Diferenças entre o inglês britânico e o americano
Menu & Busca
Diferenças entre o inglês britânico e o americano

Diferenças entre o inglês britânico e o americano

Home > Cultura Inglesa > Diferenças entre o inglês britânico e o americano

Em um mundo globalizado, o inglês tem um papel essencial na comunicação. Seja para viagens, negócios, ingresso em uma universidade ou melhora no currículo, ter um bom domínio do idioma abre oportunidades únicas.

Neste contexto, tanto para os que já estudam a língua mais a fundo ou para quem deseja ter um primeiro contato, conhecer um pouco mais sobre as diferenças entre o inglês americano e o britânico é importante para uma compreensão mais ampla da língua. Confira abaixo  algumas das principais variações entre estas populares vertentes do inglês!

aprender inglês fácil
Confira as principais diferenças entre o inglês britânico e o americano. | Foto: Reprodução.

Na Escrita

Em relação à gramática e ortografia, pode-se destacar, por exemplo, a presença (ou não) da letra “u” nas palavras. Na forma americana, palavras como “color”, “neighborhood” e “flavor” não têm “o” em suas terminações. Já na escrita britânica, a vogal é incorporada e essas mesmas palavras são encontradas como “colour”, “neighbourhood” e “flavour”, sem alteração de significado. Há uma tendência no inglês americano da grafia das palavras se assemelharem à maneira de pronúncia, com isso, algumas letras acabaram sendo removidas.

Outro caso, também conectado à terminações, ocorre em palavras terminadas em -tre no inglês britânico. Centre e theatre, por exemplo, são escritas como center e theater na maneira americana.

No Vocabulário

Além da diferença gramatical entre termos, muitas vezes as palavras trabalhadas no inglês americano diferem das normalmente usadas pelos britânicos. Alguns exemplos comuns (UK para a forma britânica e US para a americana) são:

  • Batata Frita: chips (UK) e french fries (US)
  • Elevador: lift (UK) e elevator (US)
  • Borracha: rubber (UK) e eraser (US)
  • Futebol: football (UK) e soccer (US)
  • Outono: autumn (UK) e fall (US)
  • Armário: wardrobe (UK) e closet (US)
  • Correio: post (UK) e mail (US)

Na Pronúncia

Por fim, as maneiras de pronunciar alguns termos também têm suas peculiaridades, e são a partir delas que identificamos os diferentes sotaques e compreendemos melhor, especialmente, como falar o inglês britânico. Uma das mais significativas está na pronúncia da letra ”r”: no inglês americano, o /r/ é pronunciado normalmente seja qual for sua posição na palavra. Já no inglês britânico, seu som é percebido apenas quando o /r/ inicia a palavra, como em red e ride, ou antes de uma vogal, como em bedroom, stream, dentre outros. Nos outros casos, sua pronúncia não é marcante e aproxima-se de um som de “ah” ou “oh” – como por exemplo em learn, star, born, storm, over, e outros.

Um ponto também de destaque está na pronúncia do “t”: entre duas vogais, como em writer, essa consoante adquire som de “d” na pronúncia americana. Já na britânica, o /t/ é pronunciado sem essa alteração.

Independente das diferenças, uma semelhança é certa: ambos irão lhe proporcionar oportunidades ao redor de todo o mundo. Utilizar o revés do período em quarentena para compreender mais sobre esse universo, até mesmo em conjunto com os recursos online oferecidos pela Cultura Inglesa, pode trazer grandes benefícios a longo prazo para você e seu futuro.

_________________________
Por Isadora Noronha Pereira – Fala! Cásper

Tags mais acessadas