Conheça 5 filmes de suspense baseados em fatos reais
Menu & Busca
Conheça 5 filmes de suspense baseados em fatos reais

Conheça 5 filmes de suspense baseados em fatos reais

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Conheça 5 filmes de suspense baseados em fatos reais

O universo cinematográfico do gênero suspense é repleto de mistérios e histórias pra lá de assustadoras. Assistir a um simples casal que se muda para uma casa cheia de espíritos malignos pode não ser motivo suficiente para te deixar acordado durante a noite. Mas não se pode dizer o mesmo quando essas histórias passam a ser baseadas em fatos reais – e você sabe que pode ser o próximo protagonista de alguma delas.

Então anota aí, 5 clássicos do cinema que vão ser responsáveis por tirar seu sono durante a noite, ao te fazer imaginar táticas de escape e várias manobras de luta pela madrugada.

5 filmes de suspense baseado em fatos reais

1. O SILÊNCIO DOS INOCENTES – 1991

O grande vencedor do Big Five do Oscar - melhor filme, diretor, ator, atriz e roteiro - completou 30 anos em 2021 e continua servindo como uma grande referência para o thriller cinematográfico.
O grande vencedor do Big Five do Oscar – melhor filme, diretor, ator, atriz e roteiro – completou 30 anos em 2021 e continua servindo como uma grande referência para o thriller cinematográfico. | Foto: Reprodução.  

O autor de O Silêncio dos Inocentes, Thomas Harris, buscou inspiração para o seu personagem, assassino Buffalo Bil, em Ed Gein – um famoso serial killer dos anos de 1950. Os crimes cometidos por Gein ganharam uma enorme repercussão, porque ele costumava retirar a pele de suas vítimas para confeccionar objetos pessoais. 

Além disso, ele tinha o hábito de comer os órgãos das vítimas e vestia trajes femininos. Na época, em uma busca realizada em sua residência, as autoridades policiais encontraram máscaras e tigelas feitas de pele humana, além de narizes e cabeças decapitadas – qualquer semelhança com Buffalo Bill não é mera coincidência.

Por outro lado, o roteirista baseou-se também em outro serial killer bastante conhecido pelos holofotes: Ted Bundy. Assim como foi retratado no filme, tanto Buffalo Bill quanto Ted Bundy tinham mulheres como suas principais vítimas. No fim dos anos 80, Bundy foi condenado à pena de morte pelo assassinato de 36 mulheres, mas a polícia acredita que esse número possa chegar a mais de 65 vítimas. 

Outros nomes como Gary Heidnik e Edmund Kemper são colocados em cena, uma vez que, assim como o assassino do filme, ambos aprisionavam mulheres em seus porões e haviam assassinado seus próprios avós.  

2. TUBARÃO – 1975

O clássico suspense baseado em fatos reais de Steven Spielberg fez um enorme sucesso no fim da década de 70 e deu origem a uma sequência de 3 filmes. Mas o que nem todo mundo sabe é que Tubarão teve seu final alterado após um ataque na vida real.
O clássico suspense baseado em fatos reais de Steven Spielberg fez um enorme sucesso no fim da década de 70 e deu origem a uma sequência de 3 filmes. Mas o que nem todo mundo sabe é que Tubarão teve seu final alterado após um ataque na vida real. | Foto: Reprodução.

O diretor de Indiana Jones, E.T – o extraterrestre e a Lista de Schindler apostou em mais um filme de sucesso comercial muito bem aclamado pela crítica. Em sua estreia, Tubarão conseguiu obter o maior faturamento da história cinematográfica e, até então, a maior bilheteria de todos os tempos. Baseado no livro homônimo de Peter Benchley, a trama gira em torno da caça de um perigoso tubarão-branco que ameaçava os banhistas nas praias da Nova Inglaterra.

