Menu & Busca
Joe Bennett, artista da Marvel, apoiou agressão de Augusto Nunes

Joe Bennett, artista da Marvel, apoiou agressão de Augusto Nunes


A briga ao vivo que ocorreu ontem (07), entre Augusto Nunes, jornalista da Jovem Pan e Glenn Greenwald, editor do The Intercept, impactou também no universo geek. O quadrinista da Marvel, Joe Bennett, desenhista da saga “The Immortal Hulk“, fez um post em seu Facebook apoiando a agressão de Augusto a Glenn, mas logo em seguida apagou a publicação após repercussão negativa.

MARVEL ACABA DE TRANSFORMAR UM DOS VINGADORES EM ASSASSINO

Augusto Nunes, seu caboclo f#d#!! Esse tapa foi meu também! Devia ter dado era um soco!!”

escreveu o quadrinista em sua rede social
 joe bennett marvel
Joe Bennett, artista da Marvel

AUGUSTO NUNES TROCA TAPAS COM GLENN GREENWALD NA JOVEM PAN

Confira o comentário de Joe Benett, da Marvel, apoiando Augusto Nunes

Após o post, diversos fãs da Marvel criticaram o artista por apoiar a violência física, além de perguntarem a Marvel se manteriam em seu time esse tipo de profissional.

Post de Joe Bennett no Facebook

JENNIFER ANISTON, SCORSESE, MEL GIBSON CONTRA A MARVEL. POR QUÊ?

Joe Bennett se desculpa com Glenn Greenwald

Após a repercussão negativa, Joe Bennett excluiu seu post e publicou uma nota de desculpas ao jornalista Glenn Greenwald.

Ao Glenn, David e filhos,

Infelizmente, algumas vezes, no calor do momento, o ser humano diz coisas das quais se arrepende e com as quais, fundamentalmente, não concorda. Comemorar a agressão de qualquer pessoa, ainda mais um excelente pai e um bom marido, não é motivo de qualquer orgulho ou vibração.

Como artista, vivendo essencialmente da cultura e da arte, jamais concordei ou incentivei qualquer forma de violência contra qualquer pessoa. Levado pelo calor do momento, por conta de questões partidárias, fiz comentários dos quais me arrependo e não representam, de forma alguma, minha pessoa e minhas atitudes.

Nenhuma visão política deve justificar ações violentas ou desumanas. Nenhum posicionamento político justifica desumanidade. Nenhum exercício de pleno, justo e regular trabalho deveria gerar perseguição, inimizade ou violência.

A democracia só caminha se houver tolerância e respeito. Minha manifestação fugiu dessas regras e, por isso, peço sinceras desculpas. Prometo refletir ainda mais sobre meu ato e sobre as consequências dele, assim como, fico aberto ao diálogo, como forma de aprendizado mútuo e tolerância

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas