Conheça 5 jogadores promissores do Santos para 2021
Menu & Busca
Conheça 5 jogadores promissores do Santos para 2021

Conheça 5 jogadores promissores do Santos para 2021

Home > Notícias > Esporte > Conheça 5 jogadores promissores do Santos para 2021

Impedido de contratar, por conta do Transfer Ban imposto pela Fifa, o Santos Futebol Clube precisa utilizar jovens talentos das categorias de base, além daqueles que já haviam subido no início dos outros anos, para compor o elenco profissional em 2021. Diversos meninos promissores passaram a ser testados pelo técnico Ariel Holan durante os primeiros jogos do Campeonato Paulista de Futebol, assim, tiveram chances de demonstrar seus talentos e diferenciais que pudessem agregar ao elenco principal.

Portanto, siga a matéria e veja quais são as promessas do clube que mais se destacam e que podem ser muito utilizadas durante a nova temporada!

5 jogadores promissores do Santos para 2021

Ângelo Gabriel

melhores jogadores do santos
Ângelo Gabriel. | Foto: Reprodução/Jornal de Brasília.

Tratado como a maior “joia” do time, Ângelo possui apenas 16 anos, sendo o segundo jogador mais novo a atuar pelo time profissional do Santos, atrás apenas de Coutinho, e o mais jovem a disputar a Copa Libertadores da América, ultrapassando Rodrygo, atual jogador do Real Madrid e ex-Santos.

Mesmo com a pouca idade, o garoto coleciona diversas convocações para as seleções de base e passa a ganhar espaço no time titular, em algumas partidas, sob o comando do técnico Ariel Holan. Atuando originalmente pela ponta direita, o canhoto possui muita explosão, velocidade e um grande repertório de dribles, fazendo com que os torcedores comparem seu estilo de jogo ao de grandes ídolos do clube, como ao do próprio Neymar

Kaiky Fernandes

jogadores do santos
Kaiky Fernandes. | Foto: Reprodução/Gazeta Esportiva.

Jogador mais novo da história do clube a marcar um gol pela Libertadores da América, o zagueiro Kaiky, de apenas 17 anos, começa a disputar vaga na zaga titular, ao lado de Luan Peres, após a saída de Lucas Veríssimo. 

Muito elogiado nas categorias de base e convocado, assim como Ângelo, diversas vezes para a seleção brasileira, encheu os olhos de Ariel Holan logo em suas primeiras partidas no time profissional durante o Campeonato Paulista de Futebol. Devido a sua boa saída de bola com passes longos, velocidade e grande participação na construção ofensiva, Kaiky consegue se destacar na posição, mesmo contra outros mais experientes do elenco, tornando-se uma promessa muito importante para o clube, tanto em termos financeiros, quanto dentro das “quatro linhas”. 

Gabriel Pirani 

Gabriel Pirani
Gabriel Pirani. | Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC.

“Extremamente inteligente, dinâmico e diferenciado”, assim Pirani era caracterizado pelo seu ex-técnico, Márcio Zanardi, em entrevista à Gazeta Esportiva no início de 2020. Com 18 anos, Gabriel já demonstra ser muito polivalente, atuando como meia (posição de origem), falso 9 ou até mesmo pelas pontas. Assim, conseguiu tornar-se um dos melhores e mais importantes jogadores do sub-20 e sub-23. 

Além disso, é muito valorizado pelo seu primeiro toque e por sua grande inteligência tática, sempre buscando os espaços livres entre a marcação adversária. Neste estilo, marcou seu primeiro gol como profissional contra o Santo André, durante a estreia do time no Paulistão 2021. 

Sandro Perpétuo 

santos
Sandro Perpétuo. | Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC.

Diferente de outros laterais, Sandro possui uma característica muito especial e peculiar para quem joga na posição. Por ter atuado como volante até o sub-20, no Santos, o garoto de 19 anos, ao invés de atacar por fora, geralmente organiza os espaços por dentro, tornando-se uma peça a mais para a construção das jogadas pelo meio, além de abrir espaço para os pontas se movimentarem pelas alas do campo. 

Outras duas grandes qualidades do lateral direito são: sua boa leitura de jogo, demonstrando-se um jogador extremamente técnico e multifuncional, e sua liderança dentro de campo, visto que sempre se mostrou muito maduro em relação aos seus companheiros de clube, sendo capitão nas categorias de base desde seus 11 anos de idade. 

Kevin Malthus 

Kevin Malthus
Kevin Malthus. | Foto: Twitter/Kevin Malthus.

Tratado como o “herdeiro” de Paulo Henrique Ganso e Giovanni (Messias), o paraense chegou ao clube com 11 anos de idade e, já com 13, assinou seu primeiro contrato com a Nike, após ter sido campeão do Campeonato Paulista nesta categoria, vestindo a camisa 10 e assumindo a braçadeira de capitão.

Kevin, agora com 18 anos, chama muita atenção pelos seus bons passes, lançamentos e recepções de bola. Dominando o meio-campo, o garoto pode exercer funções de primeiro volante, fazendo as saídas de bola, de segundo, distribuindo o jogo e tendo maior liberdade para chegar até a área adversaria, ou até mesmo como um armador, criando as jogadas mais perigosas de ataque, assim, demostrando sua valiosa versatilidade para agregar ao elenco principal. 

_______________________________
Por Matheus Thomeu Toaldo – Fala! Cásper

Tags mais acessadas