Novak Djokovic e Naomi Osaka: o rei e a rainha do Australian Open
Menu & Busca
Novak Djokovic e Naomi Osaka: o rei e a rainha do Australian Open

Novak Djokovic e Naomi Osaka: o rei e a rainha do Australian Open

Home > Notícias > Esporte > Novak Djokovic e Naomi Osaka: o rei e a rainha do Australian Open

No último domingo, (21), encerrou-se o primeiro Grand Slam da temporada do tênis, que terminou com a conquista de uma lenda no masculino e uma futura lenda no feminino. Pelo lado dos homens, o octacampeão do Australian Open e atual número um do mundo, Novak Djokovic, conquistou o nono troféu da competição para sua gloriosa estante.

Pelo lado das mulheres, a jovem estrela japonesa e a Nº 3 do ranking, Naomi Osaka, conhecida pelo seu talento e carisma, conquistou o seu segundo título do Aberto da Austrália, e cada vez mais pavimenta seu caminho para junto das grandes estrelas do tênis feminino.

Novak Djokovic e Naomi Osaka
Djokovic e Osaka com seus troféus do Australian Open. | Foto: Daily Express.

Novak Djokovic

A trajetória do sérvio nesta edição do Australian Open se iniciou contra o francês vindo do qualify, Jeremy Chardy, e como esperado, Djokovic dominou o duelo. Com certa tranquilidade, venceu sua partida de estreia no torneio por 3 sets a 0 (6 a 3, 6 a 1, 6 a 2) em 1 hora e 31 minutos.

Na rodada 2, enfrentou o americano Frances Tiafoe, essa já sendo uma disputa muito mais complicada para o multicampeão. Em 3 horas e meia, Djokovic venceu por 3 sets a 1, mas com dois deles indo para o tiebreak, em um jogo de extrema dificuldade e intensidade para ambos os tenistas. 

No terceiro round, enfrentou seu primeiro adversário com um ranque mais elevado. Tratava-se do também americano Taylor Fritz, atual número 27 do mundo. Como de costume, com o passar das fases, os jogos vão ficando cada vez mais disputados e desgastantes, e esta foi sem dúvida uma característica do duelo Djokovic x Fritz.

Após 3 horas e 25, com o jogo decidido no tiebreak, o sérvio bateu o americano de apenas 23 anos, por 3 sets a 2. Na quarta rodada, teve em seu caminho o canadense Millos Raonic (14) e venceu com um pouco mais de tranquilidade, por 3 sets a 1 em partida que durou pouco menos de três horas.

Nas quartas de final, Djokovic enfrentou o atual número 6 do mundo, Alexander Sverev, em um dos duelos mais aguardados da rodada. Após 3 horas e 30 minutos de partida, o sérvio levou a melhor por 3 sets a 1, sendo que dois sets foram decididos apenas no tiebreak, e garantiu sua vaga na semifinal contra uma das grandes surpresas do Australian Open.

A semifinal acabou sendo um jogo tranquilo para a lenda Novak Djokovic, mas a grande história desta vez estava do outro lado. Tratava-se do qualifier russo de 27 anos, Aslan Karatsev, que participou de seu primeiro Grand Slam e chegou entre os quatro melhores tenistas do torneio. ‘Djoko’ venceu por 3 sets a 0, e garantiu sua vaga na grande final, mas foi Karatsev quem fez história ao se tornar o primeiro atleta a chegar a uma semifinal em seu primeiro Grand Slam disputado.

Na finalíssima do Aberto da Austrália, o número um do mundo enfrentava o número quatro, em uma partida que prometia muita emoção aos fãs de tênis, porém, não foi exatamente o que foi visto na quadra da Rod Lover Arena, em Melbourne. Com um domínio do começo ao fim por parte de Novak Djokovic contra o polêmico e talentoso russo Daniil Medvedev, o sérvio venceu a partida por 3 sets a 0 e se sagrou campeão do Australian Open 2021.

O melhor tenista do mundo garantiu o 18º troféu de Grand Slam para o seu recorde, sendo o 9º de Aberto da Austrália em sua gloriosa carreira.

Novak Djokovic
Novak Djokovic com o troféu do Australian Open. | Foto: ge.

Naomi Osaka

Já a passagem de Naomi Osaka pelo torneio, iniciou-se no dia 8 de fevereiro, ao enfrentar no Primeiro Round a russa vindo do qualify, Anastasia Pavlyuchenkova. Sem maiores dificuldades, a japonesa venceu por 2 sets a 0 (6 a 1, 6 a 2) e avançou de fase. Na Segunda Rodada, enfrentou a francesa Caroline Garcia, também saindo do qualify, e novamente foi completamente dominante. Nova vitória por 2 sets a 0 (6 a 2, 6 a 3) para Naomi Osaka e classificação garantida no terceiro round. 

Na terceira rodada, duelou com a tunisiana e atual número 27 do ranking, Ons Jabeur, e novamente levou a melhor com muita superioridade à sua adversária, conquistando a vitória por 2 sets a 0 (6 a 3, 6 a 2) e garantindo-se na 4ª Rodada do Australian Open. No round seguinte, Naomi Osaka finalmente encontrou alguma resistência ao enfrentar a número 14 do ranking, a espanhola Garbiñe Muguruza. A estrela japonesa perdeu o primeiro set por 6 a 4, mas recuperou e venceu o 2º, por 6 a 4, e o 3º, por 7 a 5 no tiebreak, carimbando seu passaporte para as quartas de final.

Nas quartas, enfrentou uma das maiores surpresas da categoria feminina deste Aberto da Austrália. Trata-se da taiwanesa Suh-Whei Hsieh, que chegou até esta fase da competição vindo da fase de qualify. Mas como esperado, a número três do mundo levou a melhor e venceu por 2 sets a 0 (6 a 2, 6 a 2).

Já na semifinal, aconteceu aquele que foi provavelmente o grande duelo de toda esta edição do Australian Open: Naomi Osaka vs Serena Williams. De um lado, a maior tenista de todos os tempos, no alto dos seus 39 anos e ranqueada na décima posição. Do outro, a japonesa de apenas 23 anos em busca de seu quarto Grand Slam, e com todas as possibilidades para um dia estar entre as maiores do esporte.

Neste confronto de gerações, quem se saiu melhor foi a juventude. Apesar de ter sido um jogo disputado e recheado de emoções para os fãs do esporte, Naomi Osaka bateu sua ídola por 2 sets a 0 e se garantiu na grande final.

Serena Williams
Osaka e Williams após a partida. | Foto: ausopen.com.

A grande final foi disputada na Rod Lover Arena, e colocou em lados opostos da quadra, a número 3 do mundo, Naomi Osaka, contra a americana e 22ª colocada no ranking, Jennifer Brady. Mas foi em mais uma partida dominante da japonesa que a categoria feminina do Australian Open 2021 teve a sua campeã definida. Com uma vitória por 2 sets a 0 (6 a 4, 6 a 3), Osaka sagrou-se a vencedora do Aberto da Austrália pela segunda vez em sua carreira.

Naomi Osaka
Naomi Osaka após conquistar o Australian Open. | Foto: ge.

Após duas semanas de Australian Open, o primeiro Grand Slam da temporada de 2021 chegou ao fim. Foram grandes duelos, surpresas e emoções, com os principais tenistas do mundo desfilando seus talentos pelas quadras de Melbourne. No final de junho, inicia-se o torneio de Wimbledon, o próximo dos quatro grandes campeonatos do esporte, em uma temporada que promete muito e que está apenas começando.


*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

_______________________________
Por Filipe Saochuk – Fala! PUC

Tags mais acessadas