reprodução.

3. Oscar Schmidt – basquete

Oscar Schmidt é o ídolo do basquete brasileiro e é, até hoje, considerado o melhor jogador do esporte no país. Em 1988, na edição de Seul na Coreia do Sul, ele se tornou o maior pontuador na história das Olimpíadas e ainda não foi superado. Mesmo participando de cinco edições dos Jogos, Oscar Schmidt não conseguiu levar o Brasil ao pódio olímpico durante sua carreira.

oscar atleta
Oscar Schmidt | Foto: Montagem/Reprodução.

4. Fabiane Murer – atletismo

Única brasileira na história a ganhar o Mundial de Atletismo, Fabiane Murer marcou a história do esporte. Além disso, ela ganhou três medalhas nos Jogos Pan-Americanos em 2007, levou o ouro no Rio e em 2011 (Guadalajara) e em 2015 (Torontou), conquistou a prata. Murer participou três vezes das Olimpíadas e encerrou sua participação nos Jogos em 2016 no Rio de Janeiro sem ganhar nenhuma medalha.

fabiane atletas
Fabiane Murer. | Foto: Montagem/Reprodução.

5. Duda Amorim – handebol

Duda Amorim é considerada a melhor atleta de handebol na categoria feminina. Em 2014, ela foi eleita a melhor jogadora do mundo e foi campeã mundial pela seleção em 2013. Desde 2008 em Pequim, ela participou de todas as edições, inclusive nos Jogos de Tóquio. No entanto, a seleção feminina de handebol foi eliminada pela França e ficou fora das quartas de final. Assim, Duda Amorim ainda não teve a oportunidade de subir no pódio, mesmo com uma trajetória brilhante no esporte.

duda amorim
Duda Amorim | Foto: Montagem/Reprodução.

Desse modo, alguns atletas brasileiros entram para história do esporte, mesmo sem conquistar uma medalha nas Olimpíadas. Os Jogos de Tóquio encerram no próximo domingo (8) e o Brasil ainda está na disputa para subir no pódio em algumas modalidades. Prepare a torcida e não deixe de acompanhar!

____________________________
Por Lucas Kelly – Redação Fala!

Tags mais acessadas