Menu & Busca
Halloween: Descubra a história por trás dos Doces ou Travessuras

Halloween: Descubra a história por trás dos Doces ou Travessuras


As origens do Halloween remontam ao antigo festival celta de Samhain. Os celtas, que viveram há 2.000 anos, principalmente na região que hoje é a Irlanda, o Reino Unido e o norte da França, comemoraram seu novo ano em 1º de novembro. Mas como o dia 31 de Outubro se tornou o Halloween?

Halloween: Descubra a história por trás do Dia das Bruxas
Halloween: Descubra a história por trás do Dia das Bruxas

As origens do Halloween

Com o dia 1º de novembro sendo o início de um novo ciclo, o dia 31 de Outubro marcava o fim do verão, a colheita e o começo do inverno escuro e frio, uma época do ano que costumava ser associada à morte humana.

Os celtas acreditavam que, na noite anterior ao ano novo, a fronteira entre os mundos dos vivos e dos mortos se enfraquecia e os celtas acreditavam que os fantasmas dos mortos retornavam à terra. Por isso na noite de 31 de outubro, eles comemoraram o Samhain: faziam uma grande festa, um ritual para se proteger dos fantasmas e espíritos que estariam vagando pela Terra.

Halloween
Colheita Halloween

FANTASIAS DE HALLOWEEN BOMBANDO NO PINTEREST PARA ARRASAR NAS FESTAS

Como funcionava o Samhain?

Para comemorar o evento, os celtas construíram enormes fogueiras sagradas, onde as pessoas se reuniam para queimar colheitas e animais como sacrifício às divindades de seu povo.

Durante a celebração, os celtas usavam roupas, geralmente constituídas por cabeças e peles de animais quando deixavam suas casas depois do anoitecer, para que os fantasmas as confundissem com outros espíritos, costume que posteriormente se transformariam nas fantasias de Halloween.

Celtas são dominados por Roma

Por volta de 43 d.C., o Império Romano havia conquistado a maioria do território celta. Nos 400 anos em que governaram as terras celtas, dois festivais de origem romana foram combinados com a tradicional celebração celta do Samhain.

O primeiro era a ‘Feralia’, evento que acontecia no dia 31 de outubro, quando os romanos tradicionalmente comemoravam a morte dos mortos e o segundo, que tinha como objetivo homenagear Pomona, a deusa romana dos frutos e das árvores, simbolizando vida.

O símbolo de Pomona é a maçã, e a incorporação dessa celebração no Samhain provavelmente explica a tradição de sacudir maçãs que é praticada hoje no Halloween.

HALLOWEEN: CONFIRA AS FANTASIAS MAIS PESQUISADAS NO GOOGLE

Dia de Todos os Santos

Em 13 de maio de 609 DC, o Papa Bonifácio IV dedicou o Panteão de Roma em homenagem a todos os mártires cristãos, e a festa católica do Dia de Todos os Mártires foi estabelecida na igreja ocidental. Mais tarde, o papa Gregório III expandiu o festival para incluir todos os santos e todos os mártires e transferiu a celebração de 13 de maio para 1 de novembro.

No século 9, a influência do cristianismo se espalhou pelas terras celtas, onde gradualmente se misturou e suplantou os ritos celtas mais antigos. Em 1000 d.C., a igreja fez o dia 2 de novembro, o dia dos mortos, para homenagear aqueles que já se foram.

Mais tarde, com a religião cristã, o dia 31 de Outubro ficou conhecido como Véspera de Todos os Santos – um dia antes do Dia de Todos os Santos, em 1º de novembro.

Hoje em dia, acredita-se amplamente que a igreja estava tentando substituir o festival celta dos mortos por um feriado relacionado a igreja.

DICAS PARA CURTIR O HALLOWEEN

Como Halloween chegou na América?

É na América que o Halloween realmente decolou. Os imigrantes irlandeses nos Estados Unidos aumentaram a popularidade do Halloween durante o século XIX, que antes disso era sancionado devido a prevalência da religião católica.

Doces ou Travessuras?

Doces ou Travessuras?

Tomando emprestado das tradições europeias, os americanos começaram a vestir-se em trajes e ir de casa em casa pedindo comida ou dinheiro, uma prática que acabou se tornando a tradição de “doce ou travessura” de hoje.

A tradição americana de doces ou travessuras do Dia das Bruxas pode remeter também aos primeiros desfiles do Dia de Finados na Inglaterra. Durante as festividades, os cidadãos pobres imploravam por comida e as famílias lhes davam doces chamados “bolos de alma” em troca da promessa de orar pelos parentes mortos da família.

Durante o século 20, tornou-se cada vez mais popular, com tradições como escultura em abóbora e doces ou travessuras, tornando-se parte de programas de TV, livros e filmes. Hoje, os americanos gastam cerca de US $ 6 bilhões anualmente no Halloween, tornando-se o segundo maior feriado comercial do país depois do Natal

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas