Menu & Busca
O que esperar da NBA 2019/2020

O que esperar da NBA 2019/2020


A temporada 2019/20 da NBA começa nesta terça-feira, 22 de outubro. Ao contrário dos últimos anos, o melhor basquete do mundo terá uma temporada muito equilibrada, com diversas franquias possuindo chances de levar o Larry O´ Brien para casa. Grandes times mantiveram sua base para brigar pelo título, outras franquias foram buscar estrelas em outro país. 

Na Conferência Oeste, o nível promete ser muito alto e equipes com excelentes campanhas na temporada regular podem ficar de fora dos Playoffs. Por conta do equilíbrio, o lado oeste do melhor basquete do mundo vai exigir que todos os times interessados na pós-temporada mantenham um nível extremamente competitivo desde o primeiro segundo da temporada.

Largam como favoritos ao título no Oeste :

LOS ANGELES LAKERS

A franquia não está para brincadeira nesta temporada, os Lakers transformaram um time com um futuro brilhante em um presente magnífico. LeBron James contará com Anthony Davis, Kyle Kuzma e um elenco repleto de jogadores experientes.

No comando técnico também ocorreram alterações, Luke Walton não treina mais o LAL nessa temporada. Em busca da glória, a franquia roxa e amarela vê em Frank Vogel e no assistente Jason Kidd (sim, é o Jason Kidd que brilhou como armador dos Knicks e campeão com o Dallas Mavericks) a chance de erguer o troféu de campeão pela décima sétima vez na história e se igualar ao Boston Celtics como maior campeão da liga.

LOS ANGELES CLIPPERS

Não é só do um lado amarelo de Hollywood que o sonho de ser campeão da NBA vive, assim como os rivais do Staples Center, os Clippers investiram forte e querem buscar o Larry O’ Brien pela primeira vez na história de qualquer maneira. A prova de que o lema “custe o que custar” tomou conta do General Manager e silhueta que deu origem ao logo da NBA, Jerry West fez o possível e o impossível para tornar a franquia um supertime. O alvo era claro: Kawhi Leonard, o ala campeão e MVP das finais com o San Antonio Spurs em 2014 e com o Toronto Raptors na última temporada era o maior sonho dos Clippers. 

Motivado por voltar a jogar onde nasceu, Leonard sempre deixou claro que jogaria em Los Angeles e o LA Clippers era o “azarão” na disputa contra os Lakers pelo atleta. Kawhi inclusive teve seu nome vinculado aos Lakers em diversas reportagens e diversos insiders da NBA alegavam que já havia um acordo entre ele e o time dos Lakers.

Ao se reunir com os Clippers, Kawhi foi extremamente direto: para jogar no lado azul e branco de Los Angeles, os Clippers precisavam buscar Paul George, que até então estava no Oklahoma City Thunder. Jerry West viu a chance de criar um grande dueto para o time.

HOUSTON ROCKETS

O “Barba do Capeta” vem aí, e dessa vez ele tem um companheiro à altura: Russell Westbrook chegou ao Texas para fazer os foguetes alçarem voos ainda mais altos!

Apesar de começar  a temporada 2018/19 abaixo do esperado, os Rockets se reergueram com atuações brilhantes de James Harden e chegaram até a final da conferência Oeste e, por pouco, não complicaram a caminhada dos Warriors até a final da NBA. 

Depois da série contra Golden State, Harden foi aos diretores do Houston e disse que sairia do time caso os Rockets não trocassem Chris Paul. Com medo de perder o MVP de 2017/18 e segundo na corrida pelo prêmio em 2018/19, os Rockets trocaram Chris Paul e algumas escolhas de draft por Russell Westbrook, o “Mr. Triple Double” da liga. Não é a primeira vez que a dupla vai atuar junta, Harden e Westbrook jogaram pelo Oklahoma City Thunder e chegaram até as finais da NBA, onde perderam para o Miami Heat de LeBron, Wade e Chris Bosh.

Com Clint Capela no garrafão e uma dupla de armadores muito qualificada, os Rockets também chegam fortes para levantar o troféu de melhor time da NBA.

Agora, vamos mudar de lado, a conferência Leste também promete ser equilibrada, mas por um nível técnico um pouco abaixo do que veremos no lado Oeste. Apesar disso, algumas franquias foram muito bem na Free Agency e reforçaram seus elencos com grandes atletas e estrelas da liga.

Largam como favoritos no Leste:

MILWAUKEE BUCKS

O MVP quer a glória máxima! Giannis Antetokounmpo e os Bucks tiveram a melhor campanha geral na última temporada, mas caíram na final da conferência para o Toronto Raptors, que seria o campeão da NBA. Buscando não cair no mesmo erro a diretoria de Milwaukee adicionou jogadores experientes ao elenco para que os jovens amadureçam durante a temporada e brilhem nos Playoffs. O principal fator que coloca os Bucks na briga pelo título está em Giannis Antetokounmpo, o grego está no ápice de seu vigor físico e os demais times da NBA ainda não acharam uma maneira de pará-lo e isso pode ser um grande problema na pós-temporada.

BROOKLYN NETS

Novos ventos em Brooklyn! Depois de temporadas horrendas e trocar muitas escolhas de draft com o Boston Celtics e não colher os frutos esperados, os Nets estão de volta ao patamar mais alto da NBA com três contratações que prometem bagunçar a liga. A chegada de Kyrie Irving, Kevin Durant (este só joga na temporada 2020/21, por enquanto) e DeAndre Jordan em união com as jovens joias do Brooklyn mostram um time jovem, mas com experiência de dois campeões da NBA dentro do vestiário. Talentos promissores como Caris LeVert, Spencer Dinwiddie e Jarrett Allen parecem ser o apoio ideal que as estrelas precisam para levar o Larry O’ Brien até o outro lado de Nova Iorque.

PHILADELPHIA 76ERS

Os Sixers vão com tudo em busca do título! Liderados por Ben Simmons e Joel Embiid, a franquia da Filadélfia une jovens estrelas e jogadores experientes com o objetivo de se tornar o melhor time da NBA. No comando técnico, Brett Brown sabe os caminhos para a vitória e ainda é um excelente treinador para desenvolver jovens talentos.

O único problema que pode atrapalhar os planos dos Sixers é o departamento médico. Apesar de jovens, as estrelas da equipe já sofreram com lesões sérias e perderam uma boa parte da temporada.

Mantendo o elenco saudável e unindo experiência e juventude com uma grande qualidade técnica, os Sixers chegam fortes para levantar o Larry O´ Brien.

___________________
Vinicius Redaelli – Fala!Cásper

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas