10 razões que impedem de emagrecer rápido e de forma saudável
Menu & Busca
10 razões que impedem de emagrecer rápido e de forma saudável

10 razões que impedem de emagrecer rápido e de forma saudável

Home > Lifestyle > Saúde > 10 razões que impedem de emagrecer rápido e de forma saudável

Emagrecer não é fácil, contudo, há algumas razões que impedem que o progresso aconteça rápido e de forma saudável. Além disso, o processo de perda de peso necessita de acompanhamento profissional, nutricionistas que possam orientar quem busca emagrecer.

Dificuldade para emagrecer rápido pode indicar que a pessoa está fazendo algo errado.
Dificuldade para emagrecer rápido pode indicar que a pessoa está fazendo algo errado. | Foto: Freepik.

Dito isso, separamos 10 razões que impedem uma pessoa de emagrecer rápido e de maneira saudável.

Saiba os motivos que te impedem de emagrecer rápido e de maneira saudável

Um dos principais motivos para o processo de emagrecimento ser demorado e pouco saudável é a falta de uma rotina. É muito importante organizar seu dia de maneira em que todas as refeições e atividades possuam um tempo estimado e, além disso, as rotinas contribuam com a produção de hormônios, como o cortisol.

Outro ponto fundamental para quem deseja emagrecer rápido e saudável é o acompanhamento médico. Orientação para a criação de um cardápio e de uma rotina de exercícios é muito importante, além disso, é necessário saber seu peso ideal e quanto deve emagrecer. O Índice de Massa Corporal (IMC) indicará o peso que deve perder ou ganhar, dependendo da situação.

10 – Pular o café da manhã

Muitas pessoas acreditam que pular refeições é o ideal para a perda de peso. Esse método, no entanto, não é saudável e pode fazer com que a pessoa engorde, ao invés de emagrecer. O café da manhã, por exemplo, é uma das refeições mais importantes do dia, porém, é a que muitas pessoas ignoram.

Pular o café da manhã causa o efeito reverso em seu organismo, pois durante as horas de sono o organismo continua gastando energia. A primeira refeição da manhã repõe o que foi perdido durante a madrugada, contudo, o organismo diminui a queima de gordura para criar uma reserva de energia.

Quando isso ocorre, o corpo queima os músculos para a produção de energia, o que torna o metabolismo lento. Nesse momento, o corpo cria reservas de gordura o que gera o tecido adiposo, ou seja, o excesso de gordura corporal como a barriga pochete.

Dica: O café da manhã deve ser realizado até uma hora após a pessoa acordar. Para emagrecer rápido e de forma saudável, essa refeição deve conter alimentos ricos em fibras e proteínas.

9 – Comer muito durante a última refeição

A última refeição realizada no dia a dia, normalmente, a janta, ocorre horas antes de dormirmos, e não pode ser feita com excessos. Comer muito antes de dormir deixa o metabolismo lento e durante a madrugada as calorias ingeridas não serão queimadas.

Dica: a última refeição é muito importante, no entanto, não é a mais essencial. Por isso, ingira poucas calorias na janta, comendo alimentos leves como iogurte, frutas ou, até mesmo, fechando a noite com uma xícara de chá se adoçante ou açúcar.

8 – Calorias em excesso

Uma das razões mais comuns pelas quais uma pessoa não emagrece rápido é a ingestão de calorias em excesso. O mínimo recomendado por dia são 1200 calorias, que devem ser distribuídas durante as refeições realizadas, café da manhã, almoço, jantar e refeições intermediárias.

Dica: O ideal é que um nutricionista indique quantas calorias serão consumidas no dia, separando-as da melhor forma ao longo das refeições.

7 – Não beber água

O organismo necessita de, no mínimo, 2L de água por dia, para se manter hidratado e facilitar na eliminação de toxinas. Um corpo hidratado possui um metabolismo mais rápido, garante a oxigenação e nutrição das células, mantém o intestino saudável e com seu funcionamento regular, além de auxiliar na digestão.

