Negócios Digitais: descubra tudo o que você precisa saber
Menu & Busca
Negócios Digitais: descubra tudo o que você precisa saber

Negócios Digitais: descubra tudo o que você precisa saber

Home > Notícias > Mercado > Negócios Digitais: descubra tudo o que você precisa saber

O fácil acesso à rede possibilitou a criação de um novo canal de comércio. Os índices atuais apontam que cerca de 63% da população brasileira está conectada aos meios digitais. No entanto, esse dado somado às mudanças no comportamento do consumidor, abriu portas para as diversas oportunidades dos negócios digitais.

A transformação digital não só ajudou a modernizar o que muitas empresas já faziam, mas sim trazer uma variedade de modelos de atividades e empreendimentos. O volume de negócios digitais cresce cada vez mais e a web é o lugar onde todos estão.

Ao longo da matéria você verá o que são negócios digitais, quais são suas características e seus tipos, o que faz um gestor de negócios digitais e o futuro desses negócios. Continue a leitura!

Negócios Digitais
Saiba o que são negócios digitais. | Foto: Reprodução

O que são negócios digitais?

Os negócios digitais fazem uso da tecnologia e da web para se desenvolver e comercializar alguns padrões mais modernos de produtos e serviços. Esta é considerada uma outra era de mercado, revolucionada pela internet, em que os empreendedores e consumidores estão cada vez mais conectados.

No entanto, as funcionalidades surgidas durante essa transformação já se encontram presentes na rotina de várias pessoas. Um exemplo disso é a possibilidade de realizarmos a consulta de cardápios e pedidos em restaurantes online, apenas com um simples toque na tela do celular.

Além disso, algumas das empresas mais rentáveis do planeta (como a Amazon, Facebook, Airbnb, entre outras…) garantem total sucesso operando apenas digitalmente, não possuindo lojas físicas para atender seus clientes.

Características dos negócios digitais

Muitos elementos se mostram como comuns aos negócios digitais. Estes, são inerentes às metodologias aplicadas para o início de um novo empreendimento, aumentar a receita ou na ampliação da atuação de um comércio.

Pensando nisso, separamos as principais características dos negócios digitais:

Atualização permanente é essencial nos negócios digitais

Uma das primeiras etapas a serem cumpridas para obter sucesso no mundo digital é se preparando para esse mercado. Para isso, é necessário conhecer o que acontece em sua área de atuação, pesquisando os concorrentes, público, diferenciais, experiências buscadas pelo consumidor, entre outros.

Vale considerar a evolução das tecnologias e a inconstância do comportamento de consumo, pois o aprendizado é preciso ser renovado constantemente. A atualização de informações passou a ser fundamental. Existem inúmeras maneiras de se atualizar, através de cursos online, blogs, workshops, palestras, etc.

Transformação Digital

Incorporar a transformação digital pode ser muito mais do que apenas implementar novas ferramentas, pode significar o incentivo a uma mudança cultural. Pensando em um mesmo contexto, até mesmo o papel do profissional de Tecnologia da Informação (TI) pode ganhar relevância tática para os resultados.

Competitividade

Com um custo relativamente baixo para operacionalização, o número de novos negócios digitais vem crescendo cada vez mais. Com alta concorrência, o principal desafio é continuar sendo lembrado. Ser escolhido pelo cliente é uma vitória.

No entanto, a quantidade de opções na concorrência pode influenciar a fidelidade dos clientes.

Tecnologias Existentes

Várias ferramentas já foram desenvolvidas a fim de atender todas às demandas online e facilitar as operações. Os mecanismos de comunicação com o usuário (os conhecidos chatbots), as plataformas de pagamento, formulários editáveis para pesquisas de satisfação e os sistemas de controle logístico são alguns exemplos.

Cada uma dessas ferramentas foram projetadas com o objetivo de otimizar os processos e facilitar a interação do usuário – podendo ser encontradas em versões gratuitas. No entanto, essa tecnologia é capaz de gerar valor para o cliente, poupando alguns custos.

Conectividade

A conectividade é uma das palavras chaves para os novos negócios digitais. O sucesso das mídias sociais é a prova disso. As pessoas, além de desejarem estar próximas uma das outras, querem estar também junto às marcas que tanto admiram, manifestando suas opiniões e sendo ouvidas.

Portanto, para conquistar um espaço nas redes sociais é preciso construir um nível de proximidade com o público. Você obtém um reconhecimento muito maior ao fomentar essa interação, sempre respondendo dúvidas e comentários.

Marketing Contínuo é uma das principais características dos negócios digitais

O marketing é responsável por estabelecer uma ligação entre a marca/produto e seu consumidor. O meio digital exige o desenvolvimento da conexão entre marca e audiência, o que incentiva a formação de novos seguidores capazes de defender a empresa.

Esse é considerado um dos principais requisitos para se chegar à autoridade. O marketing atua de forma incessante para tornar a marca cada vez mais relevante ao ponto de ser buscada e encontrada, fidelizando o cliente.

Quais os tipos de negócios digitais?

Algumas das vantagens de dar início aos negócios digitais são o baixo investimento local, know-how compartilhado por profissionais e ferramentas prontas para início imediato. Pensando nisso, confira alguns exemplos e ideias de negócios digitais para que você possa abrir o seu:

E-commerce

E-commerce são as vendas de mercadorias pela web realizadas através de plataformas de lojas virtuais. Esse exemplo se difere das vendas nas redes sociais por possuir uma infraestrutura integrada de remessa e pagamento.

Vendas pelo Facebook

As vendas por essa rede social é uma possibilidade mais simples mas que tem se mostrado grande aliada nos pequenos negócios. O Facebook tem um alto potencial de engajamento e conta com vários recursos de divulgação, acompanhamento e métricas.

Desenvolvimento de aplicativos

Várias startups atuam a partir de seus aplicativos, nos quais têm apresentado uma demanda significativa. Além disso, as empresas já consolidadas estão se tornando mais apresentáveis nos formatos mobiles, o que mostra que as oportunidades para desenvolvedores cresceu ainda mais.

Marketplace

Assim como a loja virtual, o marketplace também concentra a venda de produtos através da internet. No entanto, esta é uma plataforma que costuma receber vários lojistas de um mesmo segmento, em que as buscas são centralizadas por determinados itens em um mesmo site.

O Marketplace é mediado por uma empresa que fica responsável pela administração do site, lucrando com o percentual de cada venda.

Canal do YouTube, uma das formas mais comuns de negócios digitais

A renda vinda dos canais da plataforma YouTube vem dos anunciantes que chegam a partir do momento em que o número de inscritos no perfil cresce. O consumo de conteúdo em vídeo no Brasil foi registrado por volta de 90% entre 2014 e 2017 – o que já mostra o grande potencial que o mercado de vídeos tem.

Infoprodutos

Já os infoprodutos são maneiras de complicar um conhecimento sobre um assunto, transformando essa informação em um produto digital. No entanto, essas opções costumam ser rentáveis e possuem uma alta escalabilidade.

Os cursos online, e-books, webinars, programas de áudio, palestras e templates são exemplos de infoprodutos.

Aulas de língua estrangeira

Nos dias de hoje, muitas pessoas têm procurado cada vez mais aprender uma língua estrangeira. Para quem domina outro idioma, a ideia de dar aulas pela rede é uma ótima alternativa para abrir um negócio digital.

Para isso, é preciso desenvolver alguns planos de aula orientados a diferentes perfis e ter à disposição algumas das plataformas para aulas online – claro, sem contar uma boa conexão de internet. Portanto, a divulgação desse serviço poderá ser feita por blog ou redes sociais.

Assinatura

Nesse modelo o associado pode aderir planos mensais para ter acesso a conteúdos exclusivos e direcionados a áreas de conhecimentos ou infoprodutos. Os jornais, revistas, sites, entrevistas e palestras online são alguns exemplos de assinatura.

Publicidade

Esse é um modelo que possui muitas chances de se tornar rentável ao atingir um bom patamar. Basta servir o público com conteúdos de qualidade e começar a comercialização de artigos da marca e abrir espaço para parcerias.

Produção de Conteúdo

Como parte do tópico acima, um conteúdo de qualidade é um dos recursos mais eficientes para a atração de leads e o caminho certo para uma jornada de compra.

O mercado de produção é bem lucrativo, uma vez que as finalidades podem ser distintas e já existem várias possibilidades, desde textos para mídias sociais e blogs até podcasts e vídeos.

O que faz um gestor de negócios digitais?

Há dois pontos importantes que precisam ser ressaltados em relação aos negócios digitais:

  • O primeiro é que os negócios digitais não servem apenas para fases iniciais da empresa, assim como também não exigem uma total migração de uma organização para os modelos digitais. As empresas que já são bem estruturadas e estabilizadas terão que desenvolver recursos voltados para atender as demandas na internet.
  • O segundo ponto é que o empreendedor não é aquele que está começando um trabalho do zero. No entanto, ser empreendedor está ligado a uma característica muito importante de um empresário, ou até mesmo um gestor já atuante. O fato é que o empreendedorismo está relacionado à postura de criação de soluções e no pensamento e na criatividade de realizar o que ainda não foi feito.

