Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Khan Academy ajuda professores a usarem recursos das novas diretrizes

Khan Academy ajuda professores a usarem recursos das novas diretrizes


Desafios e prêmios estimulam educadores a se adaptarem a nova Base Nacional Comum Curricular, obrigatória a partir de janeiro de 2020.

Há quatro meses da implementação obrigatória da Base Nacional Comum Curricular em escolas públicas e privadas de todo o país, a Khan Academy – organização sem fins lucrativos e parceira da Fundação Lemann – lança em setembro o programa BNCC na Khan para auxiliar professores a estarem alinhados às novas normas. A iniciativa tem o objetivo de fazer com que a plataforma online de ensino seja uma aliada na execução das diretrizes em salas de aula brasileiras.  

Conhecida por fornecer educação gratuita por meio da tecnologia, a Khan trabalha com um painel de aprendizagem personalizado que capacita os alunos a estudarem no seu próprio ritmo. Com mais de 3,5 milhões de usuários no Brasil, a plataforma também está presente em 53 Secretarias Municipais de Educação de todo o território nacional.

Ao longo do programa, professores e secretarias de educação contarão com desafios de participação. Os que tiverem melhor desempenho serão premiados com vales presente, que vão de R$200 a R$1.500, sob a condição de usar os cartões em recursos para escola, como livros para a biblioteca.

Para participar do BNCC na Khan, deve-se preencher um formulário por meio do link https://khanacademy.typeform.com/to/po8oow

Alfabetização digital e autonomia 

Duas das competências propostas pela BNCC estão relacionadas à autonomia de alunos e alfabetização digital, habilidades que podem ser desenvolvidas com eficiência por meio da plataforma da Khan. O apoio aos professores nesse sentido, deve ser orientado para aspectos como o de encontrar e usar os novos recursos, sobre como planejar as aulas, no que diz respeito a criação de planos de aula alinhados às propostas com base nos conteúdos da plataforma, entre outras coisas.

A discussão sobre todo esse processo de implementação vai ser bastante evidenciada pela Khan, com o intuito de reunir a comunidade de professores para entender e enfrentar os desafios comuns. As criadoras de conteúdo da Khan Academy no Brasil, além da  especialista em educação Simone André, darão dicas aos professores sobre como tornar suas aulas cada vez mais eficazes sob à luz da BNCC, pensando o planejamento e realização das aulas, o processo de avaliação dos alunos e a reflexão sobre a prática de ensino. 

Plataforma sai na frente

Desde janeiro deste ano, a Khan já disponibilizou uma versão alinhada às novas normas:

Fomos um dos primeiros recursos do país a estar nos atuais padrões nacionais. Por isso os professores podem encontrar conteúdos em Matemática e Ciências usando os códigos da BNCC, para desenvolver o domínio dos alunos nas habilidades e competências propostas.

Afirma Carina Rodrigues, gerente de programas educacionais da Khan no Brasil.

Todavia, as novas diretrizes aplicadas pela plataforma têm em vista, além de desenvolver os alunos, engajar os professores de ensino fundamental 1 e 2 para seu próprio crescimento. Para Carina, é importante que esse recurso desenvolva o lado profissional dos educadores de maneira consistente e gradativa, ela reforça: “Manter o hábito de usar a Khan para planejar e ministrar aulas contribui para a evolução técnica dos docentes.

0 Comentários

Tags mais acessadas