Hipertensão: veja o que pode causar a doença
Menu & Busca
Hipertensão: veja o que pode causar a doença

Hipertensão: veja o que pode causar a doença

Home > Lifestyle > Saúde > Hipertensão: veja o que pode causar a doença

A hipertensão, conhecida popularmente como “pressão alta”, é uma doença que atinge cerca de 1/3 da população adulta e tem relação com os níveis tensionais do sangue durante a circulação. Artérias estreitas aumentam a necessidade de o coração bombear com mais força para fazer o sangue circular. Assim, a doença dilata o coração e danifica as artérias.

Este tipo de alteração é considerada um das mais comuns na população e, geralmente, acontece devido a uma alimentação desequilibrada e falta de exercícios físicos, embora possa acontecer também pela presença de outros problemas de saúde, como doenças renais ou alterações cardíacas.

Atualmente, definimos a hipertensão arterial de dois modos, de acordo com suas causas: hipertensão essencial (ou primária) e hipertensão secundária. A essencial, também chamada de primária, é aquela que surge sem causa esclarecida, enquanto a secundária é aquela que ocorre por causa de uma doença identificável, como insuficiência renal, apneia do sono, hipotireoidismo.

hipertensão
Veja o que pode causar a doença e possíveis tratamentos. | Foto: Reprodução.

Sintomas

A pressão alta é uma doença silenciosa que, na maioria dos casos, não causa qualquer tipo de sintoma. Por esse motivo, é muito comum que se tenha hipertensão por vários anos antes de surgir qualquer tipo de sintoma. Ainda assim, quando acontecem picos em que a pressão arterial sobe de repente, podem surgir sintomas de pressão alta, como:

  • Enjoo e tonturas;
  • Dor de cabeça;
  • Sonolência;
  • Zumbido no ouvido;
  • Alterações da visão;
  • Dificuldade para respirar;
  • Dores no peito;
  • Franqueza.

Sempre que surge algum destes sintomas é importante marcar uma consulta com um clínico geral para avaliar a possibilidade de ter hipertensão, iniciando o tratamento adequado. Além disso, existem algumas medidas que podem ser feitas durante um pico de hipertensão e que ajudam a regular a pressão arterial, como tentar relaxar ou tomar o remédio para pressão receitado pelo médico.

O que causa hipertensão

A hipertensão surge sempre que existe alguma alteração que cause dificuldade para o sangue circular nos vasos sanguíneos, aumentando a pressão que o coração precisa fazer para que o sangue circule corretamente. No entanto, dependendo do tipo da doença, existem causas diferentes:

Hipertensão primária

A hipertensão primária é a causa da pressão alta em 95% dos pacientes. Sim, praticamente todos os casos de pressão alta são causados pelo que definimos como essencial. Ela é aquela que surge ao longo do tempo, sem estar relacionada com qualquer problema de saúde ou uso de algum tipo de substância ou medicamento e, por isso, a causa é mais difícil de identificar.

Este é o tipo mais comum de hipertensão e, normalmente, está relacionada com fatores como:

  • Genética: algumas pessoas e famílias apresentam maior tendência para apresentar pressão arterial alta;
  • Má alimentação: uma alimentação pouco saudável, como elevada ingestão de sal, açúcar e frituras pode causar alterações que aumentam a pressão arterial;
  • Falta de atividade física: o exercício físico é importante para manter o bom funcionamento do coração e para regular a pressão arterial.

Além disso, a idade também pode causar aumento da pressão arterial devido à diminuição da elasticidade dos vasos sanguíneos. É por esse motivo que também é mais comum em idosos.

Hipertensão secundária

Ao contrário da hipertensão essencial, onde há fatores de risco identificados, mas não há uma causa claramente estabelecida, a hipertensão secundária é, por definição, aquela que tem uma causa bem definida. O paciente tem uma doença que leva à hipertensão. São várias as doenças que podem causar o tipo secundário, mas todas juntas representam apenas 5% do total de casos de hipertensão. Isto é importante frisar: 95% dos casos são primários.

A hipertensão secundária é mais rara, mas geralmente apresenta causas mais fáceis de identificar como:

  • Doença renal;
  • Problemas cardíacos;
  • Alterações da tireoide;
  • Uso de alguns medicamentos;
  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas;
  • Doenças hormonais.

Tratamento e prevenção

Pessoas com níveis de pressão muito elevados (acima de 160/100 mmHg) fazem o controle com medicamentos. No entanto, a mudança de estilo de vida é fundamental e inclui:

  • Consumo moderado de sal;
  • Dieta rica em frutas, cereais integrais e vegetais;
  • Consumo reduzido de álcool;
  • Redução de peso;
  • Atividades físicas regulares;
  • Abandonar o cigarro.

__________________________
Por Sabrina Ferreira – Fala! Centro Universitário Brasileiro de Pernambuco – Recife

Tags mais acessadas