Portanto, caso o empreendedor não tenha as habilidades e características que listamos abaixo, ele certamente poderá desenvolvê-las eventualmente. Por essa razão, a disciplina e o empenho se tornam fundamentais nessas situações.

Veja quais são as habilidades e características que fazem o gestor comandar os seus negócios digitais da melhor maneira possível:

Iniciativa

Uma das habilidades que um profissional mais deseja é sua predisposição para agir. Em ambientes empresariais, como startups, essa habilidade é amplamente incentivada.

Para praticar a iniciativa, são necessários conhecimento prévio, observação de oportunidades e comprometimento com as decisões tomadas. Em outras palavras, além dessa qualidade, há uma série de outras que têm grande impacto no desenvolvimento da criatividade e da autogestão.

Dinamismo

Especialmente nos mercados digitais, a mudança acontece muito rápido. Para acompanhar esta situação, é necessário que os profissionais tenham perfis dinâmicos que se adaptem às novidades.

A vitalidade está relacionada à velocidade com que as soluções são pensadas e as decisões são tomadas. No entanto, o dinamismo está relacionado ao interesse em aprender e curiosidade em aprender sobre coisas novas.

Organização

Saber administrar o tempo e as prioridades é uma qualidade essencial para um gestor. A organização permite a distribuição adequada da energia de trabalho de acordo com a importância de cada tarefa.

O empresário também sabe da necessidade de planejar seu dia de trabalho e o negócio que está administrando. Portanto, a execução adequada de qualquer projeto depende de um plano estruturado, incluindo ações, prazos e metas. A organização é o que garante uma execução impecável.

Perseverança

Em entrevista, Steve Jobs afirmou que a grande diferença entre um empreendedor de sucesso e um empreendedor fracassado é a pura perseverança. Dito isso, é comum falhar no processo de colocar uma ideia em prática.

Portanto, use os erros como parte do processo de aprender a tentar novamente. Por isso, a perseverança é uma característica de todas as pessoas que são bem-sucedidas em projetos.

Liderança

Nesse caso, ser líder não tem nada a ver com hierarquia. A liderança deve ser um atributo que permita que alguém se comunique com clareza e lidere uma equipe em direção a um objetivo comum.

Os empreendedores têm a responsabilidade de colocar em prática a liderança que inspira ideias e novas soluções. Ele é alguém que combina conhecimento técnico e operacional com excelentes habilidades de gestão. Estar diante de uma equipe de alto desempenho não é uma tarefa fácil, mas deve ser uma meta diária.

O futuro dos negócios digitais

O processo da transformação digital não para e a propensão dos empreendimentos é sempre inovar. Pensando nisso, a tecnologia sempre remodelará os processos comerciais e industriais, além das formas de participação da cadeia de negócio através dos clientes.

Atualmente, a burocracia está passando por um processo de simplificação, a assinatura digital já dispensa as assinaturas dos documentos em papel. Esse é um ponto positivo, permitindo o ganho da agilidade e velocidade no fluxo de trabalho.

Na mesma época, não havia um conceito para definir um escritório digital, que oferecesse mobilidade e economia para as empresas de todos os portes.

No entanto, o digital representa as mudanças e oportunidades de reinventar novos modelos, o que proporciona cada vez mais benefícios em todas as áreas. O ecossistema da tecnologia não interrompe a evolução dos negócios digitais. As corporações precisam estar inseridas nisso para sobreviver ao futuro.

A web mudou a forma de nos comunicarmos. Não só isso, mas a forma como estudamos, trabalhamos e até como consumimos. Adaptar-se ao digital é uma questão de sobrevivência, pois o digital é revolução.

A forma de fazer e pensar em novos negócios também foi impactada por essa transformação digital junto com a inovação contínua nas empresas, o que tornou um objetivo tão almejado quanto às próprias vendas.

Devido a esses motivos, os negócios digitais são um novo mercado volátil e em expansão ininterrupta. Por fim, seguir no caminho da hiperconectividade não é uma opção, mas sim uma questão de decidir como e por onde começar.

Gostou do conteúdo? Acesse o site do Max Inicius e não perca mais nenhuma novidade sobre os negócios digitais!

_____________________________________________________
Por Ananda Miranda – Fala Cásper!

Tags mais acessadas