O fim da era Lionel Messi no Barcelona: tudo sobre a saída
Menu & Busca
O fim da era Lionel Messi no Barcelona: tudo sobre a saída

O fim da era Lionel Messi no Barcelona: tudo sobre a saída

Home > Notícias > Esporte > O fim da era Lionel Messi no Barcelona: tudo sobre a saída

O craque argentino Lionel Messi não chegou a um acordo com o clube catalão para a renovação do contrato

Lionel Messi
Lionel Messi deixou o Barcelona após 18 anos. | Foto: Pau Barrena.

Como já era esperado, após anos de fiasco, Lionel Messi finalmente deixou seu clube de origem, após não chegar a um acordo para a renovação do contrato devido ao Fair Play Financeiro do campeonato espanhol. Após conquistar seu primeiro título profissional pela seleção argentina, o craque de 34 anos tentou negociar com o Barcelona, mas a equipe não se acertou com La Liga e perdeu o principal jogador de sua história.

História de Lionel Messi pelo Barcelona

Messi Barcelona estreia
Há 18 anos atrás, Messi estreava pelo Barcelona. | Foto: AFP.

Tudo começou no dia 16 de novembro de 2003, quando o Argentino de apenas 16 anos foi integrado à equipe profissional do Barcelona e estreou em um amistoso contra o Porto, na inauguração do Estádio do Dragão, em Lisboa. Na temporada seguinte, Messi fez sua estreia oficial, em um clássico catalão contra o Espanyol. O primeiro gol de Lionel Messi pelo Barcelona saiu contra o Albacete, no dia 1º de maio de 2005, um belo gol de cobertura, com assistência de Ronaldinho Gaúcho, que foi o seu “mentor” no time espanhol.

Ronaldinho me ajudou muito. Eu tinha 16 ou 17 anos e via todos aqueles atletas gigantes quando chegava ao vestiário. Ele foi o meu mentor e me deixou confortável, sem me deixar desistir. Dentro de campo, eu sempre procurava por ele. Não tivemos muito tempo para jogar e eu teria apreciado jogar mais tempo com Ronaldinho.

Disse Messi em entrevista ao canal TyC Sports.
Messi e Ronaldinho
Messi e Ronaldinho no primeiro gol do Argentino. | Foto: Reprodução.

​Na temporada seguinte, 2005–2006, ainda como figurante na equipe do Barcelona, o argentino que tinha apenas 19 anos, conquistou sua primeira UEFA Champions League. Jogando apenas 6 partidas durante toda a competição, Messi marcou 1 gol e distribuiu 2 assistências, tudo na fase de grupos. Durante toda a temporada, Messi marcou 8 gols e deu 3 assistências em 25 jogos.

Na temporada 2006/07, Lionel Messi já deixava sua marca registrada pela equipe do Camp Nou, começou a figurar pela equipe titular e terminou a temporada com 36 jogos, marcando 17 gols e dando 3 passes para gol, perdendo uma grande parte da temporada devido a uma lesão. E na temporada posterior, novamente Messi não conquistou títulos, mas teve uma temporada com números melhores, com 16 gols e 13 assistências em 40 jogos.

Assim começaram os anos de luz de Lionel Messi, na temporada 2008–2009, conquistando sua segunda UEFA Champions League, agora como principal estrela, terminando a competição com 9 gols e 5 assistências em 12 jogos. E durante toda a temporada, o Barcelona conquistou 6 títulos no total, e o argentino terminou a temporada com 38 gols e 17 assistências em 51 jogos, conquistando sua primeira bola de ouro.

bola de ouro
Messi conquistou sua primeira bola de ouro em 2009. | Foto: France Football.

Na temporada seguinte, Messi conquistou mais um campeonato espanhol, mas acabou sendo eliminado na semifinal da Champions League, para a Inter de Milão, que conquistaria a competição em cima do Bayern na grande final. Em números totais, o camisa 10 do Barcelona encerrou a temporada com 47 gols e 12 assistências em 53 jogos, e conquistou sua segunda bola de ouro consecutiva.

Em 2010/2011, Messi conquistou sua terceira UEFA Champions League, consagrando-se cada vez mais como o principal jogador do futebol mundial. Marcando 1 gol na final contra o United, Leo terminou a competição com 12 gols e 4 assistências em 13 jogos. Além da Liga dos Campeões, o Barcelona também conquistou o Mundial, La Liga, Supercopa da UEFA e Supercopa da Espanha. Messi conquistou sua terceira bola de ouro, terminando a temporada com 53 gols e 25 assistências em 55 jogos.

É um grande prazer para mim, o terceiro que consigo. É uma honra imensa. Quero compartilhar com as pessoas que me ajudaram, companheiros, técnico, tanto do Barcelona como da seleção. Também queria compartilhar com Xavi, é a quarta vez que estamos juntos nessa eleição. É um prazer jogar com você.

Messi, após vencer sua terceira bola de ouro.

