Movimento ecológico discute o orçamento repassado ao Meio Ambiente
Menu & Busca
Movimento ecológico discute o orçamento repassado ao Meio Ambiente

Movimento ecológico discute o orçamento repassado ao Meio Ambiente

home > Notícias > Cultura > Movimento ecológico discute o orçamento repassado ao Meio Ambiente

O Fórum Verde Permanente de Parques, Praças e Áreas Verdes tem como missão a preservação, recuperação, proteção, ampliação e uso sustentável das áreas verdes públicas da cidade de São Paulo.

No dia 11 de novembro, aconteceu no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo, a audiência pública para discussão do orçamento que será repassado às Secretarias do Verde e do Meio Ambiente no ano de 2020.

Com a participação de Movimentos Coletivos e populares, a audiência teve início às 10h30 e término às 13h. Com vários representantes no evento, o Movimento Fórum Verde Permanente apresentou sua proposta de 1,5% do orçamento para o meio ambiente.

movimento ecológico
Audiência pública na Câmara Municipal contou com a presença de integrantes do Fórum Verde Permanente. | Foto: Niara Viana.

Fórum Verde Permanente de Parques, Praças e Áreas Verdes

O Fórum Verde Permanente de Parques, Praças e Áreas Verdes, movimento formado por usuários de parques, praças, áreas verdes, membros de Conselhos Gestores de Parques (CG) e de Conselhos Municipais de Meio Ambiente da Cidade de São Paulo (CADES), bem como de ativistas em defesa do meio ambiente, nasceu em maio de 2019, no seminário realizado na Semana do Verde, na Câmara dos Vereadores de São Paulo.

O objetivo do Movimento é enfrentar a onda de concessões de parques à iniciativa privada, que não visa os interesses dos usuários nem da cidade; o desmonte da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente; o desmatamento e criação de loteamentos clandestinos em áreas protegidas e de mananciais e o sucateamento da infraestrutura existente nos parques e praças.

Atuando de forma colaborativa e horizontal, o Fórum Verde Permanente se propõe a somar esforços no enfrentamento das causas coletivas e individuais, construindo uma agenda de atuação conjunta na interlocução com o poder público e, se necessário, com a iniciativa privada.

A audiência

Na audiência, os representantes do Movimento destacaram a importância de uma recomposição do orçamento do setor, para o mínimo de 1,5% e de atenção imediata das autoridades municipais às áreas dedicadas à qualidade de vida e lazer da população de São Paulo.

Rogério Falco, membro do Fórum Verde Permanente desde sua criação, salientou a necessidade da luta pelos espaços públicos.

fórum verde
Rogério Falco, membro do Fórum Verde Permanente. | Foto: Niara Viana.

Nós sabemos que hoje em dia, a maior parte da população de São Paulo não tem poder financeiro para bancar um clube particular, ou para bancar uma viagem todo final de semana. Mas infelizmente, quando as pessoas têm um tempo livre, elas procuram sair da cidade, visto que aqui elas não encontram lugares adequados para descansar, desestressar. Assim, o Fórum é Permanente justamente pelo fato de estar sempre pensando, oxigenando as questões dos parques e áreas verdes. Essa é a nossa missão.

Explica Falco.

0 Comentários

Tags mais acessadas