Dica: Beber de 1,5 a 3L de água por dia, mantendo a hidratação do organismo. Para quem tem dificuldade em consumir muita água, recomenda-se adicionar um pouco de limão ou gengibre, para incentivar seu consumo.

6 – Poucos exercícios

A falta de exercícios regulares é um dos maiores motivos que impedem uma pessoa de emagrecer rápido e de maneira saudável. A não prática de atividade física torna o metabolismo mais lento, que impede que a comida ingerida seja queimada pelo organismo.

Dica: Recomenda-se que atividades físicas sejam realizadas por 30 minutos, no mínimo, e diariamente. Os exercícios podem ser variados, como caminhadas, corridas, ginástica aeróbica, musculação, entre outros. Nesse processo, um orientador físico pode ser fundamental para garantir sua saúde e segurança.

5 – Estresse

O estresse e a ansiedade podem ser um veneno para quem busca emagrecer rápido, pois quando estamos irritados nosso organismo produz mais cortisol, um hormônio que em excesso causa o acúmulo de gordura no corpo. Isso torna o metabolismo lento e dificulta a perda de peso.

Dica: Para aliviar o estresse, exercícios como a yoga ou o pilates são recomendados, pois ajudam a relaxar o corpo. Além disso, o acompanhamento psicológico pode ser muito importante, pois ao conversar com um terapeuta podemos aprender a lidar com tais sentimentos.

4 – Envelhecimento

Quanto mais velhos ficamos mais difícil de emagrecer, isso porque o metabolismo desacelera e o organismo necessita de menos energia para se manter. Além disso, alterações hormonais, comuns com a chegada da idade, podem prejudicar mais ainda o metabolismo, desregulando-o.

Dica: O primeiro passo é procurar por um nutricionista que indicará a melhor dieta ou método para emagrecer. Além disso, alimentos que ajudam a aumentar o metabolismo, como chás termogênicos, podem ajudar muito na perda de peso.

3 – Poucas horas de sono

Recomenda-se que um adulto durma de 8 a 9 horas por noite, garantindo a renovação do corpo e do espírito. Não dormir o tempo adequado acarreta em inúmeros problemas, inclusive no ganho de peso. Isso ocorre porque, durante o sono, hormônios como o GH e a leptina são produzidos, estimulando o ganho de massa muscular.

Além disso, durante o sono queimamos calorias, algo muito importante para quem deseja emagrecer. Pessoas que dormem pouco tendem a acordar com fome e seu metabolismo fica mais lento no decorrer do dia.

Dica: Crie uma rotina de sono adequada, com um horário específico para deitar e outro para acordar, garantindo até 9 horas de sono por noite.

2 – Efeito platô

Uma rotina é fundamental para emagrecer, contudo, quando ela se torna monótona pode prejudicar esse processo. Ao praticar os mesmos exercícios durante semanas e seguir o mesmo cardápio alimentar por muito tempo, o organismo irá se acostumar com isso, causando o efeito platô.

Isso ocorre quando a ingestão de calorias equivale ao que você gasta por dia, sendo assim, você não ganha e nem perde peso. Para que isso não ocorra é fundamental que um nutricionista e um professor de educação física acompanhem a sua perda de peso.

Dica: Mudanças em sua alimentação, incluindo ou retirando terminados alimentos, além da mudança nos treinos com novos exercícios ou até em questão da intensidade da atividade física realizada por ajudar a retomar seu emagrecimento.

1 – Desequilíbrio Hormonal

Um desequilíbrio hormonal pode influenciar em sua perda de peso, principalmente quando são causados pela tireoide. O hipotireoidismo, por exemplo, deixa seu metabolismo mais lento, o que dificulta a queima de calorias e a perda de peso.

Dica: Um endocrinologista pode diagnosticar o problema e indicar o melhor tratamento, com o uso de hormônios e outros remédios.

Em todos os casos, o acompanhamento profissional é fundamental para quem deseja emagrecer rápido e de forma saudável, garantindo sua segurança e a qualidade de cada etapa da perda de peso.

__________________________________________
Por Luiza Nascimento – Redação Fala!

Tags mais acessadas