O crescimento e o protagonismo da Atalanta no futebol europeu
Menu & Busca
O crescimento e o protagonismo da Atalanta no futebol europeu

O crescimento e o protagonismo da Atalanta no futebol europeu

Home > Notícias > Esporte > O crescimento e o protagonismo da Atalanta no futebol europeu

Na temporada 2015–2016 do futebol europeu, vimos a história acontecer diante dos nossos olhos. O pequeno Leicester City, clube de uma pequena cidade inglesa de 330 mil habitantes, conquistou a Premier League de forma impressionante com apenas 3 derrotas.

Um elenco aparentemente comum, sem nenhuma grande estrela, mas com um time muito dedicado e comandado pelo experiente técnico italiano Claudio Ranieri, que encontrou o seu lugar na equipe inglesa após passagens frustantes em potências como Chelsea, Juventus e Internazionale, chegou a maior glória do futebol inglês, revelando grandes nomes para o futebol mundial como N’Golo Kanté, Riyad Mahrez e Jamie Vardy.

No norte da Itália, na pacata cidade de Bérgamo, uma história semelhante vem se construindo. No dia 14 de junho de 2016, a Atalanta anunciou o treinador Gian Piero Gasperini após uma campanha mediana na liga italiana, terminando na 13ª colocação.

Na época com 58 anos, o veterano técnico não havia conseguido nenhum grande trabalho em sua carreira, apenas uma boa recente passagem pelo Genoa, também da Itália. Ele chegou para tentar subir o patamar da equipe, que figurava no 2º ou 3º escalão do futebol italiano.

Atalanta
Equipe da Atalanta comemorando um gol em partida válida pela Liga dos Campeões nesta temporada. | Foto: Reprodução.

Na temporada 2016–2017, a Atalanta começou a se destacar na liga italiana, alcançando o 4º lugar e se classificando a fase de grupos da Liga Europa, segunda maior competição européia. O artilheiro da equipe foi Alejandro “Papu” Goméz, meia argentino que marcou 16 gols e distribuiu 10 assistências, liderando o clube nessa campanha.

Mesmo com a saída do zagueiro Mattia Caldara durante as competições, os comandantes de Gasperini conseguiram assegurar a boa campanha na liga, além de chegar às oitavas de final da Copa da Itália, eliminados apenas pela futura campeã Juventus. Outros jogadores que merecem destaque são o jovem ala Andrea Conti, o costa-marfinense Frank Kessié e o zagueiro brasileiro Rafael Tolói.

Atalanta
A Atalanta tem tido grande destaque no futebol europeu. | Foto: Reprodução.

No ano seguinte, a equipe de Bérgamo fez mais uma boa campanha. Após as saídas de Conti e Kessié para o Milan, Gasperini fez uma grande reformulação no elenco, trazendo ótimos jogadores que permanecem no clube até hoje, como o esloveno Josip Iličić, o alemão Robin Gosens e a volta do volante holandês De Roon, vindo da Inglaterra.

Atalanta no futebol europeu

No Campeonato Italiano, a Atalanta alcançou a 7ª colocação, se classificando novamente a Liga Europa. Na copa, mais um ótimo resultado: chegou até as semifinais, eliminada novamente pela gigante Juventus. Apenas na Liga Europa a equipe ficou um pouco a desejar, pois foi eliminada no 1º mata-mata. Nessa temporada os destaques foram o artilheiro Iličić, com 15 gols, e o jovem volante italiano Bryan Cristante, emprestado pelo Benfica de Portugal.

Em 2018–2019, a Atalanta teve a melhor temporada da sua história. Terminou na incrível 3ª colocação no Campeonato Italiano, tendo o melhor ataque da competição com 77 gols. O artilheiro da equipe foi o reforço colombiano Duván Zapata com a impressionante marca de 23 gols na liga italiana, dois a mais que o craque mundial Cristiano Ronaldo na sua estreia pela Juventus.

Além disso, o time de Gasperini chegou a tão sonhada final da Copa da Itália, porém foi derrotado pela Lazio em pleno Estádio Olímpico de Roma por 2×0. Também se destacaram novamente o atacante Iličić e o meia Papu Goméz, formando um grande trio de ataque que impressionou a Itália e classificou a Atalanta para a Liga dos Campeões pela 1ª vez na sua história.

futebol europeu
Atalanta. | Foto: Reprodução.

Hoje, às 14h30 no horário de Brasília, a Atalanta recebe o Napoli tentando garantir a sua vaga na próxima Liga dos Campões da Europa. Apesar da precoce eliminação na Copa da Itália para a Fiorentina, o sonho do título europeu ainda está vivo.

O clube de Bérgamo avançou em 2º lugar no seu grupo, atrás apenas do poderoso Manchester City, da Inglaterra, eliminou o Valencia da Espanha nas oitavas de final e está classificado para as quartas de final nesse mata-mata diferente criado por conta da pandemia da Covid-19.

Nesta edição, as quartas, as semi-finais e a grande final serão disputadas em partidas únicas, todas sediadas na cidade de Lisboa, em Portugal. Ou seja, a equipe italiana está a apenas 3 vitórias de conquistar o maior torneio de clubes da Europa. Diante de todo o progresso e o projeto bem-sucedido construído pela Atalanta fica a esperança da equipe repetir a façanha do Leicester City na temporada 2015–2016 e provar, mais uma vez, que há, fora dos grandes centros, um grande futebol.


* Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

_____________________________
Por Victor Fardin – Fala! PUC

Tags mais acessadas