Veja como as universidades planejam a retomada das aulas presenciais
Menu & Busca
Veja como as universidades planejam a retomada das aulas presenciais

Veja como as universidades planejam a retomada das aulas presenciais

Home > Notícias > Veja como as universidades planejam a retomada das aulas presenciais

Durante coletiva de imprensa da última quarta-feira (24), Rossieli Soares, Secretário de Estado da Educação de São Paulo, exemplificou regras para a volta gradual às aulas presenciais no estado. Existe uma data prevista para o início do retorno: 8 de setembro, entretanto, algumas faculdades anunciaram aulas presenciais já no próximo mês, inclusive em outros estados brasileiros.

Veja como as universidades planejam a retomada das aulas presenciais
Veja como as universidades planejam a retomada das aulas presenciais

São Paulo

FMU (Faculdades Metropolitanas Unidas)

A FMU (Faculdades Metropolitanas Unidas) já informou aos seus alunos sobre esta nova fase. Em recado distribuído no grupo de WhatsApp dos alunos foi informado que, mediante as normas do governo e respeitando os protocolos sanitários, ocorrerão aulas de reposição do primeiro semestre do dia 13/07 até 14/08, em dois horários diferentes e de acordo com a grade de cada professor. Quem não puder ou não quiser realizar o processo, deverá fazer um requerimento. Entretanto, não poderão dar continuidade ao curso no segundo semestre.

A faculdade também repassou orientações de retorno e medidas de segurança que devem ser tomadas por todos no campus. As instruções foram reunidas em um arquivo denominado “Manual de Retorno Seguro”, que foi distribuído por e-mail aos alunos e demais funcionários. A entrada será monitorada, o uso de máscaras obrigatório e o distanciamento social deverá ser rígido, inclusive em áreas de compartilhamento como ambientes externos. Os cursos que necessitam um ensino prático, como gastronomia, educação física e biomedicina terão prioridades no ingresso.

Veja como as universidades planejam a retomada das aulas presenciais
Início do Manual de Retorno Seguro distribuído aos alunos da FMU

Os alunos e futuros alunos também têm a opção de escolherem qual tipo de ensino preferem, como é informado no site: presencial (4 aulas presenciais semanais), presencial flex (3 aulas presenciais semanais, ou seja, flexibilidade do ensino a distância combinada à atividade prática presencial), semipresencial (2 aulas semanais presenciais que complementam o ensino em ambiente digital) e EAD (modalidade 100% online onde você pode assistir suas aulas em ambiente digital).

Anhembi Morumbi

Outra faculdade que ofereceu esta flexibilização de formas de ensino foi a Anhembi Morumbi, onde o aluno poderá optar também por uma das quatro opções de aprendizagem, presencial (4 aulas presenciais semanais), presencial flex (3 aulas presenciais semanais, ou seja, flexibilidade do ensino a distância combinada à atividade prática presencial), semipresencial (2 aulas semanais presenciais que complementam o ensino em ambiente digital) e EAD (modalidade 100% online onde você pode assistir suas aulas em ambiente digital), de acordo com o site onde eles disponibilizaram as opções.

As aulas nesta instituição também têm previsão de retorno em julho, com algumas restrições, mas não é o que a maioria dos alunos está querendo. Inclusive, eles fizeram uma petição sugerindo a adiação das atividades práticas obrigatórias, que você pode conferir clicando aqui!

Veja como as universidades planejam a retomada das aulas presenciais
Um pouco do recado que foi enviado por e-mail aos alunos da Anhembi Morumbi

Daniela de Jesus, aluna do 3º ano do curso de Jornalismo, contou ao Fala! que ela e alguns colegas sentem a necessidade das aulas práticas mas ainda não querem colocar a saúde em risco e estão apreensivos para voltar. Está programado que sua turma tenha quatro aulas da disciplina de Fotojornalismo, mas alguns alunos estão até cogitando faltar.

Cásper Líbero

A diretoria da Faculdade Cásper Líbero emitiu um comunicado oficial no site no dia 25 de junho, alegando que o sistema de aula remotas que vinham adotando estará em vigor até, pelo menos, o dia 4 de setembro. Durante o mês de agosto, a Cásper irá anunciar então que medidas poderão ser adotadas a partir do dia 8 de setembro, em consonância com as orientações das autoridades.

Eles continuarão adotando o sistema de aulas e demais atividades pedagógicas que utilizem tecnologias e meios remotos de informação e comunicação até o encerramento deste 1º semestre, no dia 30/6/2020, mantendo as seguintes ações já em curso: suspensão do funcionamento dos laboratórios de informática; adoção, nos demais setores da faculdade, do sistema de trabalho remoto, garantindo o atendimento presencial aos alunos, quando necessário, a critério da faculdade, mediante agendamento prévio; e adoção do horário das 10h às 15h para o atendimento aos discentes previamente agendados.

A coordenadora do curso de Jornalismo Tatiana de Bruyn Ferraz Teixeira realizou uma reunião também no dia 25 de junho por meio da plataforma Teams da Microsoft com representantes de classe e alguns alunos para falar sobre como foi o desenvolvimento do semestre, além de retirar possíveis dúvidas. Ela abordou temas como computação de faltas, horas complementares e trabalhos de conclusão de curso – TCC. A profissional disse que, somente em situações adversas, as bancas serão online: a preferência é que todos os trabalhos sejam apresentados presencialmente e, caso houver necessidade, transmitidos ao vivo para quem não puder ou não quiser comparecer.

Mackenzie

O último comunicado oficial encontrado no site da instituição de ensino acerca da pandemia foi no dia 13 de março, informando que as atividades ficariam suspensas até o dia 22 do mesmo mês.

Como vai funcionar o retorno presencial em São Paulo?

Veja como as universidades planejam a retomada das aulas presenciais
Arte R7

O retorno presencial terá início quando todas as cidades do estado estiverem na fase amarela do plano de flexibilização da economia (Plano São Paulo), por pelo menos 28 dias. Ele será administrado em três etapas:

  1. A partir do dia 8 de setembro – começará com até 35% dos alunos presenciais, o restante acompanhará o conteúdo nas plataformas digitais;
  2. sem data definida – até 70% dos alunos;
  3. sem data definida – até o número total de alunos.

Ainda é uma questão em aberto se o seguimento dos protocolos de higienização e distanciamento social realmente mantêm os alunos, professores e funcionários em segurança. Somente com a prática é possível saber, com dados mais precisos, como a sociedade vai reagir.

Mato Grosso do Sul

UFMS (Faculdade Federal de Mato Grosso do Sul)

Gabriela Dalago, uma colaboradora do Fala! Universidades, disse que a Faculdade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS, onde estuda, não contemplou um pronunciamento oficial da reitoria até agora em relação à retomada presencial.

Amazonas

Centro Universitário FAMETRO

Um protocolo de retorno às atividades presenciais já foi publicado pela faculdade. Haverá uma retomada escalonada, com diferentes turmas voltando em datas específicas: dias 10, 17 e 24 de agosto, com dois horários de entrada para reduzir o fluxo e aferição de temperatura, além de outras medidas.

O local desenvolverá uma série de protocolos de segurança em suas unidades na volta às aulas. Acontecerá um sistema híbrido de ensino, com aulas presenciais e remotas acontecendo de forma simultânea. 

Tags mais acessadas