6 filmes para conhecer o cinema de Milos Forman
Menu & Busca
6 filmes para conhecer o cinema de Milos Forman

6 filmes para conhecer o cinema de Milos Forman

Home > Entretenimento > 6 filmes para conhecer o cinema de Milos Forman

Milos Forman (1932 – 2018) foi um cineasta tcheco que marcou seu nome na história da sétima arte. O realizador, que obteve a cidadania norte-americana na década de 70, faz parte do seleto grupo de diretores que venceram duas vezes o prêmio máximo do cinema: galardoado com o Oscar em 1976 e em 1985, ele ainda foi indicado à estatueta em 1997. Forman deixou uma obra que, décadas depois, apresenta-se com inegável relevância artística, cultural e social. Diante disso, passada a temporada de premiações cinematográficas de 2022, voltamos o olhar a seis obras indispensáveis (apresentadas em ordem cronológica) para quem deseja conhecer melhor a carreira do premiado cineasta tcheco.

Milos Forman
Milos Forman. | Foto/ Montagem: Reprodução

6 filmes para conhecer Milos Forman

1) Os Amores de uma Loira (1965)

Os amores de uma loira
Pôster do filme. | Foto/ Reprodução: The Movie Database

Filme que rendeu a Forman sua primeira indicação ao Oscar (na categoria de Melhor filme estrangeiro), a obra é considerada um marco para a chamada “new wave tcheca” e é a mais celebrada da primeira fase da carreira do diretor. O longa, em preto e branco, gira em torno da protagonista Andula (Hana Brejchová) e conta com a participação do próprio diretor no roteiro. 

2) Um Estranho no Ninho (1975)

Um estranho no ninho
Pôster do filme. | Foto/Reprodução: The Movie Database

Certamente a película mais famosa do realizador, “Um estranho no ninho” é inspirada no romance homônimo do escritor americano Ken Kesey. Trazendo uma reflexão pertinente sobre saúde mental e uma atuação memorável do protagonista Jack Nicholson, o filme conquistou os 5 principais prêmios do Oscar:

  • Melhor filme
  • Melhor diretor
  • Melhor ator (Nicholson)
  • Melhor atriz (Louise Fletcher)
  • Melhor roteiro adaptado

Tendo sido indicado ainda em outras quatro categorias à estatueta da Academia, o filme é um marco na carreira do diretor e no cinema mundial.

3) Hair (1979)

milos forman
Pôster do filme. | Foto/ Reprodução: The Movie Database

Adaptação do bem-sucedido musical homônimo da Broadway, “Hair” é protagonizado por um grupo hippie no contexto da Guerra do Vietnã. Debatendo os ideais pacifistas do grupo em questão com músicas inspiradoras (dentre as quais “Aquarius”, o número de abertura, ganhou mais fama), o filme traz reflexões pertinentes e personagens marcantes.

4) Amadeus (1984)

Milos Forman
Pôster do filme. | Foto/Reprodução: The Movie Database

“Amadeus” é o nome do meio de Wolfgang Amadeus Mozart, genial músico austríaco cuja vida inspirou esta película: a obra de Mozart e sua relação conflituosa com Antonio Salieri dão o tom ao filme. O compositor italiano, dividido entre a admiração e a inveja que sente pelo “amado de Deus”, questiona – e leva o espectador a questionar – sobre arte, talento e até sobre religião. A trilha sonora, como não poderia deixar de ser, é um dos destaques do filme – bem como as atuações inspiradas dos protagonistas Tom Hulce (Mozart) e F. Murray Abraham (Salieri). “Amadeus” venceu oito categorias do Oscar:

  • Melhor filme
  • Melhor diretor
  • ​Melhor ator (F. Murray Abraham)
  • Melhor direção de arte
  • Melhor figurino
  • Melhor maquiagem
  • Melhor som
  • Melhor roteiro adaptado 

5)O Povo contra Larry Flint (1996)

Larry Flynt
Pôster do filme. | Foto/ Reprodução: The Movie Database

Filme indicado ao Oscar de melhor diretor e melhor ator (Woody Harrelson), conta ainda com participações de Courtney Love e Edward Norton. Assim como o já citado “Amadeus”, é um filme biográfico: aqui, o personagem protagonista é o polêmico editor americano Larry Flynt, que enfrentou diversos processos relacionados ao conteúdo adulto produzido por suas empresas.

6)O Mundo de Andy (1999) 

O mundo de andy
Pôster do filme. | Foto/ Reprodução: The Movie Database

Milos Forman novamente traz um drama biográfico protagonizado por um personagem envolto em polêmicas: o comediante americano Andy Kaufman, conhecido por seu humor peculiar. O roteiro e a direção inspirados são abrilhantados pela atuação premiada de Jim Carrey (Globo de Ouro – Melhor ator – comédia ou musical), em um dos melhores momentos de sua carreira. Cabe citar que a preparação de Carrey para o papel de Kaufman foi tema do documentário Jim & Andy, de 2017.

________________________________
Por Gabriela Brahim Correa – Fala! Universidade Cruzeiro do Sul

Tags mais acessadas