O Capitão Quint (Robert Shaw) teria sido criado a partir da história de Frank Mundus – um pescador responsável por capturar um tubarão-branco em Long Island, no ano de 1964. O pescador chegou a ressaltar algumas semelhanças explícitas da sua história com a do Capitão: ambos utilizavam técnicas similares para a pesca com arpões e dardos. 

Além disso, o que muitos fãs não sabem é que o roteiro original do longa teve seu final alterado após uma sessão de filmagens com um tubarão de verdade na Austrália. O dublê do personagem Matt Hooper (Richard Dreyfuss) vestiu um traje específico para entrar em uma gaiola de mergulho, mas o problema era que ele não possuía qualquer experiência prévia no mar. 

Em um dado momento, um tubarão-branco ficou preso no guincho conectado à gaiola e acabou destruindo a plataforma. Para a dupla sorte de Spielberg, o dublê não se encontrava na gaiola naquele momento e as filmagens obtidas puderam ser utilizadas no filme – felizmente não foi preciso alterar o nome do longa para ​O Mar de Sangue.

3. INVOCAÇÃO DO MAL – 2013 

Estrelado por Patrick Wilson e Vera Farmiga, Invocação do Mal possui 7 longas lançados, incluindo 5 derivados. O filme retrata as experiências reais vividas pelo casal de investigadores de causas sobrenaturais Ed e Lorraine Warren.
Estrelado por Patrick Wilson e Vera Farmiga, Invocação do Mal possui 7 longas lançados, incluindo 5 derivados. O filme retrata as experiências reais vividas pelo casal de investigadores de causas sobrenaturais Ed e Lorraine Warren. | Foto: Reprodução. 

Mudanças são completamente (para) normais, mas até que ponto? Se você passasse a ouvir vozes de fantasmas em sua nova casa, além de ver sua cama levitando e objetos caindo sem motivo, quanto tempo demoraria para que você saísse correndo pela porta da frente? Foi exatamente isso que a família Perron vivenciou ao comprar uma casa antiga em Rhode Island, no ano de 1970.

A verdadeira história de Invocação do Mal é baseada nas aparições violentas de espíritos na casa dos Perron. Inclusive, as cinco filhas do casal Roger e Carolyn escutavam gritos de socorro, portas batendo e tinham seus cabelos e cobertores puxados de maneira abrupta. Ao investigar o passado sombrio da residência, Carolyn descobriu que a casa tinha um histórico de terror, incluindo mortes misteriosas e violentas de oito famílias de uma mesma geração.  

Após diversos ataques e ameaças, a família decidiu pedir ajuda. E foi assim que os investigadores paranormais Ed e Lorraine passaram a ajudá-los a expulsar a presença maligna e sobrenatural através de sessões espíritas e exorcismos. Posteriormente, Andrea Perron, uma das filhas de Roger e Carolyn, publicou três livros sobre essa experiência assustadora e afirmou que a maioria das cenas da trama são verdadeiras, apesar de serem uma versão “mais leve” do que as vivenciadas por ela e sua família. Tornou-se até difícil imaginar como seriam suas noites de sono caso as cenas retratadas fossem cópias fiéis da realidade.

4. ANNABELLE – 2014

O spin-off de Invocação do Mal, filme baseado em fatos reais, conta a história da boneca sobrenatural Annabelle e o decorrer da investigação feita por Ed e Lorraine Warren. Apesar da recepção negativa pela crítica especializada, Annabelle deu origem a outros dois filmes sequenciais e arrecadou um valor de bilheteria 15 vezes maior do que seu custo de produção.
spin-off de Invocação do Mal, filme baseado em fatos reais, conta a história da boneca sobrenatural Annabelle e o decorrer da investigação feita por Ed e Lorraine Warren. Apesar da recepção negativa pela crítica especializada, Annabelle deu origem a outros dois filmes sequenciais e arrecadou um valor de bilheteria 15 vezes maior do que seu custo de produção. | Foto: Reprodução. 

