Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
NEUROMARKETING ALÉM DO MARKETING

NEUROMARKETING ALÉM DO MARKETING

Por Beatriz Duarte

No início desse mês (03, 04/08) aconteceu o Workshop do IBN – Instituto Brasileiro de Neuromarketing, que tem como objetivo aplicar a neurociência no marketing. Surgiu com a oportunidade de reinventar e desmitificar o estudo do comportamento e decisão de compra do consumidor, e hoje é o maior instituto de pesquisa da neurociência aplicada no Brasil. Um projeto que nasceu em 2012 pelo Guilherme Ferris, jovem empreendedor que montou uma incubadora na Universidade São Judas – Mooca, começando as pesquisas desse segmento que hoje atua em várias universidades brasileiras. 

O principal objetivo do IBN é aprofundar no estudo e credibilizar a neurociência aplicada não só na publicidade, mas no cenário econômico e organizacional do Brasil. O curso vai além do marketing, ele aprofunda em métodos utilizados, qual a ética e até onde o cérebro pode ser estudado para gerar dados, quais performances o corpo terá quando aprendermos a disciplinar o cérebro e muito mais. Isso consegue nos ajudar em questão de saúde, por exemplo, ao estudarmos o timbre da voz conseguimos diagnosticar tendências a ter ou não Alzheimer, um estudo desenvolvido pela empresa canadense WinterLight, que afirma taxa de precisão de 82% à 100%.

A Neurocientista da UNIFESP fala um pouco sobre o tem, confira:

Paula Simurro – neurocientista da UNIFESP  – Vídeo por Renato Bete.

Um case de sucesso foi a campanha de conscientização a faixa de pedestre em São Paulo no ano de 2011, feita com o Eye Tracking, tecnologia que permite rastrear o movimento ocular do usuário, mostrou que nos anúncios publicitárias tudo que tem rosto consegue a atenção de quem está visualizando, e por isso, a campanha fez sucesso com resultados importantes usando desse insight. O vídeo da secretária Municipal de Transportes de São Paulo, fez um personagem faixa de pedestre, veja o vídeo:

Para o Pedro Camargo, professor de neurociência do consumidor na FGV e Belas Artes, e também escritor dos primeiros livros sobre o tema e considerado o Pai da neurociência aplicada no Brasil, estudar ser humano e sua biologia é obrigação social, é aprofundar em suas variáveis. Ele estuda e debate que o intestino tem muita influência com nossas tomadas de decisões, não só o intestino mas o funcionamento, o cuidado dele e até mesmo os microorganismos do corpo pode redigir nossa maneira de agir. 

“Não é só uma tendência, é uma obrigação. Hoje não dá mais para a gente entender o ser humano sem entender de biologia” diz ele, defendendo que não conseguimos mais caminhar na educação ensinando cérebros sem conhecer o cérebro, ou até mesmo no direito, que além de leis deveria estudar o ser humano e sua biologia por inteiro. 

Ele também complementa que Neuromarketing é a profissão do futuro e estamos atrasados nisso, temos poucos profissionais no mundo especializados e produzindo pesquisas sobre o tema. “Tem muito futuro e pouca gente trabalhando sério nisso, com pesquisas […] Não tem gente trabalhando neurociência especificamente em ponto de vendas e em preço, por exemplo”. 

Veja abaixo a entrevista completa com o Pedro Camargo:

Pedro Camargo – Professor de neurociencia aplicada na BA e FGV – Vídeo por Renato Bete.

Foram 14 horas de aulas, divididas em 4 blocos intensos de exposição de cases, palestras e exercícios práticos. O projeto está em todo país, passa pelas maiores capitais do Brasil e o valor está entre R$ 460,00 até R$ 860,00. Estudantes recebem o benefício de meia entrada, ou seja, 50% do valor do lote atual. O próximo encontro já tem data oficial aqui em São Paulo, será realizado nos dias 7 e 8 de dezembro!

Guilherme Ferris – Fundador do IBN – Vídeo por Renato Bete.

 

0 Comentários

Tags mais acessadas