sexta-feira, 14 junho, 24
HomeCinema e SériesBrasil no Oscar: 8 vezes que o país foi indicado

Brasil no Oscar: 8 vezes que o país foi indicado

A maior premiação do cinema, o Oscar 2023, acontece no dia 12 de março e, dessa vez, o Brasil não recebeu nenhuma indicação. Para acalmar o coração dos amantes da sétima arte ansiosos e relembrar os feitos do nosso país, confira 8 vezes que o Brasil foi indicado ao Oscar!

Brasil no Oscar 8 vezes que o país foi indicado
Relembre 8 indicações do Brasil no Oscar. | Foto: Montagem

8 vezes em que o Brasil foi indicado ao Oscar

1) Ary Barroso – Rio de Janeiro (Melhor Canção Original)

A primeira vez que o Brasil foi indicado ao Oscar foi em 1945 com a canção Rio de Janeiro, de Ary Barroso. A música foi tema do filme norte-americano Brazil, que fez parte da estratégia de aproximação cultura dos Estados Unidos com países latino-americano.

Apesar da indicação, quem levou a categoria foi a canção Swinging on a Star, de Jimmy Van Heusen, do filme O Bom Pastor.

2) O Pagador de Promessas (Melhor Filme Estrangeiro)

Dirigido por Anselmo Duarte, O Pagador de Promessas foi o primeiro filme brasileiro a ser indicado na categoria de ‘Melhor Filme Estrangeiro’. A produção disputou o Oscar de 1963 e perdeu a premiação para o filme francês Sempre aos Domingos, de Serge Bourguignon.

3) O Quatrilho (Melhor Filme Internacional)

Em 1996, o Brasil teve mais indicação de filme: O Quatrilho, na categoria ‘Melhor Filme Internacional’. Dirigido por Fábio Barreto, o filme tem nomes como Glória Pires, Patrícia Pillar, Bruno Campos e Alexandre Paternost no elenco.

A produção perdeu para o filme holandês A Excêntrica Família de Antonia.

4) O Que é Isso, Companheiro? (Melhor Filme Internacional)

Pouco tempo depois, em 1998, o Brasil voltou a ser indicado na categoria ‘Melhor Filme Internacional’. Dessa vez com o filme O Que é Isso, Companheiro?, estrelado por Selton Mello e Pedro Cardoso. Mais uma vez o Brasil não levou a estatueta e quem levou a categoria foi a Holanda com o filme Caráter.

5) Central do Brasil (Melhor Filme Internacional e Melhor Atriz)

Em 1999, o filme Central do Brasil concorreu nas categorias de ‘Melhor Filme Internacional’ e ‘Melhor Atriz’, com Fernanda Montenegro. A atriz perdeu a estatueta para Gwyneth Paltrow, com o filme Shakespeare Apaixonado. Essa foi a primeira e única vez até hoje que uma atriz brasileira foi indicada a categoria.

6) Uma História de Futebol (Melhor Curta-Metragem)

Em 2001, o Brasil estreou na categoria ‘Melhor Curta-Metragem’ com o curta Uma História de Futebol. O filme de Paulo Machline perdeu a categoria para o curta Quiero Ser, de Florian Gallenberger.

7) Cidade de Deus (Melhor Direção, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Edição e Melhor Fotografia)

No Oscar de 2004, o filme Cidade de Deus disputou nas categorias ‘Melhor Direção’, ‘Melhor Roteiro Adaptado’, ‘Melhor Edição’ e ‘Melhor Fotografia’. A produção dirigida por Fernando Meirelles, no entanto, não levou nenhuma das categorias, principalmente porque nesta edição o filme O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei roubou a cena e levou as 11 categorias nas quais foi indicado.

8) Carlinhos Brown e Sérgio Mendes – Real in Rio (Melhor Canção Original)

No Oscar de 2012, Carlinhos Brown e Sérgio Mendes concorreram na categoria ‘Melhor Canção Original’ com a música que foi tema do filme Rio. A produção perdeu para Man or Muppet, de Bret McKenzie, que foi tema do filme Muppets.

__________________________
Por Giovana Rodrigues – Redação Fala!

ARTIGOS RECOMENDADOS