Conforto literário: O que ler na quarentena Conforto literário: O que ler na quarentena
Menu & Busca
Conforto literário: O que ler na quarentena

Conforto literário: O que ler na quarentena

Home > Entretenimento > Cultura > Conforto literário: O que ler na quarentena

Diante da pandemia do coronavírus, é essencial que todas as  pessoas permaneçam em isolamento social.

Talvez esse seja o momento mais oportuno para colocar a leitura em dia. Além da distração, é possível se deliciar com a viagem que a literatura pode oferecer, especialmente nesse momento tão delicado.

Sendo assim, separamos alguns títulos que valem à pena a leitura, e podem ser adquiridos pela internet. 

Livros para ler na quarentena

1 – A Revolução dos Bichos, George Orwell

Publicado há 75 anos, a obra causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura de Stalin. A Revolução dos Bichos é uma fábula de tirania e poder, que expõe  sempre a versão egoísta, autoritária e corrupta que existe nas relações humanas.

Orwell conta a história através de animais – em uma granja – que se tornam representações da perversidade presente na  sociedade, o que os leva a corrosão de seus próprios ideias igualitários. 

Onde encontrar: Livraria Cultura

A Revolução dos Bichos, George Orwell
A Revolução dos Bichos, de George Orwell. | Foto: Reprodução.

2 – O Homem Duplicado, José Saramago

Um dos maiores escritores da Língua Portuguesa, José Saramago narra uma história baseado em uma questão seriamente atual e alarmante: a perda do eu no mundo globalizado.

Através da pacata vida do professor de história, Tertuliano Máximo Afonso, a obra apresenta ao leitor a realidade da perde de identidade, em uma sociedade que incentiva o individualismo e estabelece padrões para existir no coletivo.

Onde encontrar: Livraria Cultura

O Homem Duplicado, José Saramago
O Homem Duplicado, de José Saramago. | Foto: Reprodução.

3 – O Grande Gatsby, F. Scott Fitzgerald

Um clássico da literatura – O Grande Gatsby –  mostra a elite americana e toda sua prosperidade logo após a Primeira Guerra Mundial. A História é narrada por Nick Carraway, que apresenta o personagem que dá nome à obra: Gatsby, um homem rico e misterioso, anfitrião das festas mais exuberantes, onde não poupa luxo ao seus convidados.

Fitzgerald faz uma crítica a sociedade da época, velada pelo falso moralismo e recheada de hipocrisia. 

Onde encontrar: Livraria Saraiva

O Grande Gatsby, de F. Scott Fitzgerald
O Grande Gatsby, de F. Scott Fitzgerald. | Foto: Reprodução.

4 – E Não Sobrou Nenhum, Agatha Christie 

Considerado o melhor romance policial de todos os tempos, Agatha Christie consegue reunir personagens com inúmeras camadas em uma trama de suspense e tensão, que leva o leitor para outra realidade baseada em um complexo emaranhado de situações.

A receita do livro é feita ao juntar, uma ilha misteriosa, um poema infantil e dez soldadinhos de porcelana. A autora responsável por detetives famosos da literatura, como Hercule Poirot e Miss. Marple, cria uma verdadeira obra prima dos romances policias. 

Onde encontrar: Livraria Cultura 

E Não Sobrou Nenhum, Agatha Christie
E Não Sobrou Nenhum, de Agatha Christie. | Foto: Reprodução.

5 – A descoberta do mundo, Clarice Lispector

Clarice, uma das maiores escritoras brasileiras, reúne nessa obra uma coletânea de crônicas, abordando diversos temas, sob a visão do choque de quem está descobrindo o mundo.

A autora leva diversas reflexões, muitas delas atemporais. Lispector questiona a existência, conta fatos do cotidianos, fala de suas relações e divide com o leitor suas angústias. Apresentando uma obra que faz com quem lê, se sentir mais apaixonado e ligado a escritora. 

Onde encontrar: Livraria Cultura

A descoberta do mundo, de Clarice Lispector. | Foto: Reprodução.

Esses são alguns livros de autores fantásticos que presentearam a humanidade com pérolas literárias.

Esperamos que tenham gostado da seleção e que apreciem ainda mais as obras. Em tempos de isolamento, manter a saúde mental e a mente arejada é fundamental, esperamos, então, que a literatura te proveja conforto e distração! 

_____________________________________
Por Marina Ponchio – Fala! Cásper

Tags mais acessadas