Na temporada em que conquistou sua quarta bola de ouro seguida, Messi conquistou apenas a Copa do Rei, mas teve sua melhor temporada da carreira. Com números espetaculares de 73 gols e 34 assistências em 60 jogos, marcando a melhor temporada individual de um jogador na história de futebol. E na época, tornou-se o primeiro jogador a conquistar quatro bolas de ouro.

bolas de ouro
Messi conquistou 4 bolas de ouro de forma consecutiva. | Foto: Reprodução.

Nas duas temporadas seguintes, Lionel Messi viu Cristiano Ronaldo dominar o cenário europeu e conquistar duas bolas de ouro seguidas. Mas o desempenho do argentino não caiu, ele terminou a temporada com 60 gols e 17 assistências em 50 jogos na temporada 2012/13 e conquistou apenas La Liga e a Supercopa da Espanha.

Já na temporada 2013/14, o argentino perdeu um grande número de jogos durante o ano, mas, mesmo assim, terminou com 41 gols e 16 assistências em 47 jogos. Mas não conquistou nenhum título, sendo eliminado pelo Atlético de Madrid nas quartas de final da Champions League, e encerrando o campeonato espanhol na segunda posição, perdendo o título na última rodada dentro do Camp Nou.

Na temporada 2014/15, Messi conquistou sua quarta e última Champions League pelo Barcelona, com uma temporada espetacular, onde encerrou a competição europeia como artilheiro ao lado de Neymar e Cristiano Ronaldo, com 10 gols cada. Na temporada completa, o argentino conquistou o campeonato espanhol, a copa do rei, o mundial de clubes e a Supercopa da UEFA, conquistando sua quinta bola de ouro.

futebol
Em 2015, Messi conquistou sua quinta bola de ouro. | Foto: Fifa.

Últimos anos no Barcelona

Nas temporadas seguintes, Lionel Messi viu o Real Madrid conquistar 3 Liga dos Campeões seguidas e, consequentemente, Cristiano Ronaldo vencer duas bolas de ouro e se igualar ao argentino como maior vencedor do prêmio. Em 2015/16, o Barcelona conquistou o campeonato espanhol e a copa do rei, e Messi terminou a temporada com 41 gols e 24 assistências em 49 jogos.

Em 2016/2017, o time catalão conquistou apenas a Copa do Rei, e novamente viu o Real Madrid de Cristiano Ronaldo e Zinedine Zidane conquistar mais uma Liga dos Campeões. Mesmo assim, Messi teve excelentes números, terminando a temporada com 54 gols e 20 assistências em 52 jogos. E em 17/18, terminou a temporada com 2 títulos, conquistou o campeonato espanhol e a Copa do Rei novamente, e o argentino terminou a temporada com 45 gols e 20 assistências em 54 jogos.

Já na temporada 18/19, finalmente acabou a hegemonia do Real Madrid na Champions League, a competição acabou sendo vencida pelo Liverpool, após uma virada espetacular contra o próprio Barcelona de Messi na semifinal. Mesmo assim, com números espetaculares, o argentino terminou a temporada com 51 gols e 22 assistências em 50 jogos, conquistando sua sexta bola de ouro, isolando-se como o maior vencedor do prêmio.

Messi melhor jogador do mundo
Messi com seus seis prêmios de melhor jogador do mundo. | Foto: EFE.

Na temporada 2019/20, Messi perdeu vários jogos por conta de variadas lesões, e acabou a temporada com 31 gols e 27 assistências em 44 jogos. Mas a temporada acabou de forma melancólica, com um sonoro 8×2 para o Bayern de Munique. Nessa temporada, o Barcelona acabou conquistando apenas o campeonato espanhol, e no final da temporada, Messi pediu para sair do clube, mas acabou entrando em um acordo após a saída do presidente Bartomeu.

Na sua última temporada pelo clube, Messi conquistou apenas o título da Copa do Rei, e não teve uma despedida digna, jogando sua última partida no Camp Nou contra o Celta de Vigo, em uma derrota por 2×1, que tirou qualquer chance do Barcelona de conquistar La Liga. Mesmo assim, o argentino terminou a temporada com 38 gols e 14 assistências, e é o favorito para conquistar a bola de ouro, principalmente após conquistar a Copa América pela Argentina, seu primeiro título pela seleção.

Eu precisava tirar o peso de poder conquistar algo com a seleção, estive muitos anos perto, sabia que em algum momento ia dar errado, ia acontecer. Agradeço a Deus por me dar esse momento, no Brasil e contra o Brasil. Acho que (Deus) estava guardando esse momento para mim.

Declarou Messi.
Copa América
Messi conquistou a Copa América contra o Brasil. | Foto: Carl de Souza.

Agora, confirmada sua saída do Barcelona, Messi tem dois destinos prováveis, o Manchester City de Pep Guardiola, seu treinador entre 2008 e 2012 no Barcelona, ou o Paris Saint-Germain, de Neymar, uma das principais duplas de Messi na equipe espanhola, e Dí María, que joga junto com Messi na seleção argentina há mais de 10 anos. Assim, eu deixo uma pergunta, onde vocês preferem ver Messi, jogando na Inglaterra ou na França?

___________________________
Por Leonardo Pignatari – Fala! PUC-SP

Tags mais acessadas