Estudante: você sabe quais alimentos consumir para melhorar a memória?
Menu & Busca
Estudante: você sabe quais alimentos consumir para melhorar a memória?

Estudante: você sabe quais alimentos consumir para melhorar a memória?

Home > Lifestyle > Estudante: você sabe quais alimentos consumir para melhorar a memória?

Neste final de semestre, nada melhor do que potencializar os seus estudos por meio da alimentação. Com pequenas dicas é possível diversificar o cardápio e ainda aprender os benefícios de vários alimentos ao nosso organismo. Confira!

Estudante: você sabe quais alimentos consumir para melhorar a memória?
Estudante: você sabe quais alimentos consumir para melhorar a memória?

Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, descobriram que a cafeína melhora consideravelmente a memória. O estudo, publicado no periódico Nature Neuroscience, mostrou que a substância fortaleceu alguns tipos de memória por até 24 horas após seu consumo. Então, consumir bebidas como o café é uma boa opção. Claro, sem exagerar!

Estudante: você sabe quais alimentos consumir para melhorar a memória?
O café contém cafeína, uma excelente substância para a memória

Comer chocolate, de preferência os mais amargos, é muito bom para o sistema nervoso. O cacau, um de seus ingredientes, tem efeito antioxidante e auxilia na circulação sanguínea. Além disso, um de seus componentes, os flavonoides, melhoram as atividades cognitivas: atenção, memória e até mesmo raciocínio.

Estudante: você sabe quais alimentos consumir para melhorar a memória?
O cacau é um alimento excelente para a memória e outras funções cognitivas

E, se você quer mesmo turbinar os seus estudos, não deixe de consumir suco de uva. Aqueles integrais e sem adição de açúcar são os mais saudáveis.

Estudante: você sabe quais alimentos consumir para melhorar a memória?
Os polifenóis presentes no suco de uva são importantes para as funções do cérebro

Os polifenóis presentes na bebida da fruta cessam danos ligados ao excesso de radicais livres. Também promovem um aumento da proteína que estimula novas conexões entre os neurônios e contribuem para a renovação dessas células.

Referências: Frontiers in Nutrition; periódico Nature Neuroscience.

Tags mais acessadas