Coronavírus: Shoppings alteram horário de funcionamento
Menu & Busca
Coronavírus: Shoppings alteram horário de funcionamento

Coronavírus: Shoppings alteram horário de funcionamento

Home > Notícias > Mercado > Coronavírus: Shoppings alteram horário de funcionamento

A partir desta quarta-feira (18), os shoppings começam a funcionar em horários diferentes por conta do coronavírus.

Na capital paulista, os ambientes resolveram diminuir o horário de funcionamento. Alguns dos shoppings que adotaram essas medidas foram o JK Iguatemi, o Iguatemi São Paulo, o Ibirapuera e o Cidade Jardim.

Sendo assim, a fim de minimizar a disseminação do covid-19, os dois shoppings da rede Iguatemi, por exemplo, funcionarão das 12h às 20h, de segunda a sábado, e, aos domingos, das 14h às 20h para as lojas e das 12h às 20h para os restaurantes.

De acordo com o comunicado divulgado pela administradora, “Essa é uma medida responsável de cuidado e respeito com o próximo”. Ademais, informam que estão seguindo orientações das próprias autoridades da Saúde.

Ainda não se sabe até quando, exatamente, seguirá esses horários de funcionamento, mas espera-se que se estenda até o primeiro dia do mês de abril.

A Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) aconselha que apensas aqueles que estejam localizados próximos de áreas com casos confirmados de coronavírus devem funcionar das 12h às 20h.

Solicitamos que os shoppings localizados em áreas que não tiveram nenhum caso confirmado monitorem a evolução do assunto e compartilhem as informações. Tal medida atende a solicitação dos lojistas e está alinhada com a recomendação do Poder Público para a redução de circulação de pessoas sem, todavia, paralisar totalmente as atividades econômicas, em especial os serviços de utilidade pública em funcionamento, como bancos, farmácias, laboratórios e supermercados, por exemplo.

Comunicado da Abrasce
Coronavírus: Shoppings alteram horário de funcionamento
Coronavírus: Shoppings alteram horário de funcionamento.

Lojas de rua também mudarão horário de funcionamento

A preocupação se estende às ruas. Assim, segundo a Associação Comercial Jardins Itaim, as lojas que não vendem produtos essenciais no dia a dia deverão funcionar das 11h às 17h.

Por outro lado, farmácias e mercados deverão permanecer abertos nos horários normais. O mesmo será proposto aos restaurantes e bares, os quais serão orientados a dispor mesas com distâncias entre 1 e 2 metros.

_________________________________________
Por Isabela Cagliari – Redação Fala!

Tags mais acessadas