sábado, 20 julho, 24
HomeEstudosAprender inglês para iniciantes: Quais são os erros mais comuns na hora...

Aprender inglês para iniciantes: Quais são os erros mais comuns na hora de começar?

Aprender inglês tornou-se uma necessidade crucial no mundo globalizado de hoje. Para iniciantes, o processo de aprendizado pode ser tanto excitante quanto desafiador. 

Neste texto, vamos explorar a importância de aprender o idioma, os maiores desafios do inglês para iniciantes, os erros mais comuns e fornecer dicas práticas para aqueles que estão começando essa jornada.

aprender inglês
Saiba como aprender inglês sendo iniciante. | Foto: Freepik.

Qual a importância de aprender inglês?

Para responder à essa pergunta, é preciso considerar alguns pontos:

Comunicação global

O inglês é a língua mais falada no mundo quando se considera a quantidade de pessoas que o utilizam como segunda língua. Isso significa que aprender inglês abre portas para a comunicação com uma vasta gama de pessoas de diferentes culturas e países. Em viagens internacionais, por exemplo, o inglês serve como uma língua franca, facilitando interações em quase qualquer lugar do mundo.

Oportunidades profissionais

No mercado de trabalho, o inglês é frequentemente uma habilidade exigida para diversas posições. Empresas multinacionais e até mesmo empresas locais que têm parceiros ou clientes estrangeiros preferem contratar funcionários que sejam proficientes em inglês. 

Além disso, muitas publicações acadêmicas e recursos de aprendizagem estão disponíveis predominantemente em inglês, o que amplia as oportunidades de crescimento profissional e intelectual.

Acesso à informação

Grande parte do conteúdo disponível na internet está em inglês. Isso inclui não apenas textos, mas também vídeos, tutoriais, cursos online, e materiais educativos de alta qualidade. A habilidade de compreender inglês permite acesso a uma quantidade imensa de informação, ajudando no desenvolvimento pessoal e profissional.

Cultura e entretenimento

O inglês é a língua principal da indústria do entretenimento. Filmes, séries de TV, músicas e livros de sucesso global são frequentemente produzidos em inglês. Entender essa língua permite que você desfrute desses conteúdos em sua forma original, sem a perda de nuances que podem ocorrer em traduções.

Quais são os maiores desafios para começar a aprender inglês?

Confira:

Medo de errar

Um dos maiores obstáculos enfrentados por iniciantes é o medo de cometer erros. Esse medo pode ser paralisante e impedir que os alunos pratiquem o idioma, o que é essencial para o aprendizado. Muitas vezes, os iniciantes têm receio de falar em público ou até mesmo em aulas, temendo serem julgados ou corrigidos de forma negativa.

Pronúncia e sotaque

A pronúncia correta das palavras em inglês pode ser desafiadora, especialmente porque muitos sons não existem na língua nativa do aluno. Além disso, o inglês tem várias formas de pronúncia para uma mesma palavra, dependendo do sotaque regional, o que pode confundir os iniciantes.

Vocabulário extenso

O inglês possui um vocabulário muito amplo, e a quantidade de palavras novas que um iniciante precisa aprender pode ser avassaladora. Além disso, muitas palavras em inglês têm múltiplos significados, e a compreensão contextual é essencial para usá-las corretamente.

Gramática e estruturas complexas

A gramática inglesa tem suas próprias regras e exceções, que podem ser muito diferentes daquelas encontradas na língua nativa dos alunos. Estruturas gramaticais como tempos verbais, artigos, preposições e a ordem das palavras nas frases podem ser especialmente difíceis de dominar para iniciantes.

Erros mais comuns na hora de começar

Veja quais são:

Traduzir ao pé da letra 

Um dos erros mais comuns entre os iniciantes é tentar traduzir frases diretamente de sua língua nativa para o inglês. Isso pode levar a frases gramaticalmente incorretas e mal-entendidas. Cada língua tem suas próprias regras e estruturas, e a tradução literal muitas vezes ignora essas diferenças.

Focar apenas na gramática

Embora a gramática seja importante, focar exclusivamente nela pode ser contraproducente. Muitos iniciantes gastam horas estudando regras gramaticais complexas sem praticar a conversação ou a compreensão auditiva, o que é essencial para se tornar fluente.

