Venture Capital: um guia com tudo que os investidores precisam saber
Menu & Busca
Venture Capital: um guia com tudo que os investidores precisam saber

Venture Capital: um guia com tudo que os investidores precisam saber

Home > Notícias > Mercado > Venture Capital: um guia com tudo que os investidores precisam saber

O termo startup está cada vez mais difundido no nosso dia-a-dia e, certamente, você já ouviu falar. As startups são empresas que buscam apostar em ideias inovadoras e rentáveis,  e solucionar problemas existentes na sociedade. Muitas vezes, a inovação vem acompanhada de tecnologia. Com dicas sobre Venture Capital, você pode aprender a investir nesse modelo de negócio. Mas antes, é preciso entender o potencial das startups.

Venture Capital
César Bertini é sócio e investidor da Smart Money Ventures. | Foto: Reprodução/ Divulgação

Um relatório do programa Google for Startups sugere o nível de expansão desse modelo de empresa. A pesquisa comparou dados de cerca de 250 empresas, desde 2016 até 2021. O resultado aponta para um crescimento de 108% de investimentos nessas startups

A pesquisa avaliou a evolução das startups durante o período analisado. Enquanto em 2016, a nota foi 1,7, em 2021, foi 4,0. Dessa forma, é notório o crescimento desse mercado. No entanto, levando em consideração que a nota vai de uma escala de 0 a 10, ainda pode melhorar. 

Para melhorar esse cenário, os investidores têm um papel crucial, mas precisam saber o que fazer. Por isso, separamos 8 dicas da Venture Capital que todo investidor precisa saber para apostar em uma startup. Confira! 

8 dicas que todo investidor precisa saber sobre Venture Capital 

1) Conheça o time e os founders 

Conhecer bem o time e os founders não é perda de tempo! Saber o máximo possível sobre eles é essencial, invista tempo com isso antes de investir dinheiro. Por isso, busque saber os históricos, habilidades e como lidam com outras pessoas. Procure pessoas que tenham trabalhado com eles e saiba quais são os pontos fortes e fracos. 

2) Invista em algo que você conhece 

Não cai na armadilha de investir no que ‘está na moda’. Para investir em um mercado, você precisa conhecê-lo, entender qual o seu potencial e os principais riscos. A dica é investir no que você conhece, além de procurar também informação. Para isso, estude e troque ideia com pessoas de referência, que podem oferecer muito aprendizado para você.

3) Foque na execução e não na ideia 

Não adianta uma ideia maravilhosa se não for bem executada. Por isso, foque na capacidade de execução, porque é ela que tira a ideia do papel e torna realidade. Não pense apenas no resultado final, mas entenda e se apaixone pelo processo! 

4) Não seja um sniper de unicórnios

Não pense que você vai investir muito em apenas uma startup que acredita que vai dar muito certo. Construa uma carteira de startups

5) Defina limites é um das principais dicas sobre Venture Capital

Os riscos fazem parte do investimento, mas é preciso ter cuidado e definir limites para esses riscos. Para perfis mais agressivos, a Venture Capital e a private equity PE precisam representar um percentual de 10% a 20$ do patrimônio global. Como os investimentos são de longo prazo, as taxas de juros não devem influenciar tanto nas decisões de curto prazo

6) Esqueça as metas e pense no crescimento 

Não tenha metas como foco! O seu objetivo deve ser o crescimento, já esta é a definição de startup. Ao longo do tempo, mudanças e problemas vão aparecer e focar em metas fixas pode levar a decisões equivocadas. Essas decisões podem custar caro. Por isso, tenha em mente que o objetivo é crescer. 

7) Não comece sozinho 

A colaboração é muito importante nesse processo. Procure investir com outras pessoas e fundos que possam contribuir de maneira eficaz para o crescimento da startup

8) Conheça bem o Venture Capital

A Venture Capital é um processo de financiamento em estágios e vai ajudar a diminuir os riscos dos investimentos nas startups, por meio de uma dinâmica de investimento em rodadas sucessivas. 

Sócio e investidor da Smart Money Ventures dá dicas de investimento 

César Bertini, sócio e investidor da Smart Money Ventures, falou sobre objetivos e deu dicas para investir. Ele explicou que colocou em prática as dicas citadas acima ao longo de 5 anos.

“Por liderarmos um pool com mais de 80 investidores, um dos nossos maiores ativos é exatamente a força desta rede que traz consigo conexões, credibilidade, conhecimento específico, capital e abertura de portas”, explicou. 

“Em 2022, reforçamos a sugestão para que aprofunde o acompanhamento e a gestão do seu portfólio entendendo as suas demandas e provocando um efeito de rede multiplicador através dos impactos nas suas startups, sendo elas as propagadoras de impacto e evolução no ecossistema como um todo”, completou César Bertini. 

__________________________________
Por Giovana Rodrigues – Redação Fala!

Tags mais acessadas