A verdadeira história de Annabelle teve início no ano de 1968 quando a enfermeira Donna, de 28 anos, ganhou a boneca clássica Raggeddy Ann como presente de aniversário. Com algumas diferenças perceptíveis quando comparada à Annabelle das telas do cinema, a boneca Raggedy Ann é feita de pano e possui cabelos de lã vermelha e nariz retangular. Mas apesar de ser menos assustadora do que a do filme, não significa que você queira ou possa estar perto dela.

Tudo começou quando a enfermeira passou a notar acontecimentos estranhos em sua residência após a chegada da boneca: surgiram bilhetes de ajuda espalhados em diversos lugares da casa junto com algumas manchas de sangue. Fora isso, a boneca mudava de posição quando estava sozinha, aparecendo em diferentes cômodos da casa. Para investigar tais fatos misteriosos, uma médium foi contratada por Donna a fim de esclarecer a situação através de sessões espíritas. 

Em uma das reuniões, descobriu-se que, provavelmente, uma jovem chamada Annabelle Higgins teria falecido na propriedade da enfermeira aos sete anos de idade. E quer você acredite ou não, depois que um padre visitante foi chamado para investigar o caso e desconsiderou os poderes da boneca, ele acabou envolvido em um acidente quase fatal quando estava a caminho de casa: os freios do seu veículo falharam em um cruzamento e o carro foi totalmente destruído. 

Foi a partir disso que os investigadores paranormais Ed e Lorraine Warren entraram em cena e chegaram à conclusão de que a boneca estava possuída por uma “presença desumana”. Recentemente, circularam boatos na internet de que Annabelle havia fugido do museu Warren. No entanto, a boneca ainda está localizada no porão da casa de Ed e Lorraine, em Connecticut.  

5. PSICOSE – 1960 

O filme que definiu o gênero do suspense completou 60 anos em 2020 e teve como ponto de partida o livro Psycho, escrito por Robert Bloch no fim da década de 50. Ao tentar justificar as motivações dos assassinatos retratados no longa, Hitchcock apelou para a psicologia e criou uma espécie de complexo de Édipo assustador.
O filme que definiu o gênero do suspense completou 60 anos em 2020 e teve como ponto de partida o livro Psycho, escrito por Robert Bloch no fim da década de 50. Ao tentar justificar as motivações dos assassinatos retratados no longa, Hitchcock apelou para a psicologia e criou uma espécie de complexo de Édipo assustador. | Foto: Reprodução. 

Além de servir como inspiração para O Silêncio dos Inocentes, o serial killer Ed Gein influenciou Robert Bloch, autor do livro Psycho que deu origem ao filme. Através dos jornais da época, o escritor obteve conhecimento sobre um caso assustador no vilarejo de Plainfield. Em 1957, uma comerciante havia desaparecido e o principal suspeito do caso era Ed Gein. Durante as buscas feitas na casa do serial killer, os policiais encontraram tíbias, lábios e crânios, além de bolsas, braceletes, calças e cadeiras feitas de pele humana. Inclusive, na geladeira de sua residência, foram encontrados inúmeros órgãos humanos congelados. 

Ao escrever seu novo projeto, Robert Bloch utilizou alguns detalhes mórbidos do caso de Gein. Em Psycho, a personagem Mary Crane (no filme, chamada de Marion) possui o mesmo nome da primeira vítima do assassino: Mary Hogan, morta em 1955. 

O livro de Bloch foi lançado em 1959 e recebeu ótimas críticas. No ano seguinte, foi transformado em uma das mais grandiosas obras do cinema pelas mãos do diretor mais consagrado no universo do suspense cinematográfico: Alfred Hitchcock. 

Curtiu? Então aproveita para ler essa lista com calma e decidir quais filmes você vai querer assistir antes de dormir!

___________________________________________________

Por Fernanda Cysneiros – Fala! UFPE

Tags mais acessadas