Eurocopa 2020: Os duelos das quartas de final da competição
Menu & Busca
Eurocopa 2020: Os duelos das quartas de final da competição

Eurocopa 2020: Os duelos das quartas de final da competição

Home > Notícias > Esporte > Eurocopa 2020: Os duelos das quartas de final da competição

Confira uma prévia das partidas entre as oito seleções restantes na Eurocopa 2020

Eurocopa
Euro 2020 chega à fase de quartas de final com surpresas. | Foto: UOL.

Nesta sexta-feira (2), inicia-se a fase de quartas de final da Eurocopa 2020 para as oito seleções restantes na competição. Com favoritas ficando pelo caminho e surpresas chegando às fases mais agudas do torneio, os próximos dois dias prometem ainda mais emoção nos gramados de alguns dos grandes palcos do futebol europeu e mundial.

Eurocopa 2020: quartas de final

Suíça x Espanha (Sexta-feira, 13h) – umas das partidas mais esperadas da Eurocopa

De um lado, a equipe que conseguiu o resultado mais improvável das oitavas; do outro, uma tradicional seleção que começou a competição sendo muito questionada por seu desempenho ofensivo, mas que anotou 10 gols nas últimas duas últimas partidas que disputou. 

Nas oitavas de final, a Suíça tinha em seu caminho a atual campeã do mundo e apontada por muitos como a principal favorita para levar a Euro: a França. A seleção suíça se classificou na terceira posição do Grupo A e chegava para o duelo como franco-atirador diante da poderosa seleção francesa. Seferovic abriu o placar em Bucareste e, no início do segundo tempo, Rodriguez desperdiçou um pênalti que abriria 2 a 0 para a Suíça.

Quatro minutos depois, o placar estava 2 a 1 para a França, com dois gols de Karim Benzema. Na sequência, Paul Pogba acertou um belíssimo chute de fora da área, e parecia ter liquidado as chances da seleção suíça. Porém, Seferovic de cabeça e Gavranovic chutando no canto direito de Lloris, empataram o emocionante duelo, que após 30 minutos zerados na prorrogação, levaram a decisão para os pênaltis. Todos acertaram, até que a estrela francesa, Kylian Mbappé, perdeu o último pênalti e classificou a Suíça em uma partida e em um resultado histórico.

Em outro jogo que sobrou emoção, a Espanha enfrentou a Croácia, na capital dinamarquesa, Copenhague. Os croatas abriram o placar após falha bizarra do goleiro Unai Simón, que deixou a bola passar em um recuo e marcou um gol contra. Depois disso, os ‘Rojos’ cresceram no duelo e viraram para 3 a 1, com gols de Sarabia, Azpillicueta e Ferrán Torres. A classificação espanhola parecia garantida, até que Orsic diminuiu e Pasalic empatou aos 47 minutos da segunda etapa.

Na prorrogação, o momento que parecia ser da Croácia novamente virou de lado, após Álvaro Morata colocar a Espanha à frente e o jovem Oyarzabal selar a vitória por 5 a 3 da equipe de Luis Enrique. Suíça e Espanha se enfrentam em São Petesburgo, na Rússia, ambas sonhando com uma classificação para a semifinal da Euro, a qual parecia um sonho distante para as duas seleções no início da competição.

Suíça e Espanha
Suíça e Espanha se enfrentam nas quartas de final da Eurocopa 2020. | Foto: Ganhador.

Bélgica x Itália (Sexta-feira, 16h)

Bélgica e Itália disputarão na Football Arena Munich, em Munique, o duelo mais aguardado de todos os quatro jogos desta fase do mata-mata da Eurocopa. Duas seleções que jogam um futebol bonito, recheadas de bons jogadores e que são candidatíssimas ao título, porém, uma delas ficará pelo caminho, enquanto a outra estará um passo à frente da glória.

Após vencer os três jogos que disputou no Grupo B, a Bélgica enfrentou a seleção portuguesa em Sevilla, em uma das principais partidas das oitavas de final. No Estádio de La Cartuja, a bola balançou as redes apenas uma vez ao longo da partida, e saiu dos pés do jogador do Borussia Dortmund Thorgan Hazard, que acertou um belo chute da entrada da área de Portugal. O gol solitário do meio campista cravou a eliminação dos atuais campeões e classificou a seleção belga para as semifinais da competição.

A Itália também sobrou na fase de grupos, e venceu todos os seus jogos no Grupo A. Nas oitavas, a seleção italiana enfrentou o segundo colocado do Grupo C: a Áustria. Em um jogo muito disputado, o 0 a 0 se estendeu ao longo dos 90 minutos da etapa regulamentar, e só foi quebrado na prorrogação com Chiesa e Pessina pelo lado Azzurra. Kalajdzic ainda descontou para os austríacos, mas não foi suficiente e a classificação da Itália para as quartas estava garantida.

Em um jogo de duas favoritas, quem se sobressairá? Bélgica ou Itália? Hoje, a partir das 16 horas, esta pergunta passará a ter sua resposta escrita no gramado do estádio do Bayern de Munique.

Euro 2020
Itália e Bélgica se enfrentam nesta sexta-feira. | Foto: Sportbuzz.

República Tcheca x Dinamarca (Sábado, 13h)

Em um duelo de quartas de final que poucos poderiam prever, República Tcheca e Dinamarca se enfrentam na capital azeri Baku, disputando uma vaga na semifinal da Eurocopa 2020. A seleção dinamarquesa se classificou na bacia das almas para a fase de mata-mata, após vencer apenas um jogo na fase de grupos, e enfrentou a seleção de País de Gales nas oitavas de final.

Sem tomar conhecimento da seleção de Gareth Bale e Daniel James, a Dinamarca atropelou os galeses em terras holandesas. Na Johan Crujiff Arena, em Amsterdã, os dinamarqueses venceram por 4 a 0, com tentos anotados por Dolberg (2), Braithwhite e Mæhle. A República Tcheca do artilheiro Patrik Schick se classificou apenas na terceira posição do Grupo D, e enfrentou nas oitavas de final uma das candidatas ao título: a Holanda.

O jogo estava disputado e zerado na Puskás Aréna em Budapeste, até que Matthijs De Ligt levou um cartão vermelho aos 10 minutos da segunda etapa. 13 minutos depois, Tomas Holes abriu o placar para os tchecos e, aos 35, a estrela da equipe Patrik Schick também guardou o dele e selou a classificação da República Tcheca para as quartas de final da Euro. Em um jogo improvável para essa altura da competição, será Dinamarca ou República Tcheca que seguirá sonhando com uma conquista histórica?

Eurocopa 2020
República Tcheca e Dinamarca se enfrentam nas quartas da Euro 2020. | Foto: Bolavip.

Ucrânia x Inglaterra (Sábado, 16h)

Neste sábado, 16h, o Estádio Olímpico de Roma recebe a partida entre Ucrânia e Inglaterra, pelo último jogo das quartas de final da Euro. De um lado, a geração inglesa mais talentosa dos últimos tempos; do outro, uma seleção ucraniana guerreira, comandada pelo maior jogador da história do país, e que já escreve seu legado também como treinador.

A Inglaterra passou em primeiro no Grupo D, mas com uma seleção tão rejuvenescida e talentosa, teve seu desempenho questionado por muitos torcedores, chegando a sair de campo vaiada após o empate em 0 a 0 com a Escócia em Wembley. O chaveamento colocou Inglaterra e Alemanha novamente frente a frente em um mata-mata, mas, dessa vez, foram os ingleses que levaram a melhor. 

Em uma partida muito disputada, foi Raheem Sterling que novamente tirou o grito de gol do torcedor inglês nessa Euro, aos 30 minutos do segundo tempo. Aos 41 minutos, Harry Kane definiu o resultado com um cabeceio certeiro após cruzamento de Jack Grealish. Espantando o fantasma das oitavas de final de Euro, a Inglaterra estava finalmente de volta às quartas.

A Ucrânia de Andriy Shevchenko fez uma grande eliminatória para a Euro e se classificou em primeiro de seu grupo, à frente de Portugal. Na fase de grupos, classificou-se apenas na terceira posição do Grupo C, atrás de Holanda e Áustria, e tinha em seu caminho a seleção sueca. A Suécia foi a líder do Grupo E e chegava como favorita para o confronto nas oitavas. Porém, quem saiu à frente foram os ucranianos, com um belo chute de Zinchenko, após boa trama de ataque. No final do primeiro tempo, a estrela sueca Emil Forsberg empatou em um arremate de fora da área.

O empate permaneceu e o jogo foi para a prorrogação. Nela, ambos os times demonstravam muito cansaço e os pênaltis pareciam inevitáveis, até que, nos acréscimos da segunda etapa, Zinchenko cruzou e Artem Dovbyk cabeceou para o fundo das redes de Olsen, para a explosão de jogadores e torcedores ucranianos presentes no Hampden Park. A Ucrânia de Shevchenko estava classificada para as quartas de final da Euro 2020, sendo este o melhor resultado da história do país na competição.

O favoritismo e o talento inglês irão se provar em campo e a Inglaterra seguirá viva em busca de sua primeira Eurocopa, ou os comandados de Shevchenko irão fazer história mais uma vez? Sábado, às 16h, começará a surgir uma resposta no Olímpico de Roma.

quartas de final Eurocopa
Ucrânia e Inglaterra se enfrentam pelas quartas de final da Eurocopa 2020. | Foto: Bolavip.

*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

________________________________
Por Filipe Saochuk – Fala! PUC-SP

Tags mais acessadas