Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Anitta tem Síndrome de Burnout: Saiba o que é o distúrbio

Anitta tem Síndrome de Burnout: Saiba o que é o distúrbio


Após seu recente término com o surfista Pedro Scooby, Anitta deu uma pausa em sua vida profissional, incluindo seu programa no Multishow Anitta Entrou no Grupo, para cuidar da saúde. Anitta foi diagnosticada com Síndrome de Burnout na última terça-feira (3).

ANITTA E PEDRO SCOOBY TERMINARAM? “REALMENTE NÃO SABEMOS SE É ALGO DEFINITIVO”

Anitta e a Síndrome do esgotamento profissional

Anitta é diagnosticada com Sindrome de Burnout e precisa de pausa profissional
Anitta é diagnosticada com Sindrome de Burnout e precisa de pausa profissional

MADAME X – MADONNA CANTA COM ANITTA EM SEU NOVO ÁLBUM

O cansaço de Anitta

Os compromissos interruptos de Anitta afetaram sua saúde psicológica e por esse motivo, a cantora terminou o relacionamento com Pedro Scooby.

Seguimos nos falando todos os dias. Realmente não sabemos se é algo definitivo. Não estou bem de saúde e pedi que me recuperasse sozinha

Falou Anitta para a colunista Fábia Oliveira

A cantora publicou ontem (03) no Instagram uma foto com a legenda “Em caso de emergência: viaje”

Luana Piovani, ex de Pedro Scooby, comentou sobre o término do casal de forma irônica dizendo “o babadolá do fim do troço lá…Não sei nem o que dizer né” e comentando logo em seguida “que constragimento…”

ANITTA REVELA QUE JÁ TOMOU UM FORA DE KEVINHO E FALA SOBRE AS PARTES INTIMAS DO CANTOR

Síndrome de Burnout: O que é?

De acordo com o psicólogo Herbert J. Freudenberger, a Síndrome de Burnout é um estado de esgotamento físico e mental cuja causa está intimamente ligada à vida profissional e também pode ser chamada de também chamada de Síndrome do esgotamento Profissional.

tratamento da Síndrome de Burnout consiste em psicoterapia, mas também pode envolver o uso de medicamentos dependendo o da intensidade o problema.

LUANA PIOVANI FALA SOBRE PEDRO SCOOBY, ATUAL DE ANITTA

Mudanças nas condições de trabalho, nos hábitos e estilo de vida, além de atividade fisica regular ajudam a aliviar o estresse e controlar os sintomas da doença.  Após diagnóstico médico, a pessoa deve tirar férias e desenvolver atividades de lazer com pessoas próximas – amigos, familiares, cônjuges etc.

  1. Dedicação intensificada – com predominância da necessidade de fazer tudo sozinho e a qualquer hora do dia (imediatismo);
  2. Descaso com as necessidades pessoais – comer, dormir, sair com os amigos começam a perder o sentido;
  3. Aversão a conflitos – o portador percebe que algo não vai bem, mas não enfrenta o problema.
  4. Reinterpretação dos valores – isolamento, fuga dos conflitos. O que antes tinha valor sofre desvalorização: lazer, casa, amigos, e a única medida da autoestima é o trabalho;
  5. Negação de problemas – Os contatos sociais são repelidos, cinismo e agressão são os sinais mais evidentes;
  6. Recolhimento e aversão a reuniões e recusa à socialização, evitando diálogo
  7. Despersonalização – momentos de confusão mental onde a pessoa não sente seu corpo como habitualmente além de mudanças evidentes de comportamento
  8. Tristeza intensa – marcas de indiferença, desesperança, exaustão. A vida perde o sentido. Vazio interior e sensação de que tudo é complicado, difícil e desgastante;
  9. Colapso físico e mental.
  10. Esse estágio é considerado de emergência e a ajuda médica e psicológica se tornam uma urgência

0 Comentários

Tags mais acessadas