Menu & Busca
Intervenção: As duas margens do Rio de Janeiro

Intervenção: As duas margens do Rio de Janeiro


_______________________________________________________________
Uma reflexão por Gustavo Magalhães – Fala! PUC Rio

O Rio é tudo aquilo que se vê, sim.
Sim, o é.
É tudo aquilo que se vê, sim.
É lindo mesmo, esse canto daqui é lindo mesmo.
As praias lindas, as árvores verdes, verdes.
O mar que não se aquieta nem um tantinho.
Mas meu Rio é lindo e é lindo mesmo.

PROTEGIDO: VAI AO RIO DE JANEIRO? VEJA 6 VANTAGENS DE FAZER A VIAGEM DE ÔNIBUS

Rio De Janeiro: entre o belo e o horrendo

E tem tudo aí que aparece: as festas lindas, o Carnaval ma-ra-vi-lho-so, o Cristo imponente e o Pão de Açúcar formatando o que há de perfeição. A natureza completa o resto que não foi descrito com o que é de melhor. Sabiá aqui não canta, ele louva a existência deste paraíso.

Ainda tem Maracanã pra esquentar o peito dos mais caidinhos. Rio é lugar de se viver no intenso, lugar apaixonante, apaixonado.   

Rio de Janeiro
Rio de Janeiro

Mas o mesmo rio que venta lá, venta cá e pisamos em uma terra política. Cheia de sonhos, viva. Vivemos em uma cidade que não apenas é um texto, como também se escrevi em si. E inscreve a perda e a miséria, que são comuns aos analfabetos dos barracos.

AS IMAGENS MAIS IMPRESSIONANTES DA TEMPESTADE NO RIO DE JANEIRO

O solo onde pisas é chão de terra batida, chão de terra apanhada, manchado de sangue, o mesmo sangue de pouca tinta que corre na veia dos que ali moravam.

Rio de Janeiro
Rio de Janeiro

Os Rios da capital Fluminense

No fim são dois rios, dois tipos de riso, dois tipos de tiro, dois tipos de choro e lá se vai mais uma lista do que é diferente do cartão postal. São duas imagens que existem, coexistem, inexistem, subsistem, superlativam. Em toda cidade tem umas outras pequenas cidades dentro delas.

No rio, temos outros mares. Aqui se lê, aqui se paga. Na cidade-maravilha-livro-a-ser-escrito, cada qual é caneta com suas diferenças de tinta. O que é que tu escreve?  

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas