'La Casa de Papel': 7 erros de continuidade despercebidos na Parte 4
Menu & Busca
‘La Casa de Papel’: 7 erros de continuidade despercebidos na Parte 4

‘La Casa de Papel’: 7 erros de continuidade despercebidos na Parte 4

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘La Casa de Papel’: 7 erros de continuidade despercebidos na Parte 4

A quarta temporada de La Casa de Papel estreou na Netflix nesta sexta-feira (3) e já deixou muitos fãs no aguardo da próxima parte. No entanto, alguns erros de continuidade também foram notados.

Apesar da trama cativante do início ao fim, certos erros foram cometidos no decorrer da história. Mas são compreensíveis, uma vez que o enredo traz mínimos detalhes em cada uma das cenas.

Pensando nisso, separamos as principais falhas desta temporada, sendo algumas despercebidas pelos espectadores.

Ver a imagem de origem
La Casa de Papel 4. | Foto: Reprodução.

Veja 7 erros de continuidade da Parte 4 de La Casa de Papel

7° Copo de Palermo

Nos diversos flashbacks feitos pela Parte 4 da série, nota-se um erro muito comum de continuidade de cena em produções.

Dentre esses retornos, uma das cenas mostra o copo de Palermo (Rodrigo De la Serna), quando ele está virado em direção ao bar, com pouca bebida. Em seguida, quando o assaltante vai conversar com o Professor, seu copo aparece cheio de bebida.

6° O sumiço do copo de Berlim

No mesmo ambiente em que ocorreu a falha do copo de Palermo, há outro erro. Enquanto Berlim (Pedro Alonso) conversava com o Professor no bar, estava com um copo. Entretanto, quando a câmera sai desse foco e depois retorna, não há mais nenhum copo.

Sobre essas duas situações com copos, um canal no YouTube mostra ambas as cenas apontadas. Para os curiosos, basta acessar o link.

5º Conversa entre Helsinki e Palermo

No último episódio da quarta temporada, intitulado “Pano Paris”, Palermo e Hensiki (Darko Peric) conversam após este quase matar Gandía (José Manuel Poga), uma vez que ele havia matado sua grande amiga Nairóbi.

Nessa situação, Palermo está falando com Helsinki, mas sua boca, por outro lado, não está se mexendo na cena em questão.

4° Unhas de Tóquio

Se o espectador tiver o famoso olho de águia, certamente perceberá esta falha. Já no início desta nova temporada, a personagem Tóquio (interpretada por Úrsula Corberó) aparece com as unhas pintadas.

Não que a assaltante não pudesse deixar suas unhas pintadas de preto, mas o tempo nunca foi um grande aliado dos atracadores. Além disso, com toda a movimentação e o manuseio de armas de fogo, seria muito difícil manter as mãos com o esmalte intacto.

3° Olho de Palermo

Na Parte 3, o olho de Palermo foi furado por um dos reféns, o chefe de segurança do Banco da Espanha, Gandía.

Entretanto, nesta nova parte, o atracador não parece estar com um olho furado. Ao redor dele, por outro lado, há pontos vermelhos, que se assemelham ao sangue, e um superficial arroxeado na face.

Nesse sentido, Palermo parece mais estar com catapora do que um olho furado. Além de que seu roxo é mais despercebido do que se tivesse levado um soco no rosto.

erros de continuidade da parte 4 de la casa de papel
Palermo com o olho furado na Parte 4 de La Casa de Papel. | Foto: Reprodução.

2º Roupa de Raquel Murillo/Lisboa

Quando Raquel Murillo/Lisboa (Itziar Ituño) sai da tenda da polícia e está a caminho de confessar seus crimes, e os do grupo de assaltantes, ao juiz, ela aparece vestindo uma roupa diferente da que estava.

Assim, Raquel se apresenta com uma roupa novinha em folha e seu cabelo parece estar até arrumado. Dessa forma, contrapondo todo seu sofrimento passado nos dias anteriores.

1° Nome de Denver

O erro mais notório de todos foi com o nome verdadeiro de Denver (Jaime Lorente). Na segunda temporada, o assaltante revela à Monica que seu nome verídico é Ricardo Ramos.

No entanto, Julia, parte do grupo que se disfarça de refém, chama Denver de Daniel. Mas qual será o nome verdadeiro do personagem? Isso é uma pergunta que terá que ser respondida pelos produtores da série ou pela própria Netflix.

Confira o trecho em que Denver revela à Monica seu nome verdadeiro, na Casa da Moeda da Espanha:

Além desses erros de continuidade, pudemos notar a imortalidade de Gandía também, o qual não se abalou com nenhuma das diversas balas disparadas pelo grupo, depois de ter matado Nairóbi.

Para mais detalhes e curiosidades subliminares, resta esperar o retorno dos assaltantes na quinta temporada de La Casa de Papel, que deve estrear somente em 2022.

_____________________________________
Por Isabela Cagliari – Redação Fala!

Tags mais acessadas