Com campanha sem fundo eleitoral, Vinicius Poit é aposta do NOVO para o Governo de SP
Menu & Busca
Com campanha sem fundo eleitoral, Vinicius Poit é aposta do NOVO para o Governo de SP

Com campanha sem fundo eleitoral, Vinicius Poit é aposta do NOVO para o Governo de SP

Home > Notícias > Política > Com campanha sem fundo eleitoral, Vinicius Poit é aposta do NOVO para o Governo de SP

A pré-candidatura de Poit foi anunciada ainda no ano passado, depois de um processo seletivo do partido, composto por três etapas: avaliação de histórico pessoal e profissional por dirigentes do Novo e uma empresa de consultoria especializada em recrutamento de executivos; apresentação de planejamento de campanha e estratégia de captação de recursos humanos e financeiros; e apresentação técnica, com diagnóstico e soluções, sobre a situação de São Paulo, principais problemas, pilares do plano de governo e panorama político-eleitoral.

Poit é formado em Administração de Empresas e, antes de entrar para a política, teve experiências com reestruturação de empresas, mercado financeiro e gestão. Quando cursou o Ensino Médio, tornou-se sócio na empresa fundada por Wilson Martins Poit, seu pai, a Poit Energia, a qual foi vendida para uma multinacional em 2012. Também trabalhou como consultor de investimentos do Citibank em São Paulo, foi sócio-diretor da Ibira Investimentos e um dos fundadores da Recruta Simples, plataforma de recrutamento online.

Em 2018, foi eleito deputado federal por São Paulo com 207 mil votos, o 12º mais votado entre os 70 que compõem a bancada paulista na Câmara dos Deputados.

vinicius poit, candidato a governador de são paulo
O deputado federal Vinicius Poit é a aposta do Novo para a eleição ao governo de São Paulo.

No exercício do mandato, Poit tem defendido uma agenda liberal, com pautas relativas à desburocratização, redução da carga tributária, modernização das relações de trabalho e privatizações. Ele é a favor, por exemplo, da privatização da Sabesp, companhia responsável pelo saneamento do estado.

“A Sabesp é uma geradora de caixa para manter o mesmo partido no poder durante 30 anos. Se ela tem uma gestão mais eficiente, se ela é uma empresa lucrativa, no mínimo, dá para baixar o custo da água. Isso dá para fazer com a iniciativa privada”, disse em entrevista ao UOL.

O deputado do Novo foi relator do Marco Legal das Startups na Câmara e também foi coordenador da Bancada Federal Paulista no Congresso no ano passado.

MATÉRIA COMPLETA NA GAZETA DO POVO

Tags mais acessadas