Não praticar o suficiente

A prática é fundamental para o aprendizado de qualquer língua. Muitos iniciantes cometem o erro de estudar inglês apenas em um ambiente de sala de aula, sem incorporar o idioma em suas vidas diárias. A prática regular, seja através de conversas, leitura ou escuta, é crucial para a retenção e o progresso.

Ignorar a pronúncia

Subestimar a importância da pronúncia pode levar a problemas de comunicação. Alguns iniciantes não dedicam tempo suficiente para praticar a pronúncia correta das palavras, resultando em dificuldades para serem entendidos por falantes nativos.

Não buscar feedback

Evitar feedback ou críticas construtivas é outro erro comum. O feedback é vital para identificar áreas que precisam de melhoria e para corrigir erros antes que eles se tornem hábitos enraizados. Muitos alunos têm medo de ser corrigidos, mas isso é uma parte necessária do processo de aprendizagem.

Dicas para iniciantes que querem aprender inglês

Veja quais são:

Imersão no idioma

Uma das formas mais eficazes de aprender inglês é através da imersão. Isso pode ser feito assistindo a filmes e séries em inglês, ouvindo músicas e podcasts, e lendo livros, notícias ou blogs no idioma. A exposição constante ao inglês ajuda a internalizar o vocabulário e as estruturas gramaticais naturalmente.

Prática regular

A prática regular é essencial. Reserve um tempo diário para estudar e praticar inglês. Isso pode incluir falar com amigos ou colegas que falam inglês, usar aplicativos de aprendizagem de idiomas, ou até mesmo escrever um diário em inglês.

Utilizar aplicativos e recursos online

Existem muitos aplicativos e recursos online disponíveis que podem facilitar o aprendizado de inglês. Aplicativos como Duolingo, Babbel, e Memrise oferecem lições interativas que são ideais para iniciantes. Além disso, plataformas como YouTube têm uma infinidade de vídeos educativos que abordam todos os aspectos da língua inglesa.

Participar de grupos de conversação

Participar de grupos de conversação é uma excelente maneira de praticar o inglês em um ambiente amigável e de suporte. Muitas cidades oferecem clubes de línguas onde os membros se encontram para praticar o inglês. Além disso, existem grupos online e comunidades de aprendizagem que facilitam a prática de conversação.

Buscar um tutor ou curso de inglês

Ter a orientação de um tutor ou participar de um curso de inglês pode proporcionar uma estrutura mais formal e feedback constante, ambos essenciais para o progresso. Professores experientes podem identificar suas dificuldades específicas e ajudar a corrigi-las de maneira eficaz.

Estabelecer metas claras

Definir metas claras e alcançáveis pode ajudar a manter a motivação. Isso pode incluir metas de curto prazo, como aprender um certo número de novas palavras por semana, ou metas de longo prazo, como alcançar um nível específico de proficiência até o final do ano.

Ser paciente e persistente

Aprender uma nova língua é um processo gradual que requer paciência e persistência. É importante não se desanimar com os erros e dificuldades encontradas ao longo do caminho. Cada erro é uma oportunidade de aprendizagem, e a persistência é a chave para superar os desafios.

Aproveitar as tecnologias disponíveis

A tecnologia oferece uma vasta gama de ferramentas que podem facilitar o aprendizado de inglês. Desde aplicativos de aprendizado até tradutores automáticos e assistentes virtuais, há uma infinidade de recursos disponíveis que podem ajudar a melhorar suas habilidades de maneira eficiente e divertida.

Fazer amigos que falam inglês

Interagir com pessoas que falam inglês, seja através de encontros presenciais ou online, pode proporcionar uma prática valiosa e um contexto real para o uso da língua. Amigos que falam inglês podem oferecer suporte, correções e motivação contínua.

Explorar conteúdos que sejam de interesse pessoal

Aprender inglês será mais divertido e menos oneroso se você estiver engajado com conteúdos que realmente lhe interessam. Se você gosta de cozinhar, por exemplo, assistir a programas de culinária em inglês pode ser uma ótima maneira de aprender novos termos e expressões relacionados ao seu hobby.

Quer mais dicas para aprender inglês, mesmo sendo iniciante? Então, conheça os conteúdos do Jonas Bressan!

ARTIGOS RECOMENDADOS