terça-feira, 23 abril, 24
HomeEntretenimento'As Aventuras de Poliana': Saiba tudo sobre o livro que originou a...

‘As Aventuras de Poliana’: Saiba tudo sobre o livro que originou a série

A emissora Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) tem exibido em seu horário nobre, sob a adaptação de Íris Abravanel, a novela As Aventuras de Poliana. Apesar do caráter infantil que a obra parece apresentar, não se deixe enganar. A obra é uma novela estadunidense criada por Eleanor H. Porter, que deu origem a dois livros de enorme sucesso: Poliana e Poliana Moça nos anos de 1913 e 1915, respectivamente, e que já tiveram, inclusive adaptações para a Tv e para o cinema.

A adaptação do SBT, que também está disponível na Netflix, é um verdadeiro sucesso, principalmente, entre o público infanto-juvenil. Assim, saiba tudo sobre a obra que originou a série televisiva.

As Aventuras de Poliana
As Aventuras de Poliana, série televisiva do SBT. | Foto: Reprodução/ Pinterest

A Saga que deu origem a série As Aventuras de Poliana

Poliana, o primeiro livro da saga

Poliana, primeiro livro da dobradinha, conta a história da pequena Poliana, fruto do amor entre um humilde pastor missionário protestante e Anna, uma moça de família nobre que decide abrir mão do conforto para constituir uma família. Apesar das necessidades materiais vividas pelo casal, a falta de amor nunca esteve ausente na vida da pequena e recente família. Contudo, aos 11 anos, Poliana já está órfã, primeiramente da mãe, e posteriormente do pai, quando é enviada para o solar de Miss Polly, irmã de Anna e tia da pequena garota.

Miss Polly é uma mulher madura, bonita e bastante austera que vive somente da companhia dos empregados em uma casa grande e fria. Sem ter casado e constituído família, Polly atravessa seus dias sob a égide de uma vida, casta e distante do contato com as pessoas e com o mundo exterior.

A notícia da perda da irmã e da orfandade de Poliana após a morte do pai, suscita em Miss Polly o dever de cuidar da criança como uma prova de reconhecimento e respeito a Anna, contudo o afeto não esteve envolvido nessa decisão. Polly, então, manda buscar Poliana para viver no solar em um pequeno e escondido quarto nos altos da casa. O dormitório, que mais parece um sótão, experimenta fortes oscilações climáticas, tornando-se um forno no verão e uma geladeira no inverno, e é neste ambiente que Poliana vivenciará os primeiros meses na casa da severa tia.

A protagonista é uma menina alegre, curiosa e otimista, apesar das privações que vivera com os pais. Com personalidade forte e uma inocência desarmadora, a menina conquista e transforma pouco a pouco a consideração, o afeto e a vida de todos ao seu redor, desde os trabalhadores que atuam na casa da tia, incluindo vizinhos, o padre e o médico da família, até chegar à própria Miss Polly.

Poliana, por meio de um jogo que aprendera com o pai (Jogo do Contente), leva esperança e otimismo a pessoas que já não tinham mais a menor perspectiva de vida, proporcionando-lhes uma outra nova ótica sobre si próprios, sobre a forma de encarar a vida e vive-la. Mesmo um acontecimento grave que acomete a vida da menina, não é capaz de demovê-la da sua força interior, que é fortalecida na forma de amor, amizade e agradecimento de todos aqueles que foram ajudados por ela desde a sua chegada ao solar.  

Poliana Moça, o segundo livro da saga

No segundo livro, a jovem descobre um novo tipo de amor que transborda os limites do amor fraternal tão pungente na primeira obra. Desta vez, a moça vivencia o amor da juventude. Após um tratamento que devolveu sua saúde e autonomia, Poliana e seu Jogo do Contente se tornaram um exemplo de otimismo e força por onde passou. Miss Polly, totalmente mudada pelos ensinamentos da sobrinha, encontrou o amor se casou com ele.

Após a temporada no hospital, onde fez muitos amigos e transformou a vida de muitas pessoas, a jovem vai passar um tempo na companhia da irmã de uma das enfermeiras, a Sra. Carrew, apesar dos protestos de Miss Polly, que preferia enviar a jovem a um colégio interno, onde além de protegida de pessoas gananciosas, ela também teria a oportunidade de dar continuidade aos estudos que foram interrompidos pelo tratamento médico.

No entanto, ao chegar a Boston, cidade onde a Sra. Carrew e a irmã moram, Poliana volta a passar pelos mesmos tormentos que vivera inicialmente com a tia. Apesar das dificuldades encontradas, a jovem cativa a todos ao seu redor ao mesmo tempo em que trava lutas internas que envolvem desejos, angústias e dúvidas pessoais que surgem com o florescer da mocidade, com a descoberta do amor e as questões do dia a dia.

As Aventuras de Poliana e Poliana Moça no SBT

No SBT, o primeiro livro de Poliana foi adaptado como uma série televisiva, chamada As Aventuras de Poliana. Depois de explorar a infância da protagonista, a emissora vai dar sequência a história. As gravações de Poliana Moça precisaram ser interrompidas por conta da pandemia, mas foram retomadas e a estreia da sequência está prevista para o dia 21 de março.

Poliana é o tipo da leitura que marca uma vida inteira, muda conceitos e altera parâmetros. Vale a pena ler e reler sempre que possível, porque a cada nova leitura detalhes são descobertos ou reavaliados, além de acalentar e aquecer o coração quando tudo parecer perdido. É uma oportunidade de renascer a cada página lida.

_______________________________
Por Tassia Malena Leal Costa – Fala Universidade Federal do Amapá!

ARTIGOS RECOMENDADOS