Disney prioriza plataforma de streaming em reorganização da firma
Menu & Busca
Disney prioriza plataforma de streaming em reorganização da firma

Disney prioriza plataforma de streaming em reorganização da firma

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Disney prioriza plataforma de streaming em reorganização da firma

A Disney foca em uma reorganização de seu pacote de filmes e séries e dará prioridade à sua plataforma de streaming, Disney +, devido ao período de crise sanitária

Disney+
Disney dará prioridade ao seu serviço de streaming para futuros lançamentos. | Foto: Reprodução.

Enquanto o mundo do cinema sofre com a crise sanitária do coronavírus e adia todos os seus grandes lançamentos, a Disney se reorganiza para colocar todos seus esforços em sua plataforma de streaming.

A firma acaba de preceder uma reorganização de suas atividades classificadas como “mídia” e as reúne em um único grupo denominado “Distribuição de mídia e entretenimento”. É também essa nova filial que vai estabelecer a agenda de lançamentos, tendo o streaming como prioridade.

A Disney conta com uma base de mais 100 milhões de assinantes no mundo em seus diferentes serviços, que consistem na plataforma Hulu, ESPN+ e o Disney +, que soma 60 milhões sozinha.

Uma vez que a pandemia continua a alastrar boa parte do mundo e diversas salas de cinema fecharam as suas portas indefinidamente, a empresa lançará certas produções no serviço de streaming – como fez com o live-action de Mulan, que chegou em setembro na plataforma. O próximo lançamento será o filme da Pixar, Soul, no dia 25 de dezembro.

O lançamento exclusivo do filme no Disney + chocou donos de cinema na Europa. De acordo com o site Screen Rant, em um comunicado da União Internacional de Cinemas (UNIC), os proprietários de cinemas destacaram o descontentamento.

“A decisão sobre Soul é duplamente frustrante para os operadores que contavam com o lançamento depois que o filme foi exibido em uma série de festivais de cinema europeus importantes”, diz um trecho do comunicado, que afirma que as salas de cinemas oferecem um retorno seguro ao público.

Por enquanto, não é possível dizer que a empresa de entretenimento vai privilegiar sua plataforma para todas os grandes lançamentos; tanto que filmes de orçamentos altos, como os do Universo Cinematográfico Marvel, continuam sendo adiados.

_____________________________________________
Por Domitilla Mariotti – Redação Fala!

Tags mais acessadas