Nétifliquis - Como pronunciar o nome de séries como How to Get Away with Murder
Menu & Busca
Nétifliquis – Como pronunciar o nome de séries como How to Get Away with Murder

Nétifliquis – Como pronunciar o nome de séries como How to Get Away with Murder

Home > Colunas > Nétifliquis – Como pronunciar o nome de séries como How to Get Away with Murder

Com o avanço da internet e dos serviços de streaming no Brasil, ficou mais fácil assistir aos seriados americanos antes deles chegarem na TV. Mas como essas séries quase sempre são legendadas, o nome delas permanece no original em inglês – o que pode causar alguns casos interessantes de pronúncia engraçada. Separamos alguns casos clássicos de nomes de séries que fazem o brasileiro suar para pronunciá-las – ou vai dizer que é fácil falar Pretty Little Liars?

How to Get Away with Murder

Essa excelente série só não tem mais audiência porque na hora de recomendar aos amigos ainda tem muita gente com medo de errar na pronúncia; ou falam logo “aquela da Viola Davis”.

13 Reasons Why

Quem nunca falou “Treze Reasons Why”, que atire a primeira pedra.

Suits

Como a série não é sobre quartos de dormir com um banheiro anexo, não tem justificativa continuar falando “Suítes”.

The Big Bang Theory

Até o Big Bang é fácil. Já “theory”, na prática, é muito mais difícil.

Mas com todas as dificuldades, os filmes e as séries americanos ainda são parte importante no aprendizado do Inglês para muita gente. Para entender melhor a contribuição do audiovisual no aprendizado de uma nova língua, conversamos com Marcelo Dalpino, gerente acadêmico da Cultura Inglesa. Se liga:

1) Qual a importância de assistir filmes e séries em inglês? Isso ajuda a aprender?

Assistir filmes e seriados é uma ótima maneira de treinar inglês, isto é, ter exposição genuína ao idioma. É possível entender o contexto, que inclui expressões faciais, que podem facilitar a compreensão. Ao assistir filmes, você pode fixar vocabulário e estruturas da língua.  Pode-se ainda treinar a pronúncia ao perceber o ritmo e entonação das falas. O maior ganho no entanto é perceber que a língua é constituída de uma cultura, que é evidenciada nos filmes. É um exercício linguístico e cultural!

2) Nas aulas de idiomas, os jovens costumam perguntar sobre significados, traduções e adaptações de trechos do cinema. Existe alguma frase que é perguntada com frequência?

Mais do que expressões específicas, nossos alunos trazem para a aula a percepção de que as vezes o que eles ouvem parece diferente das traduções e/ou adaptações propostas, por exemplo, nossos alunos questionam a razão pela qual o filme “Lost in Translation” acabou sendo traduzido como “Encontros e Desencontros”.  Eles ainda fazem comentários em relação às piadas e momentos engraçados em determinados filmes que eles percebem não ser tão engraçados assim ao serem traduzidos para o português. E isso pode realmente acontecer, pois dependendo da maneira como a tradução é concebida, o contexto pode ser privilegiado e as expressões por consequência tendem a atender o público-alvo daquele país.

1 Comentário

Tags mais acessadas