Conheça todos os santos das festas juninas e saiba mais sobre eles
Menu & Busca
Conheça todos os santos das festas juninas e saiba mais sobre eles

Conheça todos os santos das festas juninas e saiba mais sobre eles

Home > Entretenimento > Cultura > Conheça todos os santos das festas juninas e saiba mais sobre eles

Junho é o mês de muitas comemorações regadas a comida típica, forró, atrações culturais e, claro, muita fé. Além dos três Santos já conhecidos, em São Luís, no Maranhão, também comemora-se o dia de São Marçal

Todos os anos, no mês de junho, começa aquele velho ritual de tradição. Parece que as pessoas e a cidade são tomadas por um clima festivo, bem parecido com a época do Natal. As lojas ficam cheias, os arraiais se espalham pela cidade e até a programação na televisão fica diferente. Claro que, em épocas de pandemia, os arraiais foram cancelados e ficou apenas aquele sentimento de saudade do São João.

As festas juninas são comemoradas em todo o Brasil, mas é no Nordeste Brasileiro que se encontram as suas raízes. No semiárido e no sertão nordestino, o São João significa também uma época de agradecer pelas bênçãos alcançadas e pedir sempre pela chuva, fator determinante para boas colheitas. Por isso, nessa época, são homenageados três santos da Igreja Católica: Santo Antônio, São João e São Pedro.

Santos homenageados em junho

Santo Antônio

Fernando de Bulhões nasceu em Lisboa em uma data incerta entre 1190 e 1195. Em 1220, migrou para a ordem de São Francisco, por isso, passou a ser chamado de Antônio. Por volta de seus 35 anos, morreu em 13 de junho de 1231, em Pádua, na Itália, sendo canonizado no ano seguinte. Por isso, seu dia é comemorado em 13 de junho.

Santo Antônio é conhecido por ajudar as pessoas a encontrarem objetos perdidos e por ser protetor dos soldados e dos comerciantes varejistas. Entretanto, sua fama maior é a de ser casamenteiro. Existe uma simpatia muito conhecida que diz que, para conseguir um noivo, basta colocar a imagem do Santo de cabeça para baixo em um copo de água. Só o coloca na posição normal quando ele arranjar o pretendente.

Santo Antônio
Santo Antônio. | Foto: Reprodução.

São João

João Batista foi profeta e precursor de Jesus Cristo. Primo de Jesus Cristo, o batizou nas águas do Rio Jordão. Sua data é comemorada no dia do seu nascimento: 24 de junho (normalmente, quando se comemora o dia de um santo, comemora-se a data de sua morte).

Reza a lenda que São João adormeceu no dia do seu aniversário pois, se estivesse acordado, não resistiria aos festejos e desceria à Terra, podendo se queimar na fogueira. Esse é um dos motivos dos fogos de artifício nos arraiais, intuito de acordá-lo.

São João
São João. | Foto: Reprodução.

São Pedro

Ele era um pescador da Galiléia até ser convidado pelo próprio Jesus Cristo a ser seu discípulo. Após a crucificação de Cristo, tornou-se uma liderança da Igreja Católica, sendo considerado o primeiro Papa. São Pedro é considerado o Santo Protetor dos pescadores, das viúvas e reza a lenda que foi nomeado como chaveiro do céu. Ele quem abre as portas do céu e faz chover, por exemplo.

No Maranhão, São Pedro ganha uma atribuição a mais: é Santo Padroeiro dos grupos de Bumba meu Boi. Uma tradição bastante conhecida é que durante o dia todo, desde as primeiras horas do dia 29 de junho, os grupos de Bumba meu Boi se dirigem à Capela de São Pedro, localizada no bairro da Madre de Deus, em São Luís, para pedir proteção e agradecer pela temporada de apresentações e as bênçãos alcançadas. Aos pés da imagem de São Pedro, os grupos dançam e os instrumentos não param, formando um misto de devoção e cultura popular. Essa tradição existe há mais de oitenta anos.

São Pedro
São Pedro. | Foto: Reprodução.

São Marçal

São Marçal é conhecido por estar presente na conhecida história da Bíblia da divisão de 2 pães e 5 peixes enquanto criança. Mais tarde, viria a ser discípulo de São Pedro. No Maranhão, ele é comemorado no dia 30 de junho e considerado também como Santo Padroeiro dos grupos de Bumba meu Boi.

A tradição da cidade é uma maratona: os brincantes vão dia 29 de junho na Capela de São Pedro e, no dia seguinte, vão para a avenida São Marçal também para agradecer e homenagear o Santo. O Encontro dos Batalhões ganha as ruas do bairro do João Paulo todos os anos.

As comemorações em 2020

Devido à pandemia da Covid-19, as homenagens aos Santos têm sido cada uma na sua casa. Grupos de Bumba meu Boi em parcerias com empresas locais, realizaram lives durante o mês de junho. Foi uma forma de manter aquecidos os corações de tantas pessoas que gostam e que dependem dessa linda e colorida festa.

____________________________
Por João Meireles – Fala! UFMA

Tags mais acessadas