Olimpíadas 2021: escalação brasileira para a seleção de vôlei
Menu & Busca
Olimpíadas 2021: escalação brasileira para a seleção de vôlei

Olimpíadas 2021: escalação brasileira para a seleção de vôlei

Home > Notícias > Esporte > Olimpíadas 2021: escalação brasileira para a seleção de vôlei

Presente nos Jogos Olímpicos desde Tóquio em 1964, o vôlei volta ao Japão como um dos esportes mais populares das Olimpíadas. O torneio mantém o padrão dos últimos anos, onde é disputado com doze equipes divididas em dois grupos com seis países, tanto para homens quanto para mulheres. As partidas acontecerão na Ariake Arena, estádio poliesportivo localizado no distrito de Ariake. Conheça os atletas que representarão o Brasil em busca das medalhas: 

olimpíadas vôlei
Escalação brasileira para a seleção de vôlei. | Foto: Reprodução.

Convocação da seleção feminina de vôlei nas Olimpíadas 2021

Os principais nomes que ficaram de fora foram de Sheilla, Dani Lins e Adenízia, todas campeãs olímpicas. As maiores dúvidas eram nas pontas e na segunda vaga de levantadora. O treinador Zé Roberto decidiu apostar em Ana Crisitina, de apenas 17 anos.

Levantadoras

  • Macris 
  • Roberta  

Oposta

  • Tandara  

Oposta/Ponteira

  • Rosamaria  

Ponteiras

  • Gabi 
  • Natália 
  • Fernanda Garay 
  • Ana Cristina  

Centrais

  • Carol 
  • Carol Gattaz 
  • Bia  

Líbero

  • Camila Brait
seleção brasileira
Seleção feminina de vôlei. | Foto: Reprodução.

Convocação da seleção masculina de vôlei nas Olimpíadas 2021

Não houve novidades na lista, o que já se esperava em relação à bela campanha do Brasil na Liga das Nações, sob o comando do técnico Renan Dal Zotto. Antes da Volleyball Nations League, a disputa estava aberta entre Isac e Flávio, no meio de rede principalmente. Além deles, o Brasil usou o oposto Felipe Roque, que se lesionou e precisou ser operado, os pontas Vaccari e João Rafael, o líbero Maique e o central Matheus Pinta. 

Levantadores 

  • Bruninho 
  • Cachopa 

Opostos 

  • Wallace 
  • Alan 

Ponteiros 

  • Lucarelli 
  • Leal 
  • Douglas Souza 
  • Maurício Borges 

Centrais 

  • Maurício Souza 
  • Lucão 
  • Isac 

Líbero 

  • Thales
vôlei masculino
Seleção masculina de vôlei. | Foto: Reprodução.

Vôlei de praia 

Na primeira fase de cada disputa, as 24 duplas foram divididas em seis grupos de quatro. Os dois melhores times de cada chave e os dois melhores terceiros colocados avançam diretamente às oitavas de final. Os outros quatro terceiros colocados ainda têm uma última chance de classificação pela repescagem. Eles são divididos em duas chaves e a dupla vitoriosa de cada disputa também avança às oitavas. Os representantes do Brasil são: Alison e Álvaro, Evandro e Bruno Schmidt, Ágatha e Duda, e Ana Patrícia e Rebecca.

Vôlei de praia olimpíadas
Vôlei de praia. | Foto: Reprodução.

Programação de vôlei nas Olimpíadas 2021

23 de julho 

  • Alison/Álvaro x Azaad/Capogrosso (ARG) 
  • Ágatha/Duda x Gallay/Pereyra (ARG) 
  • Brasil x Tunísia (masculino) 

24 de julho 

  • Evandro/Bruno Schmidt x M. Grimalt/E. Grimalt (CHI) 

25 de julho 

  • Brasil x Coreia do Sul (feminino) 
  • Ana Patrícia/Rebecca x Makokha/Khadambi (QUE) 

26 de julho 

  • Brasil x Argentina (masculino) 

27 de julho 

  • Alison/Álvaro x Dalhausser/Lucena (EUA) 
  • Evandro/Bruno Schmidt x Abicha/Elgraoui (MAR) 
  • Brasil x República Dominicana (feminino) 
  • Ágatha/Duda x Wang/Xia (CHN) 
  • Ana Patrícia/Rebecca x Graudina/Kravcenoka (LET) 

28 de julho 

  • Brasil x Rússia (masculino) 

29 de julho 

  • Brasil x Japão (feminino) 
  • Ágatha/Duda x Bansley/Brandie (CAN) 
  • Alison/Álvaro x Brouwer/Meewsen (HOL) 
  • Brasil x EUA (masculino) 

30 de julho 

  • Evandro/Bruno Schmidt x Bryl/Fijalek (POL) 
  • Ana Patrícia/Rebecca x Claes/Sponcil (EUA) 

31 de julho 

  • Brasil x Sérvia (feminino) 
  • Brasil x França (masculino) 

2 de agosto 

  • Brasil x Quênia (feminino) 

3 de agosto

  • Quartas de Final  (masculino)

4 de agosto

  • Quartas de Final  (masculino e feminino)

5 de agosto

  • Quartas de Final (feminino)

6 de agosto  

  • Semifinais (masculino)

7 de agosto

  • Semifinais (feminino)

8 de agosto

  • Disputa pelo bronze (masculino e feminino)
  • Final (masculino)

9 de agosto  

  • Final (feminino)

____________________________
Por Glícia Santos – Fala! Cásper

Tags mais acessadas