Incêndios em Bairros de São Paulo têm sido recorrentes desde abril
Menu & Busca
Incêndios em Bairros de São Paulo têm sido recorrentes desde abril

Incêndios em Bairros de São Paulo têm sido recorrentes desde abril

Home > Notícias > Incêndios em Bairros de São Paulo têm sido recorrentes desde abril

Em abril, o ponto de reciclagem no portal do oeste em Osasco, administrado por Margarida Lopes, ficou em ruínas após incêndio. No dia 26, no Parque imperial Barueri, os bombeiros foram acionados pelos vizinhos que viram uma residência com muita fumaça, até um extintor do morador da casa à frente foi usado para controlar o incêndio antes dos bombeiros chegarem. Já no dia 30 de abril, às 14h, foi registrado outro incêndio, próximo ao posto de gasolina, no ponto final do ônibus Baronesa, na avenida João Ventura dos Santos.

Esses casos recorrentes acabaram chamando a atenção da população.

Incêndios recorrentes em bairros de SP

Os três bairros dos incêndios ocorridos em abril são próximos. A incidência tem chamado atenção já que os locais são de trabalho e estão ao lado de residências.

Com o rápido acionamento dos bombeiros, nenhum dos incidentes fez vítimas, apenas prejudicou os locais.

Acredita-se que durante a pandemia não teve inspeção dos órgãos competentes, e agora, por se tratar de locais de serviço, com a abertura pós Covid-19 os ocorridos têm preocupado a população.

Prejuízos

O ponto de reciclagem que pegou fogo em abril passou por uma ampliação em 2017 e coletava 2 mil toneladas por dia de lixo reciclável.

Coordenado por Margarida Lopes, a cooperativa tinha um trabalho fundamental para o bairro e para a cidade de Osasco na despoluição.

Incêndio em cooperativa de reciclagem deixa prejuízo, incêndio em ponto de reciclagem
Incêndio em cooperativa de reciclagem deixa prejuízo. | Foto: Lídia Lemos.

O objetivo da organização era diminuir os danos causados à natureza por produtos recicláveis, no intuito de dar utilidade aos materiais descartados pela população de forma correta. Hoje em ruínas devido ao incêndio que está sendo investigado, segundo fonte, os populares aguardam o retorno das atividades.

__________________________________

Por Lidia Mara de Lemos Madureira – Fala! Universidade Cruzeiro do Sul

Tags mais acessadas