Arthur do Fuga Pras Colinas, o empresário que largou tudo para viver na roça
Menu & Busca
Arthur, do Fuga Pras Colinas, tira as suas dúvidas sobre como é morar na roça

Arthur, do Fuga Pras Colinas, tira as suas dúvidas sobre como é morar na roça

Home > Notícias > Urbano > Arthur, do Fuga Pras Colinas, tira as suas dúvidas sobre como é morar na roça

Lembra de ter estudado na sua época de escola o êxodo rural, o movimento de pessoas que habitavam o campo e passaram a migrar para as grandes cidades em busca de melhores condições de vida? Pois bem, agora essa história está sendo diferente. Essa ideia de “escapar” para morar na roça vem ganhando força, e na pandemia vimos muitos exemplos disso. As cidades se incharam, trânsito, estresse e violência aumentaram, a rotina em constante correria, poluição, entre outros motivos tem ativado uma “pulga atrás da orelha” em muitos, que agora cogitam qual o melhor lugar para se viver. Esse foi o caso do Arthur, do canal Fuga pras Colinas, que fala sobre a vida no campo

Fuga pras Colinas
Entenda melhor a história e o propósito deste projeto. | Foto: Fuga pras Colinas.

Quem é o Arthur?

A história de Arthur, criador e idealizador do projeto Fuga pras Colinas, também teve início assim. Nascido e criado na cidade de São Paulo, cresceu rodeado das histórias de seu falecido avô, que era caipira de Taubaté e cresceu em uma fazenda de arroz.

Apesar de seu avô ter ido morar em São Paulo, ele sempre comentava que nunca havia se adaptado totalmente a esse negócio de vida urbana. Seu avô sempre teve diversos sítios e Arthur teve a sorte de poder frequentá-los. Nesse momento, a sementinha dessa paixão pela vida no campo já estava plantada e em desenvolvimento.

Arthur é formado em Gestão Ambiental, fez mestrado e doutorado na USP. Em sua vida urbana, trabalhava como empresário e chegou a prestar serviços para governos e prefeituras. Apesar de ter um bom lugar para morar, ir a pé para o trabalho e ter a oportunidade de fazer seu próprio horário, ele não era feliz. 

Com o tempo, surgiu a ideia de comprar um sítio, e ele mesmo diz: “o dinheiro que juntei ao longo de toda minha vida, não comprava um apartamento, mas aqui comprou toda essa terra que tenho hoje e que não tem fim.” Com idas e vindas do sítio para cidade, Arthur acabou se apaixonando ainda mais pela vida no campo. Há mais de quatro anos, ele resolveu deixar o caos da cidade e largar tudo que tinha para se mudar para o sítio localizado no interior de São Paulo, próximo a Sorocaba. 

O empresário diz que acredita em um novo rural, uma nova forma de morar no campo. Esse novo rural é a possibilidade de unir toda a tranquilidade e tradição do campo com a possibilidade de desfrutar de todo conforto que a cidade te proporciona.

Tire suas dúvidas sobre como é morar na roça!

Para acompanhar e documentar todo esse novo estilo de vida, ele resolveu criar o canal Fuga pras Colinas no YouTube. O criador do canal explica que Fugas pras Colinas é um estilo de vida, ou seja, sair da vida urbana e partir para uma vida rural. “A ideia do canal surgiu quando eu tomei essa iniciativa de mudar de vida, eu comprei essa propriedade e acabei me apaixonando por aqui.”, diz Arthur.

Como intuito e visão para o canal, o criador de conteúdos parte da tradição que se concentra nas histórias da zona rural com a modernidade que acompanha o crescimento das cidades. Ele busca traduzir a linguagem da tecnologia de uma maneira simples para que você, telespectador, consiga entender e usufruir desses benefícios também.

Diversos internautas que acompanham a trajetória do empresário que largou a cidade para morar no campo questionam de onde vem tanta criatividade para as suas “engenhocas” mostradas no canal. Ele explica que seu pai trabalhava com esse negócio de rádio amador, e que seu avô, que era um caipira nato, adorava pegar rádio e acabava passando fios pela casa inteira. Por ter crescido dentro desse mundo de criatividades e soluções diferentes, ele foi se inspirando a fazer o mesmo. 

Os temas do canal variam para todos os gostos, desde pessoas que já iniciaram sua vida na roça até aquelas que buscam tirar a ideia do papel. Para os que estão idealizando essa mudança, o canal apresenta o “Guia de Fuga para as Colinas” com vídeos que te ajudam a encontrar uma boa região, uma propriedade e também oferece dicas para iniciar a construção desse refúgio, para que um dia você possa fugir também. Além disso, oferece dicas para enfrentar a etapa burocrática das documentações. 

Se você já tem seu refúgio em uma área rural, você pode aproveitar as outras playlists. Como por exemplo, uma que explica como você pode ganhar dinheiro, ou mais dinheiro, com a sua propriedade rural. O canal também conta com dicas mais práticas e que irão impactar a sua rotina, como tópicos de energia, segurança e captação de água.

O próprio dono da marca diz que sua playlist preferida é a de contos e causos da roça, na qual ele conta histórias que remetem à tradição e cultura da roça e que datam de épocas muito antigas. Essa identificação se dá porque a principal visão para o canal é manter a tradição.

Dá para combinar vida na roça e internet?

Além disso, o canal Fuga pras Colinas ganhou bastante destaque por tratar de um tema um tanto quanto complicado: a internet rural. Arthur oferece dicas e análises em seu canal para te ajudar a encontrar a melhor opção para sua região. A internet rural pode variar sob influência de diversos aspectos, como vegetação, relevo, distância, operadora, frequência, os equipamentos que você necessita, o motivo da demanda, etc. Para uma melhor análise específica para você, o especialista em tecnologia rural oferece indicação de internet rural e suporte, além de outros serviços e produtos, como bonés, o Manual de internet e da antena de lata, chips, indicação de automação ou energia solar, indicação de internet para motorhomes e mentoria completa para mudar para o campo.

___________________________
Por Letícia Gusman – Fala! Centro Universitário Belas Artes de São Paulo

Tags mais acessadas