LinkedIn: Rede social fica forá do ar ao redor do mundo; Confira
Menu & Busca
LinkedIn: Rede social fica forá do ar ao redor do mundo; Confira

LinkedIn: Rede social fica forá do ar ao redor do mundo; Confira

Home > Notícias > LinkedIn: Rede social fica forá do ar ao redor do mundo; Confira

O LinkedIn está, temporariamente, fora do ar. O erro foi relatado na tarde de hoje, terça-feira (23), em diversos países. No Brasil, usuários começaram a relatar a falha a partir das 16h (horário de Brasília).

Rede social apresentou erros durante a tarde de hoje.
Rede social apresentou erros durante a tarde de hoje. | Foto: Reprodução.

A rede social de contatos profissionais, pertencente a Microsoft, não se pronunciou, até então, sobre a queda de seu sistema.

LinkedIn está fora do ar para usuários de todo o mundo

Na tarde de hoje, terça-feira (23), o LinkedIn, uma rede social voltada para contatos profissionais, saiu do ar. O erro foi relatado em outras redes sociais, como o Twitter, e no site DownDetector.

No DownDetector, as reclamações começaram por volta de 15h50, com um pico de 1.200 reclamações. No País, o site relata que o problema na rede social foi notado por volta das 16h.

Reclamações sobre o Linkedin cresceram no DownDetector.
Reclamações sobre o LinkedIn cresceram no DownDetector. | Foto: Reprodução/DownDetector.

Segundo usuários, o LinkedIn apresenta um erro em sua versão para desktop e no aplicativo para aparelhos móveis (Android e iOS). Ao entrar na rede social, a mensagem de erro aparece em ambas as versões. No app, ele indica que a pessoa recarregue o feed.

Outros usuários também relataram que ao entrar no aplicativo em seus celulares, ele fecha automaticamente ou apresenta a opção de relatar erro.

Repercussão

Usuários do LinkedIn compartilharam sua experiência em outras redes sociais. Muitos divulgaram que a rede estava com erro no Twitter e dividiram seus problemas.

Até a finalização desta matéria, o LinkedIn não havia retornado. O aplicativo permanece com erro em todas as suas versões.

________________________________________________

Por Luiza Nascimento – Redação Fala!

Tags mais acessadas