Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Vingadores: Ultimato – produtores encontram incoerência na linha do tempo

Vingadores: Ultimato – produtores encontram incoerência na linha do tempo

No filme Vingadores: Ultimato, e de forma mais geral em todo o MCU, as viagens no tempo podem se tornar uma verdadeira dor de cabeça. Ao contrário de alguns filmes como De Volta Para o Futuro ou O Exterminador do Futuro, em que ações passadas têm um impacto direto no futuro, cada mudança temporal na história dos Vingadores cria automaticamente uma nova linha de tempo independente.

Vingadores
Vingadores: Ultimato

No entanto, no final do filme, quando o Capitão América decide devolver as Joias do Infinito aos seus lugares de origem, ele não deixa a linha do tempo de seus ex-companheiros de equipe. Nós o vemos segundos depois visivelmente mais velho, e decidido a presentear Sam Wilson com seu escudo depois do funeral de Tony Stark.

Uma incoerência que intrigou os fãs, e que os irmãos Russo já haviam justificado alguns meses atrás, como lembrou o site Wide Screen, explicando que era um sub-enredo que não era tratado no filme. No entanto, apesar dessas explicações, ninguém parece concordar com o ocorrido.

Os produtores dos Vingadores: Ultimato, Christopher Markus e Stephen McFeely explicaram recentemente:

“Nós não somos especialistas em viagens no tempo, mas a Anciã deixou claro que quando você remove uma pedra do infinito de uma linha do tempo ela cria uma nova Linha do Tempo. Então, voltar e apenas ficar lá não criaria uma nova Linha do Tempo. (…) Temos um desacordo público com os diretores. (…) Chegamos ao final do filme, na cena do Capitão América, e mesmo que isso viole nossas próprias regras (…) Stephen e eu estamos muito animados que Steve voltou ao passado para viver a sua próprio vida.”

As explicações ainda são bastante vagas, mas pelo menos terão permitido que Capitão América aproveite um pouco de sua esposa Peggy.

0 Comentários

Tags mais acessadas