sexta-feira, 17 maio, 24
HomeCinema e Séries3 adaptações de ‘A Pequena Sereia’

3 adaptações de ‘A Pequena Sereia’

Na última semana, polêmicas em torno da nova adaptação da Disney de ‘A Pequena Sereia’ inundaram as redes sociais.

As críticas sobre a aparência da sereia levantou diversas discussões sobre racismo e representatividade no cinema.

Tiveram aqueles que argumentaram contra a escalação da atriz principal alegando descaracterização da personagem. Por outro lado, muitas pessoas enxergaram isso como mais uma forma de racismo na sociedade contemporânea.

A atriz protagonista, Halle Bailey, chegou a sofrer ataques racistas na internet, de pessoas que foram contra seu papel como Ariel nos cinemas.

Visto que, apesar de existirem dezenas de adaptações, onde até o cabelo vermelho é alterado em algumas, essa polêmica fez o trailer receber mais de 1 milhão de dislikes.

Veja um pouco da repercussão no Twitter:

Adaptações de ‘A Pequena Sereia’

Então, você sabia que além das mais conhecidas, existem dezenas de versões de ‘A Pequena Sereia’? Confira a seguir algumas delas!

Conheça as diferentes adaptações de “A Pequena Sereia''
Conheça as diferentes adaptações de ‘A Pequena Sereia’. | Foto: Reprodução.

Teatro dos Contos de Fadas: A Pequena Sereia

A série Teatro dos Contos de Fadas retratava um conto de fadas em cada episódio. Por isso, A Pequena Sereia foi uma das histórias contadas no show. A protagonista do ep se chama Pérola e é interpretada por Pam Dawber.

Rusalochka

Rusalochka é a versão russa do clássico. Lançado em 1976, o live action conta a história de uma sereia de cabelos verdes que ao se tornar humana fica com os cabelos loiros. A atriz responsável por interpretar a sereia foi Viktoriya Novikova.

Mermaid

Mermaid é mais uma versão russa do clássico. Nesta produção de 2007, é retratada uma versão mais moderna de Ariel, Alice, que enfrenta diversos conflitos adolescentes.

Protagonizado por Halle Bailey, o novo live action da Disney de ‘A Pequena Sereia’ deve estrear em maio de 2023 nos cinemas. Então, trate de segurar a ansiedade até lá.

__________________________________________

Por Bianca Sousa – Redação Fala!

ARTIGOS RECOMENDADOS