Liga das Nações da UEFA: Prévia da Fase Final da competição
Menu & Busca
Liga das Nações da UEFA: Prévia da Fase Final da competição

Liga das Nações da UEFA: Prévia da Fase Final da competição

Home > Notícias > Esporte > Liga das Nações da UEFA: Prévia da Fase Final da competição

O torneio está na sua segunda edição e os últimos jogos serão disputados na Itália

Itália, Espanha, Bélgica e França: as quatro seleções classificadas para a Fase Final da Liga das Nações da UEFA
Itália, Espanha, Bélgica e França: as quatro seleções classificadas para a Fase Final da Liga das Nações da UEFA. Foto: UEFA.com.

Após seis partidas iniciais, Bélgica, Espanha, França e Itália acabaram como líderes de seus grupos e se classificaram para a Fase Final da Liga das Nações da UEFA. A primeira edição da competição foi realizada em 2019, vencida por Portugal em cima da Holanda pelo placar de 1×0. Os italianos irão jogar em casa contra a Espanha, em San Siro, na cidade de Milão, enquanto Bélgica e França farão um clássico em Turim, no Juventus Stadium. A grande decisão está marcada para o dia 10 de outubro no San Siro.

Saiba tudo sobre os times classificados para a Fase Final da Liga das Nações da UEFA

Bélgica

O atacante Romelu Lukaku, artilheiro da Liga das Nações da UEFA.
O atacante Romelu Lukaku, artilheiro da Liga das Nações da UEFA. | Foto: Reprodução/Bleacher Report.

Em busca do seu primeiro título desde do ouro olímpico, nas Olimpíadas da Antuérpia em 1920, a Bélgica chega forte para conquistar a Liga das Nações da UEFA. O atacante Romelu Lukaku, grande destaque dessa seleção, é o artilheiro da competição, com cinco gols marcados em seis partidas. A equipe vem com o seu time completo, incluindo nomes como Thibaut Courtois, Kevin De Bruyne, Yannick Carrasco e Youri Tielemans, comandados pelo treinador Roberto Martínez. O principal desfalque na convocação foi a ausência do atacante Dries Mertens, que possui mais de 100 jogos com a camisa dos Diables Rouges.

Fique de olho nos jovens Alexis Saelemaekers (Milan) e Charles De Ketelaere (Club Brugge), dois entre tantos talentosos jogadores belgas que estão sendo introduzidos à equipe principal, com o objetivo de renovar a seleção olhando para o futuro. O confronto contra a França pela semifinal vai acontecer nesta quinta-feira (7) no Juventus Stadium, em Turim, às 15:45, com transmissão da TNT.

França

Antoine Griezmann, Kylian Mbappé, Karim Benzema e Paul Pogba: os principais jogadores da França.
Antoine Griezmann, Kylian Mbappé, Karim Benzema e Paul Pogba: os principais jogadores da França. | Foto: Divulgação/Getty Images.

Após uma campanha abaixo das expectativas na Eurocopa, a França busca se recuperar e voltar ao topo, vencendo a Liga das Nações da UEFA. A convocação de Didier Deschamps trouxe algumas novidades, como a presença dos meio-campistas Jordan Veretout, Matteo Guendouzi e Aurélien Tchouaméni e do ponta Moussa Diaby. Ficaram de fora o centroavante Olivier Giroud, o segundo maior artilheiro da história da seleção com 46 gols, o volante N’Golo Kanté e o ponta Kingsley Coman. Destaque também para os zagueiros Jules Koundé e Dayot Upamecano, ambos de 22 anos de idade, que prometem liderar o futuro da defesa da França por muitos anos.

O histórico do confronto contra a Bélgica é favorável aos adversários, com 30 vitórias dos belgas, 19 empates e 25 vitórias dos franceses em 74 partidas.

Espanha

Em processo de reformulação, a Espanha aparece como surpresa na disputa da Fase Final da Liga das Nações da UEFA.
Em processo de reformulação, a Espanha aparece como surpresa na disputa da Fase Final da Liga das Nações da UEFA. | Foto: Reprodução/Ruetir.

Luís Enrique e sua comissão técnica ainda buscam o time ideal para a Espanha, que vive um processo de reformulação em sua seleção. Aliando experiência com juventude, os espanhóis chegam na Fase Final da Liga das Nações liderados pelo zagueiro César Azpilicueta e o volante Sergio Busquets. Outros atletas que se destacam são o zagueiro Pau Torres, o volante Rodri e o jovem Ferran Torres, que compõem o elenco da La Roja. Nesta convocação, as principais novidades são o lateral-direito Pedro Porro, o ponta Yeremi Pino e o meia Gavi, esse último de apenas 17 anos e que subiu para equipe principal do Barcelona na atual temporada.

O duelo contra a Itália será nesta quarta-feira (6) no San Siro, em Milão, às 15:45, válido pela semifinal, também com a transmissão da TNT.

Itália

Jogadores da Itália comemorando um gol juntos.
Jogadores da Itália comemorando um gol juntos. | Foto: Reprodução/Ruetir.

Recém campeã da Eurocopa, a Itália voltou ao seu histórico patamar de ser uma das melhores seleções do mundo. Agora, Roberto Mancini e seus comandantes têm o papel de manter o sarrafo lá em cima e conquistar a Liga das Nações da UEFA. A atual convocação manteve a mesma base do elenco campeão europeu com poucas mudanças. A principal delas foi a presença do lateral-esquerdo Federico Dimarco, jogador da Internazionale, que pode fazer a sua estreia na equipe principal italiana, depois de jogar por todas as categorias de base, do sub-15 ao sub-21.

Na história, a disputa entre Itália e Espanha é bastante equilibrada, com 11 vitórias para cada lado e 16 empates. Um fator que favorece os italianos é que a sua seleção nunca perdeu uma partida sequer disputada no San Siro, palco do duelo contra os espanhóis pela semifinal.

*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala! Universidades. Se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

___________________________________________________

Por Victor Fardin – Fala! PUC-SP

Tags mais acessadas